5 assuntos

Bolsas europeias e futuros dos EUA em alta à espera de Powell, IPCA de 2021 e mais assuntos que vão movimentar o mercado hoje

Jerome Powell fala ao Senado americano nesta terça-feira, enquanto investidores em Brasil também acompanham dados de inflação doméstica

Por  Equipe InfoMoney -

As bolsas europeias e os índices futuros americanos registram ganhos, recuperando-se após sessões de perdas, mas com os investidores ainda atentos aos sinais de alta de juros nos Estados Unidos que aumentaram a aversão ao risco do mercado nas últimas sessões.

No início da tarde desta terça-feira (11), Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, falará ao Congresso dos EUA e, em nota que traz os principais pontos de seu discurso, mostra que ele destacará que a autoridade monetária irá usar suas ferramentas para apoiar a economia e um mercado de trabalho forte, e também para evitar que a inflação mais alta se consolide nos Estados Unidos. Na quarta-feira (12), os dados de inflação ao consumidor no país serão divulgados, dando mais sinais sobre o ritmo de aperto monetário no país.

Por aqui, atenção para os dados de inflação, com a divulgação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de dezembro e de 2021. A expectativa do mercado, segundo consenso Refinitiv, é de alta de 0,65% em dezembro na comparação mensal, levando a inflação  para 9,97%, uma desaceleração, mas fechando o último ano ainda em um ritmo forte.

Ainda em destaque no noticiário, os investidores acompanham o impacto da variante ômicron da Covid-19 pelo mundo, com o aumento das restrições nos países e também afetando os serviços no Brasil.

A variante continua gerando mais de 2 milhões de casos por dia no mundo – na segunda-feira, o número chegou a 3 milhões, com EUA registrando 1,48 milhão de casos, segundo dados compilados e divulgados nesta terça-feira (11) pelo “Our World in Data”, projeto ligado à Universidade de Oxford. Nos picos anteriores, os casos chegaram a 800 mil por dia.

Hoje, as mortes estão em 6 mil por dia, enquanto nos picos anteriores chegou a 14 mil. Mesmo sem aumento proporcional no número de mortes por dia, o mercado fica atento a medidas de restrições que podem afetar a retomada da economia global. A China colocou uma cidade de 5 milhões de habitantes em lockdown e o Japão aumentou seu controle de fronteiras. Do lado positivo, a Pfizer está trabalhando numa vacina específica para a ômicron que pode estar pronta em março deste ano.

Confira os destaques:

1. Bolsas mundiais

EUA

Os índices futuros americanos registram leve movimento de alta na sessão desta terça, com destaque positivo para o Nasdaq, com ganhos de cerca de 0,7%. 

Na segunda-feira, o Nasdaq iniciou o dia em queda, em meio à alta do rendimento de títulos do Tesouro dos Estados Unidos e preocupações com a sinalização do Federal Reserve de que deve adotar uma política monetária mais rígida. Mas o índice fechou o dia em leve alta de 0,05%, enquanto que o Dow recuou 0,4% e o S&P perdeu 0,1%. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O rendimento do título do Tesouro com vencimento em dez anos chegou a avançar a 1,8%, depois de ter fechado o ano de 2021 em 1,5%. A alta do rendimento tende a afetar negativamente o desempenho do mercado acionário porque reduz sua atratividade relativa como investimento e eleva o custo da tomada de empréstimo. 

Na segunda-feira, o analista Marko Kolanovic, do banco JP Morgan, publicou uma nota defendendo que os mercados são capazes de lidar com rendimentos mais altos, assim como com o avanço da variante Ômicron do coronavírus. “A política monetária provavelmente será gradual, em um ritmo com o qual ativos de risco deverão ser capazes de lidar, e está ocorrendo em um ambiente de forte recuperação cíclica”, escreveu.

Nesta terça-feira, o presidente do Federal Reserve Jerome Powel fala ao Congresso americano em uma audiência de nomeação para um novo mandato no cargo. Powell já divulgou as notas sobre o que pretende declarar. Nelas, ele afirma que o Fed usará suas “ferramentas para apoiar a economia e um mercado de trabalho forte e evitar que uma inflação mais alta se instale”. A expectativa é de que o discurso traga sinais sobre o ritmo de elevação dos juros pelo banco central americano. Os investidores também seguem na expectativa pelos dados de inflação ao consumidor dos EUA a serem divulgados na próxima quarta. 

