Por Equipe InfoMoney Em mercados  06 set, 2005 00h00

Tributação de Renda Fixa

Inicio

Por Equipe InfoMoney Em mercados  06 set, 2005 00h00
Imposto de Renda
IOF (Imposto sobre Operações Financeiras)

Imposto de Renda

As aplicações em renda fixa são sujeitas a um sistema de alíquotas decrescente de acordo com o prazo de aplicação. No caso dos fundos de investimento ocorre recolhimento semestral na fonte a uma alíquota de 15%, e a diferença é paga na hora do resgate.

  • 22,5% quando o prazo de investimento for inferior a seis meses;

  • 20% quando o prazo de investimento superar seis meses, mas for inferior a 12 meses;

  • 17,5% quando o prazo de investimento superar doze meses, mas for inferior a 24 meses;

  • 15% quando o prazo de investimento superar 24 meses.

Mais ainda no caso dos fundos, além do prazo durante o qual o dinheiro será aplicado é preciso considerar o prazo médio dos títulos que compõem a carteira do fundo. Caso o prazo médio seja inferior a 365 dias, e o dinheiro for aplicado por menos de seis meses, a alíquota adotada será de 22,5%. Nos casos em que o prazo médio dos títulos é inferior a 365 dias, mas o prazo de aplicação supera seis meses a alíquota será de 20%. Nos casos em que o prazo médio supera 365 dias aplicam-se as alíquotas acima de acordo com o prazo de investimento do dinheiro.

IOF (Imposto sobre Operações Financeiras)

Somente os resgates com prazos inferiores a 30 dias terão incidência do IOF sobre os rendimentos auferidos, e o IOF é pago de forma regressiva, isto é, quanto mais tempo você deixa o dinheiro aplicado você paga menos imposto e vice-versa. As alíquotas variam de 96% para aplicações por 1 dia até 3% para aplicações por 29 dias.

<< Entendendo as Principais Aplicações em Renda Fixa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Contato