FII eleva dividendo em 30%, crava maior alta no mês e 88 mil investidores têm pequeno alívio em novembro

Em novembro, o VSLH11 acumulou valorização de 20%; o BTAL11 caiu 9%, a maior queda do mês

Wellington Carvalho

Publicidade

O FII Versalhes RI (VSLH11) encerrou novembro com valorização de 21%, a maior alta entre os principais fundos imobiliários do mercado. O desempenho ajudou na performance do Ifix – índice dos FIIs mais negociados da B3 –, que subiu 0,66% e voltou ao campo positivo – após queda de 1,97% em outubro.

Os dados são da Economatica, plataforma de informações financeiras, e tomam como base apenas os 109 fundos da carteira teórica do Ifix. O desempenho considera a valorização da cota e os dividendos distribuídos no período.

Dos fundos monitorados, 40 registraram queda no penúltimo mês de 2023. O BTG Pactual Agro Logística (BTAL11) encabeçou a lista das maiores perdas, com baixa de 9% no período.

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

Os FIIs híbridos – que investem em mais de uma classe de ativos – tiveram retorno médio de 2,2%, o maior entre os principais segmentos do mercado, aqueles com pelo menos 4 representantes.

Confira o desempenho dos demais tipos de fundos imobiliários em novembro.

Segmento Variação em novembro (%) Número de fundos
Hotel 13,97 1
Agências 2,90 1
Híbrido 2,25 10
Shoppings 1,52 5
Renda Urbana 1,21 4
Lajes Corporativas 1,11 9
FoF 0,99 12
Títulos e Val. Mob. 0,42 41
Logística -0,42 16
Desenvolvimento -0,66 3
Multiestratégia -0,91 5
Agro -4,82 2

Fonte: Economatica (30/11/23) 

Continua depois da publicidade

Leia também: 

FIIs que mais subiram em novembro de 2023

Individualmente, o VSLH11 foi o destaque do mês, com alta de 21%. Na sequência, aparecem o Hotel Maxinvest (HTMX11) e BTG Pactual Corporate Office Fund (BRCR11) com ganhos de 13% e 11%, respectivamente.

Confira as maiores altas dos fundos imobiliários em novembro de 2023:

Ticker Fundo Segmento Variação em novembro (%)
VSLH11 Versalhes Recebíveis Imobiliários Títulos e Val. Mob. 21,57
HTMX11 Hotel Maxinvest Hotel 13,97
BRCR11 Bc Fund Híbrido 11,94
HGRE11 CSHG Real Estate Lajes Corporativas 6,74
JSRE11 JS Real Estate Híbrido 6,50

Fonte: Economatica (30/11/23) 

O resultado do VSLH11 em novembro é uma espécie de alívio para os mais de 88 mil investidores do fundo – que ainda acumula queda de aproximadamente 50% em 2023.

No início de 2023, o Versalhes estava entre os fundos high yield – de maior risco – que sofreram com a inadimplência em série dos certificados de recebíveis imobiliários (CRI), especialmente os ligados à empresa Gramado Parks, em recuperação judicial.

O atraso no pagamento dos papéis afetou a receita desses fundos, que tiveram de reduzir o dividendo distribuído aos cotistas e, consequentemente, perderam valor na Bolsa.

Em novembro, porém, o VSLH11 elevou em mais de 30% o volume de rendimentos – de R$ 0,03 para R$ 0,04 por cota. O dividendo do mês passado representa uma taxa de retorno de 1,14% no período, mas ainda está abaixo do observado no histórico do fundo.

Leia também: 

FIIs que mais caíram em novembro de 2023

Na outra ponta da lista encabeçada pelo VSLH11 está o BTG Pactual Agro Logística (BTAL11), com queda de 9,8%, a maior baixa entre os principais FIIs do mercado em novembro.

Confira as maiores baixas dos fundos imobiliários em novembro de 2023:

Ticker Fundo Segmento Variação em novembro (%)*
BTAL11 BTG Pactual Agro Agro -9,89
RZAK11 Riza Akin Títulos e Val. Mob. -8,05
IRDM11 Iridium Recebíveis Imobiliários Títulos e Val. Mob. -7,21
BLMG11 Bluemacaw Logística Logística -6,89
HCTR11 Hectare Títulos e Val. Mob. -5,89

Fonte: Economatica (30/11/23) 

Com patrimônio de R$ 625 milhões, o BTAL11 tem um portfólio composto por onze imóveis voltados para o escoamento e armazenagem da cadeia logística do agronegócio brasileiro. Os espaços estão localizados em Goiás, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso, Bahia e Espírito Santo.

A queda na cotação do fundo administrado pelo BTG Pactual teve início no último dia 20, após a divulgação do rendimento de novembro – R$ 0,68 por cota, um dividend yield (taxa de retorno com dividendos) de 0,84%.

O dividendo depositado em novembro (referente ao resultado apurado em outubro) reforçou a tendência de queda observada ao longo do ano. Em janeiro, por exemplo, o BTAL11 pagou aos seus investidores R$ 0,83 por cota.

Fonte: FII BTAL11

Leia também:

FIIs que mais pagaram dividendos em novembro

O FII Hotel Maxinvest (HTMX11) fechou novembro com o maior dividend yield entre os principais fundos imobiliários da Bolsa.

Entre os FIIs monitorados, 30 tiveram em novembro dividend yield acima de 1% no mês. O número é inferior aos 31 de outubro e igual ao observado em setembro.

No início do mês, o HTMX11 distribuiu R$ 3,70 por cota e proporcionou aos seus cotistas um retorno de 2,33%, o maior percentual do período, como mostra a tabela abaixo:

Ticker Fundo Segmento Dividend Yield – novembro/2023
HTMX11 Hotel Maxinvest Hotel 2,33
BTCI11 BTG Pactual Crédito Imobiliário Títulos e Val. Mob. 2,00
RZTR11 Riza Terrax Híbrido 1,37
CACR11 Cartesia Recebíveis Imobiliários Títulos e Val. Mob. 1,33
AIEC11 Autonomy Edifícios Lajes Corporativas 1,32
URPR11 Urca Prime Renda Títulos e Val. Mob. 1,31
RZAK11 Riza Akin Títulos e Val. Mob. 1,30
DEVA11 Devant Títulos e Val. Mob. 1,24
VGIR11 Valora RE Títulos e Val. Mob. 1,24
BLMG11 Bluemacaw Logística Logística 1,21

Fonte: Economatica

Leia também: 

Wellington Carvalho

Repórter de fundos imobiliários do InfoMoney. Acompanha as principais informações que influenciam no desempenho dos FIIs e do índice Ifix.