Futuros dos EUA às 7h20 (horário de Brasília):

 Dow Jones Futuro (EUA), +0,33%

S&P 500 Futuro (EUA), +0,46%

Nasdaq Futuro (EUA), +0,69l

Ásia

As bolsas asiáticas fecharam a terça-feira em quedas em sua maioria, ainda com preocupações com inflação e a perspectiva de enrijecimento da política de bancos centrais como o Federal Reserve. 

Nikkei (Japão), -0,9% (fechado)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Shanghai SE (China), -0,73% (fechado)

Hang Seng Index (Hong Kong), -0,03% (fechado)

Kospi (Coreia do Sul), +0,02% (fechado)

Europa

Na Europa, o índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, avança 0,8% após uma queda de 1,3% no fechamento na segunda-feira. Os papéis de tecnologia têm o melhor desempenho e os do setor automotivo, o pior. 

FTSE 100 (Reino Unido), +0,57%

Dax (Alemanha), +1,25%

CAC 40 (França), +1,31%

FTSE MIB (Itália), +0,96%

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Commodities

Os preços do petróleo avançam em meio a preocupações quanto à demanda por conta da elevação de casos de Covid. Outro fator é o aumento da tensão na fronteira entre a Ucrânia e a Rússia, onde esta vem mobilizando tropas. Há temores de que uma potencial instabilidade prejudique a oferta russa. 

Petróleo WTI, +1,51%, a US$ 79,41 o barril

Petróleo Brent, +1,43%, a US$ 82,03 o barril

Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 2,77%, a 723,5 iuanes, o equivalente a US$ 113,54

Bitcoin

Os preços do Bitcoin recuam 0,11%, a US$ 41.884,4

2. Agenda de indicadores e cenário de chuvas no Brasil

Estados Unidos

9h: Associação dos Banqueiros Hipotecários (MBA na sigla em inglês) divulga dados sobre juros de hipotecas, pedidos de refinanciamento hipotecário, e seu índice do mercado hipotecário

11h: Loretta Mester, do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do Federal Reserve, realiza um discurso

11h30: Esther George, do Fomc do Fed, realiza um discurso

12h: Jerome Powell, presidente do Fed, presta depoimento ao Senado dos Estados Unidos

18h30: American Petroleum Institute divulga dados sobre estoques de petróleo na semana

Brasil

9h: Inflação relativa a dezembro medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), com a expectativa de que atinja 0,65% na variação mensal e 9,97% na anual, segundo analistas ouvidos pela agência internacional de notícias Reuters

Japão

20h50: Transações correntes ajustadas e sem ajuste sazonal, relativas a novembro

20h50: Empréstimo bancário relativo a dezembro

22h: Discurso de Haruhiko Kuroda, governador do Banco do Japão 

China

22h30: Inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) relativo a dezembro

 Chuvas no Brasil

A previsão é de que as chuvas, que afetaram as operações de algumas empresas que possuem ação na Bolsa, persistam ao longo desta semana. As chuvas levaram à paralisação parcial de operações por parte das mineradoras Vale e Usiminas.

Segundo informações das polícias rodoviária e estadual, as chuvas que atingem Minas Gerais afetaram a circulação de veículos em mais de cem pontos nas rodovias que cruzam o estado. As regiões mais afetadas são o norte mineiro e o entorno de Belo Horizonte.

Na segunda-feira, a Polícia Rodoviária Estadual recomendou evitar as estradas mineiras até ao menos esta terça-feira por conta do risco de inundações, quedas de barreiras e deslizamentos.

3. Reformas

Em entrevista à rádio Jovem Pan na segunda-feira, o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que algumas reformas econômicas que tramitam no Congresso Nacional não devem avançar em 2022 por conta das Eleições. 

“A gente gostaria que a reforma administrativa avançasse, por exemplo, mas eu tenho sete mandatos de deputado federal e nesses anos onde existem as eleições para presidente, para senadores, para deputados também são anos difíceis, não tem negociação”, afirmou o presidente. 

