Renda fixa

Tesouro Direto: taxas de títulos públicos operam sem direção definida nesta segunda-feira

Sessão foi marcada por maior apetite ao risco dos investidores, com início da distribuição da vacina contra o coronavírus e novos estímulos no radar

(Rmcarvalho/Getty Images)

SÃO PAULO – Os prêmios dos títulos negociados pelo Tesouro Direto operavam sem direção definida na tarde desta segunda-feira (14), em uma sessão marcada pelo otimismo dos investidores com o início da distribuição das vacinas nos Estados Unidos.

Os papéis indexados à inflação apresentavam queda nas taxas, enquanto os prefixados tinham leve alta.

O título indexado ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) com vencimento em 2035 pagava um prêmio anual de 3,65%, ante 3,70% na sexta-feira.

A taxa paga pelo mesmo papel com juros semestrais e vencimento em 2030, por sua vez, cedia de 2,98% para 2,95% ao ano.

Entre os papéis com retorno prefixado, o com vencimento em 2026 pagava uma taxa anual de 6,67%, acima dos 6,65% pagos anteriormente.

Já o juro pago pelo Tesouro Prefixado com juros semestrais 2031 subia de 7,26% para 7,29% ao ano.

Confira os preços e as taxas dos títulos públicos nesta segunda-feira (14):

 

Fonte: Tesouro Direto

Cena internacional

Os Estados Unidos iniciaram nesta segunda-feira a vacinação contra o coronavírus, com o imunizante desenvolvido pela empresa alemã Biontech e pela multinacional americana Pfizer.

PUBLICIDADE

Ainda na região, os investidores monitoraram a apresentação no congresso de um programa de estímulos bipartidário de US$ 908 bilhões, dividido em duas partes, para aumentar as chances de aprovação.

Na Europa, por outro lado, a segunda onda da pandemia levou a Alemanha a endurecer o lockdown a partir de quarta-feira.

“As medidas estabelecidas em 2 de novembro não foram suficientes. Sabemos que o sistema sanitário já está muito atarefado, então precisamos de ações urgentes”, afirmou a chanceler da Alemanha, Angela Merkel.

Quadro doméstico

No Brasil, o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu 48 horas para que o Ministério da Saúde dê uma data para início e para o término do plano nacional de imunização dos brasileiros. A decisão foi comunicada na tarde de ontem (13) e o prazo já está contando.

No sábado (12), o Ministério enviou ao STF o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 apontando 13 possíveis imunizantes contra a doença que podem ser aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O Instituto Butantan, por sua vez, deve adiar a entrega de resultados da fase final dos testes da CoronaVac, vacina feita pelo instituto em parceria com o laboratório chinês Sinovac, à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A previsão inicial informada por João Doria, governador de São Paulo, era de que até está terça-feira (15) o Butantan enviaria a documentação final exigida pela agência para dar início a uma potencial aprovação. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Doria anunciou que a vacinação em São Paulo começa em 25 de janeiro. Mas, se os resultados de eficácia não forem entregues à agência até amanhã, um possível atraso no cronograma é de se esperar.

PUBLICIDADE

Na agenda de indicadores, o mercado financeiro elevou, pela 18ª semana consecutiva, as projeções para a inflação, desta vez, de 4,21% para 4,35% – resultado acima do centro da meta, de 4% (com margem de 1,5%, para mais ou para menos). Os dados constam no relatório Focus, divulgado pelo Banco Central nesta manhã.

Já o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado prévia do Produto Interno Bruto (PIB) da autoridade monetária, teve alta de 0,86% em outubro na comparação com setembro, a sexta alta mensal seguida do indicador.

Contudo, o número ficou abaixo do esperado: a expectativa dos economistas, segundo projeção mediana em pesquisa Bloomberg, era de uma alta de 1,05% na comparação mensal. A queda na base de comparação anual foi de 2,61%; a expectativa era de baixa de 2%.

Treinamento gratuito: André Moraes mostra como identificar operações com potencial de rentabilidade na Bolsa em série de 3 lives – assista!