Central de FIIs

Fundos imobiliários fecham quarta sessão seguida de alta e encerram semana com ganhos de 0,84%

A sessão desta sexta-feira (14) foi marcada pela maior bateria de distribuição de dividendos de fundos imobiliários em janeiro

Por  Wellington Carvalho -

O IFIX – índice que reúne os fundos mais negociados da Bolsa – fechou a sessão desta sexta-feira (14) em alta de 0,66%, aos 2.782 pontos. Foi a quarta elevação seguida do indicador, que fecha a semana com ganhos de 0,88%.

A sessão desta sexta-feira (14) foi marcada pela maior bateria de distribuição de dividendos de fundos imobiliários em janeiro. Quase 200 FIIs depositam proventos para os cotistas hoje. Do total, 55 fazem parte do Ifix.

De acordo com analistas, a distribuição mensal dos dividendos é um dos principais atrativos dos fundos imobiliários. Além de permitir uma renda recorrente, o recurso é isento de imposto de renda.

Leia mais:

Em 2021, alguns fundos imobiliários apresentaram retorno com dividendos – sem considerar a valorização da cota – de até 18%, como foi o caso do Urca Prime Renda (URPR11).

Hoje, os dividendos que serão distribuídos variam de R$ 0,07 a R$ 2,75, valor que será pago pelo CSHG Real Estate (HGRE11). O montante equivale a um retorno com dividendo mensal de 2,02%. Todos os detalhes da “Super Sexta” você confere ao longo do Central de FIIs.

Maiores altas desta sexta-feira (14):

TickerNomeSetorVariação (%)
BCFF11BTG Pactual Fundo de FundosTítulos e Val. Mob.5,73
RCRB11Rio Bravo Renda CorporativaLajes Corporativas4,51
AIEC11Autonomy EdifíciosLajes Corporativas3,17
XPML11XP MallsShoppings2,75
HGRE11CSHG Real EstateLajes Corporativas2,33

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Maiores baixas desta sexta-feira (14):

TickerNomeSetorVariação (%)
HSLG11HSI LogísticaLogística-2,38
FIGS11General ShoppingShoppings-1,04
MCCI11Mauá CapitalTítulos e Val. Mob.-0,82
KFOF11Kinea FoFTítulos e Val. Mob.-0,71
DEVA11DevantTítulos e Val. Mob.-0,59

Fonte: B3

Como viver de renda com FIIs
Receba um ebook gratuito que explica como montar uma carteira de Fundos Imobiliários para obter renda periódica:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

HSI Malls confirma compra do shopping Paralela, na Bahia, e locatários atrasam aluguel do FII Torre Norte

Confira as últimas informações divulgadas por fundos imobiliários em fatos relevantes:

HSI Malls (HSML11) confirma compra de parte do shopping Paralela, em Salvador.

Em comunicado ao mercado nesta quinta-feira (13), o fundo HSI Malls anunciou a conclusão da compra de 51% do Shopping Paralela, em Salvador (BA), e mais 100% da área de expansão do imóvel, que tem como locatária atualmente a Unime, faculdade do grupo Cogna.

Em outubro, o fundo havia assinado compromisso para a aquisição dos imóveis e a transação estava condicionada a trâmites como a realização de auditoria dos ativos e aprovação do negócio em assembleia geral.

Superada todas as condições, o HSI Malls confirmou o pagamento de R$ 432 milhões pelos espaços que, somados, representam 37 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL). A expectativa da gestão é de que a transação gere um resultado adicional de R$ 29 milhões nos próximos 24 meses, o equivalente a R$ 1,84 por cota.

Inaugurado em 2009, o Shopping Paralela está localizado na região de Alphaville, em Salvador, e abriga 263 lojas. Já a faculdade Unime tem contrato de aluguel até fevereiro de 2029, que pode ser renovado por mais dez anos.

Com a aquisição, o fundo passará a contar com 6 ativos e uma ABL de 166 mil metros quadrados nos Estados de Alagoas, Bahia, Acre e São Paulo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Locatários do Torre Norte ( TRNT11) atrasam aluguel e fundo prevê redução de dividendos

O FII Torre Norte informou aos cotistas que não recebeu, até a noite desta quinta-feira (13), o pagamento do aluguel de dezembro de alguns dos locatários do fundo.

De acordo com a administração do Torre Norte, o atraso reduziria a próxima distribuição de dividendos em aproximadamente R$ 0,06 por cota.

Ao mesmo tempo, o fundo recebeu todos os pagamentos que estavam em aberto referentes ao mês de novembro, montante equivalente a R$ 0,05 por cota.

Considerando o atraso de dezembro e a regularização dos inadimplentes do mês anterior, o fundo confirma a redução de R$ 0,01 por cota na próxima distribuição de dividendos.

O portfólio do FII Torre Norte é composto por um único imóvel, que leva o mesmo nome do fundo, que fica Centro Empresarial das Nações Unidas, em São Paulo (SP).