Enviada ao Congresso em setembro de 2020, a reforma administrativa visa alterar as regras para os futuros servidores públicos. Outra reforma enviada em 2020 ao Congresso é a tributária, que propõe alterações em regras do Imposto de Renda e em tributações sobre o consumo.

“O parlamentar no final das contas ele vê aonde é que ele vai pagar um preço com aquele voto, contrário ou favorável a tal proposta. Então, muito difícil que qualquer proposta siga dentro do parlamento que possa despertar qualquer sentimento outro junto ao eleitorado brasileiro (…) Agora, é isso aí, é ano eleitoral pouquíssima coisa anda. A gente espera que o que esteja no parlamento no momento, já tenha aprovado em uma das duas casas, prossiga. Novas propostas eu acho muito difícil”, disse Bolsonaro.

Ainda no radar dos mercados, o governo deve avalizar a prorrogação até abril para adesão ao Simples como solução temporária enquanto o Congresso não derruba o veto do presidente Jair Bolsonaro ao Refis (parcelamento de débitos tributários) de micro e pequenas empresas. Ontem, o governo consultou lideranças empresariais e do Congresso sobre o prazo ser suficiente para negociar uma solução para o impasse criado com o veto.

Segundo apuração do jornal O Estado de S. Paulo, Bolsonaro está sendo aconselhado pelo ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, e pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, a dar sinal verde ao uso de R$ 3 bilhões do FGTS para um fundo garantidor de empréstimos aos Microempreendedores Individuais (MEIs).

Geraldo Alckmin e propostas de reformas do PT

Na segunda-feira, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin demonstrou preocupação com os planos da cúpula do PT de rever a reforma trabalhista aprovada durante o governo de Michel Temer, caso o candidato Luiz Inácio Lula da Silva seja eleito presidente em 2022. Alckmin é cotado para ser vice na chapa de Lula, com o qual já disputou eleição.

Alckmin conversou com Paulinho da Força, do Solidariedade, e foi convidado para ingressar no partido –ele deixou o PSDB em 15 de dezembro. Mas seu destino político ainda não está definido, segundo informações de bastidores publicadas pelo jornal O Estado de S. Paulo. Nesta terça-feira, Lula se reunirá com representantes do governo da Espanha. A proposta da cúpula do PT para o Brasil se espelha no caso da Espanha, que revisou recentemente uma reforma trabalhista aprovada em 2012. 

Segundo informações de bastidores publicadas pelo jornal O Estado de S. Paulo, Alckmin demonstrou preocupação com os planos da cúpula do PT de rever a reforma trabalhista aprovada durante o governo de Michel Temer, caso o candidato Luiz Inácio Lula da Silva seja eleito presidente em 2022. O ex-governador paulista é cotado para ser vice na chapa de Lula, com o qual já disputou eleição.

Nesta terça-feira, Lula se reunirá com representantes do governo da Espanha. A proposta da cúpula do PT para o Brasil se espelha no caso da Espanha, que revisou recentemente uma reforma trabalhista aprovada em 2012.

Ajustes salariais

Em entrevista publicada pelo jornal Folha de S. Paulo na segunda-feira, o presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (Fenaprf) Dovercino Neto afirmou que a categoria pode se sentir traída caso o governo desista de reestruturar a carreira. Na segunda-feira, o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR) sugeriu abandonar os reajustes para os policiais. Bolsonaro prometeu anteriormente o ajuste, mas vem afirmando que este não está garantido.

“Caso o governo volte atrás e desista dessa reestruturação, a categoria poderá sentir isso como uma traição por parte do governo (…) Contudo, o momento é de crer que o governo Bolsonaro vai honrar com seu compromisso com o fortalecimento e a valorização da segurança pública”, afirmou Neto à Folha.

4. Período de isolamento menor

Na tarde de segunda-feira, o Ministério da Saúde reduziu de 14 para sete dias o período de isolamento mínimo de pessoas infectadas pelo coronavírus no Brasil. A medida vale para pacientes que tenham capacidade de produzir anticorpos, como os já vacinados e com sintomas leves ou moderados de Covid. 

