Blog InfoMoney

Abrindo a caixa preta

Em blogs / economia-e-politica / abrindo-a-caixa-preta

16 motivos para continuar investindo em ações

Bolsa em baixa? Mercado em crise? Veja 16 motivos para você continuar investindo na Bolsa de Valores.

 

Neste post reproduzo trecho do meu livro “Bolsa de Valores Sem Segredos”.

Abaixo você encontrará ao menos 16 motivos para seguir investindo na Bolsa de Valores, mesmo em momentos de crise ou baixa do mercado.

Por que Investir em ações?

A grande maioria das pessoas tem a sensação de que investir em ações é algo extremamente arriscado. O medo do desconhecido, as altas taxas de juros e os períodos de elevada inflação foram sem dúvida o grande causador do baixo interesse dos brasileiros pelo mercado acionário. A Bolsa de Valores tem o mito de ser um investimento para poucos, ricos e corajosos que tenham disposição de correrem grandes riscos.

Mas isso não é verdade. Qualquer pessoa pode investir em ações. Não existe limite mínimo para começar e é muito mais simples do que parece. O mais importante é entender o assunto antes de se transformar em um aventureiro, de maneira que não se transforme em um aventureiro. O conhecimento é a chave do sucesso para quem pretende entrar neste mercado. Portanto, buscar cursos ou palestras de especialistas, faz com que os riscos envolvidos se tornem menor.

Mas o conhecimento sobre Bolsa de Valores não é a única carência da sociedade. Nenhuma escola ou faculdade ensina como se deve cuidar do dinheiro acumulado, quais as diferenças entre os diversos tipos de investimentos e como montar um planejamento financeiro pessoal de longo prazo. As pessoas não percebem, mas esse é o maior risco da grande população. As previdências públicas estão falidas em todo o mundo, a expectativa de vida está aumentando a cada ano e o padrão de consumo da população é cada vez mais alto. Se as pessoas não aprenderem a planejar o seu futuro financeiro, ficarão "escravas do trabalho" por toda a vida.

  • Os juros cairão nos próximos anos no Brasil mais agudamente do que em qualquer outro país e a Poupança e a Renda Fixa, serão cada vez menos vantajosa;
  • Com o Real forte, não valerá a pena concentrar investimentos somente em moedas estrangeiras;
  • Uma inevitável reforma tributária beneficiará em grande instância as empresas listadas na Bovespa;
  • Hoje, com o aprimoramento das práticas de governança corporativa, ações são realmente frações do capital de uma empresa;
  • Na bolsa, você pode investir em ações das maiores empresas do Brasil e do mundo;
  • A reforma política virá, inevitavelmente;
  • Há mais R$ 60 bilhões de dividendos reinvestidos todos os anos na bolsa, mantendo uma pressão de compra;
  • As fundações migrarão da renda fixa para a renda variável;
  • A bolsa brasileira, comparada a outras emergentes, é barata, e isso continuará a atrair o estrangeiro;
  • Ao investir em ações, posterga-se o pagamento de imposto de renda para a data em que houver ganho de capital;
  • Nos últimos anos, a bolsa tem superado o CDI;
  • Há mais de 400 opções de investimentos em ações e estas requerem investimentos menores e são mais rentáveis do que se investir em uma franquia de uma de fast food;
  • É facílimo operacionalizar uma conta em uma corretora;
  • Comprando ações, você pode ter excelentes gestores de empresas S.A. trabalhando para você;
  • A liquidez das ações, ao contrário do que acontece no caso dos imóveis, é bastante elevada, e você não terá problemas em encontrar mercado para vender alguns milhões de reais de sua carteira por dia;
  • Ações tem se mostrado, ao longo da história, a melhor fonte de rentabilidade no médio e no longo prazo.

É importante ressaltar que ações é um investimento de risco e rentabilidade passada não é garantia de ganhos futuros. No curto prazo as ações podem sofrer fortes oscilações podendo levar a elevados prejuízos.

Sá, Edgar de. Bolsa de Valores Sem Segredos. 1ª Edição 2012. Editora Barra Livros.

Importante: As opiniões contidas neste texto são do autor do blog e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney.

 

 

Quer dicas exclusivas?

Preencha os campos abaixo e receba dicas e conteúdos exclusivos do blog Abrindo a caixa preta

Contato