Falha ou jogada de marketing?

Após falha ao vivo, Tesla Cybertruck bate 200 mil pedidos em 3 dias

O "mico" da apresentação não foi suficiente para acabar com o interesse dos consumidores

Elon Musk parado em frente ao Cybertruck, nova picape da Tesla
(Reprodução/YouTube)

SÃO PAULO – No último domingo (24), Elon Musk, CEO da Tesla, publicou em sua conta no Twitter que a montadora recebeu 200 mil pedidos de reserva antecipada para a nova picape da companhia, a Tesla Cybertruck.

O novo veículo da Tesla foi apresentada na quinta-feira (21) durante um evento de lançamento em Los Angeles e viralizou por conta de uma falha ao vivo durante o teste de blindagem dos vidros.

Apesar do erro ao vivo, os consumidores parecem estar entusiasmados com a aposta da Tesla, já que, em apenas três dias, o veículo já bateu números incríveis para um modelo que só começará a ser fabricado em 2021 e custa, na sua versão mais barata, US$ 39 mil (cerca de R$ 165 mil na conversão direta).

PUBLICIDADE

O site da Tesla afirma que é obrigatório o pagamento de US$ 100 (cerca de R$ 421 na conversão direta) para reservar o Cybertruck. Após escrever que o modelo bateu 200 mil pedidos, Musk enfatizou, por meio de outra publicação na rede social, que o modelo mais caro foi um dos mais encomendados.

O CEO afirmou que 41% dos pedidos encomendaram a versão mais completa e mais cara, que conta com três motores, possui uma autonomia 500 milhas (aproximadamente 800 quilômetros) e custa US$ 69 mil (cerca de R$ 290 mil na conversão direta)

Ainda segundo a publicação de Musk, 17% dos pedidos foram pela versão mais barata com um único motor. A versão com dois motores, que custa US$ 59 mil (cerca de R$ 248 mil na conversão direta), foi a mais encomendada, com 42%.

Com um design robusto – que chega a lembrar um veículo militar – e apenas cores metálicas, o visual do modelo faz jus a estética cyberpunk futurista e parece ter saído diretamente do universo do filme Blade Runner.

Leia também:
• Pesquisa com 5 mil proprietários mostra o que o Tesla Model 3 tem de melhor (e pior)

Revivendo os problemas do Tesla Model 3?

A Tesla parece seguir a estratégia de lançamento do Model 3, já que apresentou a Cybertruck e abriu a pré venda, mas ainda não começou a produzir o veículo e também não divulgou qualquer data de entrega.

PUBLICIDADE

Em 2016, a companhia de Musk anunciou o Model 3 e recebeu cerca de 134 mil pré-encomendas para o veiculo que só seria entregue no final do ano seguinte. O problema foi que, em agosto de 2017, mais de 60 mil pedidos haviam sido cancelados.

Já que o Cybertruck só deve chegar ao mercado no fim de 2021, é possível que a Tesla enfrente um problema de resistência parecido com o caso do Model 3.

Garanta sua estabilidade financeira. Invista seu dinheiro. Abra sua conta na XP – é grátis