Pelo procedimento determinado pela pasta, eles poderão realizar um teste em seu quinto dia de isolamento, caso não apresentem sintomas respiratórios ou febre. Se o resultado for negativo, ficam liberados da quarentena, mas devem manter medidas de distanciamento e uso de máscaras. Também devem manter até o 10º dia distância de pessoas com comorbidades. O governo de São Paulo também havia feito um comunicado determinando medidas semelhantes. 

Falta de trabalhadores e cancelamentos de voos 

A contaminação de funcionários de companhias aéreas por Covid e influenza tem levado ao cancelamento de voos no Brasil. Até o momento, cerca de 500 voos da Azul e da Latam foram afetados. Manchete de capa do jornal O Globo desta terça-feira afirma que outros segmentos com atividades presenciais, como restaurantes, hotéis, fábricas e lojas físicas também vêm sofrendo com a falta de funcionários. 

Alta de casos e mortes por Covid

Na segunda-feira (9) foram registrados 34.215 novos casos de Covid. A média móvel de novos casos em sete dias foi de 36.227, o que representa alta de 617% em relação ao patamar de 14 dias antes, segundo informações do consórcio de veículos de imprensa divulgadas às 20h.

Especialistas acreditam que, além da alta com a Ômicron, o número de novos casos de Covid no Brasil vem sendo impulsionado pelos dados represados após o ataque hacker realizado em 10 de dezembro ao Ministério da Saúde.

Em um dia o Brasil registrou 111 mortes por Covid. Assim, a média móvel de mortes em 7 dias ficou em 129, alta de 17% em comparação com o patamar de 14 dias antes. O número de pessoas que tomaram ao menos a primeira dose de vacinas atingiu 161.724.589 pessoas, o que representa 75,81% da população. A segunda dose ou vacina de dose única foi aplicada em 144.623.203 pessoas, ou 67,8% da população. E a dose de reforço foi aplicada em 30.055.874 pessoas, ou 14,09% da população.

5. Radar corporativo

B3 (B3SA3

O número de investidores ativos da B3 (B3SA3) atingiu a marca de 4,209 milhões investidores no mês de dezembro de 2021, o que representa um aumento de 53,7% em relação ao mesmo período de 2020.

O volume financeiro médio diário negociado na B3 no segmento de ações, que contempla o mercado à vista e derivativos sobre ações, recuou 15,7% em dezembro ante igual mês de 2020.

Azul (AZUL4)

A Azul (AZUL4) divulgou os resultados preliminares de tráfego do quarto trimestre de 2021 (4T21).

O tráfego total de passageiros (RPKs) caiu 3,8% no 4T21 em relação ao mesmo período de 2019.

Já a capacidade total (ASKs) recuou 2,4% no período, resultando em uma taxa de ocupação de 82,2%.

No ano, o tráfego de passageiros da Azul caiu 17% na comparação com 2019. Enquanto a oferta de voos registrou queda de 12,5% e taxa de ocupação reduziu 4,3 pontos percentuais, para 79,2%.

Arezzo (ARZZ3)

A Arezzo (ARZZ3) pagará o valor total de R$ 60 milhões em juros sobre capital próprio (JCP) e dividendos intermediários na próxima sexta-feira (14).

Serão distribuídos R$ 33,7 milhões relacionados aos JCP, correspondente a R$ 0,3392 por ação e R$ 26,2 milhões relacionados aos dividendos, correspondente a R$ 0,2632 por ação.

Enjoei (ENJU3

A Enjoei (ENJU3) comunicou os resultados do 4T21, e de acordo com a empresa de capital aberto que atua no mercado virtual, houve um crescimento de 67% no volume bruto de vendas (GMV, na sigla em inglês) da empresa.

O GMV da Enjoei cresceu 55% no quarto trimestre de 2021, para R$ 251 milhões.

O bom momento da Enjoei simboliza os esforços da companhia em investimentos em branding, e também em veiculação de campanhas publicitárias na grande mídia. Por fim, a Black Friday também contribuiu para o crescimento no número de vendas.

CSN (CSNA3)

A CSN (CSNA3) acionou ontem (10) protocolo de emergência para a Barragem B2, em Rio Acima (MG).

A siderúrgica informou que moradores já foram realocados.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui!

Compartilhe