Nas últimas semanas, o fundo recebeu duas propostas para a venda do edifício de escritórios de alto padrão, que totaliza uma ABL de 62,5 mil metros quadrados. As ofertas chegam a R$ 525 milhões.

O FII Torre Norte está analisando as propostas recebidas e, se considerar válidas, convocará assembleia geral extraordinária para discutir a venda do imóvel, único ativo do fundo.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dividendos de hoje

Confira os fundos imobiliários que distribuem rendimentos nesta sexta-feira (14):

TickerFundoRendimento
HGRE11CSHG Real Estate R$          2,75
HGLG11CSHG Logística R$          1,75
URPR11Urca Prime Renda R$          1,67
HCTR11Hectare R$          1,60
RECR11REC Recebíveis Imobiliários R$          1,46
BCRI11Banestes Recebíveis Imobiliários R$          1,35
DEVA11Devant Recebíveis Imobiliários R$          1,35
HGCR11CSHG Recebíveis Imobiliários R$          1,25
MFII11Mérito Desenvolvimento Imobiliário I R$          1,25
VRTA11Fator Verità R$          1,19
HGBS11Hedge Brasil Shopping R$          1,10
PLCR11Plural Recebíveis Imobiliários R$          1,05
XPCI11XP Credito Imobiliário R$          0,97
OUJP11Ourinvest JPP R$          0,95
FEXC11BTG Pactual Fundo de CRI R$          0,93
EQIN11NCH EQI HY R$          0,93
BTCR11BTG Pactual Crédito Imobiliário R$          0,91
RBVA11Rio Bravo Renda Varejo R$          0,91
BBPO11BB Progressivo II R$          0,90
BLMG11Bluemacaw Logística R$          0,90
TRXF11TRX Real Estate R$          0,90
KNRI11Kinea Renda Imobiliária R$          0,88
RBRL11RBR Log R$          0,85
GALG11Guardian Logística R$          0,84
VISC11Vinci Shopping Centers R$          0,81
SADI11Santander Papeis Imobiliários R$          0,77
HGRU11CSHG Renda Urbana R$          0,76
SDIL11SDI Rio Bravo Renda Logística R$          0,76
GTWR11Green Towers R$          0,74
VILG11Vinci Logística R$          0,70
XPSF11XP Selection Fundo De Fundos R$          0,70
VIFI11Vinci Instrumentos Financeiros R$          0,66
MALL11Malls Brasil Plural R$          0,65
SARE11Santander Renda De Aluguéis R$          0,65
XPLG11XP Log R$          0,64
KFOF11Kinea FoF R$          0,61
HFOF11Hedge Top Fo 3 R$          0,60
HGFF11CSHG Imobiliário Fof R$          0,58
HSLG11HSI Logística R$          0,58
RCRB11Rio Bravo Renda Corporativa R$          0,55
XPPR11XP Properties R$          0,55
BCFF11BTG Pactual Fundo De Fundos R$          0,54
RECT11REC Renda Imobiliária R$          0,54
TEPP11Tellus Properties R$          0,51
BRCR11BC Fund R$          0,50
VINO11Vinci Offices R$          0,50
RBFF11Rio Bravo  Fundo De Fundos R$          0,47
RBRP11RBR Properties R$          0,46
FIGS11General Shopping Ativo E Renda R$          0,37
VSLH11Versalhes Recebíveis Imobiliários R$          0,12
XPCM11XP Corporate Macaé R$          0,11
MXRF11Maxi Renda R$          0,09
BLMR11Bluemacaw Renda+ Fof R$          0,08
TORD11Tordesilhas EI R$          0,08
KISU11Kilima R$          0,07

Fonte: InfoMoney

Giro imobiliário: Google aposta em trabalho híbrido e deve gastar US$ 1 bilhão em prédios próprios

O Google, da Alphabet, deve gastar US$ 1 bilhão para comprar seus próprios escritórios em Londres, mantendo uma presença importante na capital do Reino Unido em um momento em que as empresas lutam para saber como gerenciar os hábitos de trabalho dos funcionários.

A compra e reforma do complexo Central Saint Giles, para o qual se mudou em 2011, está sendo realizada à medida que a empresa termina a construção do sua nova sede gigante no Reino Unido na área de King’s Cross, que conta com piscina, salas de massagem e de exercícios.

A última compra é uma aposta do Google de que os trabalhadores de tecnologia vão querer voltar para o escritório – pelo menos temporariamente. O Google disse em comunicado na sexta-feira que reformará os escritórios para adicionar espaço de trabalho mais flexível para as equipes.

Em agosto do ano passado, o Google aprovou 85% dos pedidos dos funcionários para trabalho remoto ou realocação assim que seus escritórios reabrissem totalmente. A empresa espera que cerca de 60% de seus funcionários trabalhem no escritório alguns dias por semana, com cerca de 20% aptos a se candidatar a trabalhar permanentemente em casa.

Leia mais:

Compartilhe