Garagem Digital

Volkswagen lança coleção de cards em NFT; veja modelos, funcionamento e custo

Iniciativa permite que consumidores colecionem cards de carros, peças e itens relacionados ao setor automotivo da montadora

Por  Giovanna Sutto

A Volkswagen anunciou sua entrada no mundo digital dos NFTs, sigla em inglês para non-fungible token (token não fungível, na tradução para o português).

Um token, no universo das criptomoedas, é a representação digital de um ativo — como dinheiro, propriedade ou obra de arte — registrada em uma blockchain, tecnologia que nasceu com o Bitcoin no final de 2008.

No caso da Volkswagen, trata-se de um lançamento de uma plataforma chamada “Digital Garage” ou garagem digital que vai permitir que os consumidores colecionem cards de carros, peças e itens relacionados ao setor automotivo da montadora. Assim, o cliente vai comprar um card e guardar na sua coleção dentro da plataforma, como se fosse uma figurinha de álbum.

A plataforma está registrada no blockchain chamado de Polygon. O anúncio da fabricante alemã foi feito nesta segunda-feira (11) em coletiva virtual de imprensa.

Vale destacar que um NFT é a representação de um item exclusivo, que pode ser digital — como uma arte gráfica feita no computador, como no caso desses cards — ou física, a exemplo de um quadro. Além de obras de artes, músicas, itens de jogos, momentos únicos no esporte e memes podem ser transformados em um.

O tema vem ganhando cada vez mais popularidade e relevância: a economia do metaverso (esse mundo digital em desenvolvimento) pode alcançar um valor de mercado entre US$ 8 trilhões e US$ 13 trilhões até 2030, com até cinco bilhões de usuários, aponta relatório do Citi.

Plataformas como o Youtube já se posicionaram sobre o tema. A CEO do YouTube, Susan Wojcicki, disse em uma carta aberta recente que a plataforma de streaming de vídeos está considerando oferecer NFTs como uma forma de “ajudar os criadores a capitalizar tecnologias emergentes”.

Famosos como Neymar e Justin Bieber também se renderam ao NFTs e investiram milhões de dólares na compra de produtos não-fungíveis.

Agora a Volkswagen se torna a primeira fabricante do mundo a oferecer os NFTs neste negócio. O InfoMoney compilou as principais informações sobre a novidade.

O que é a ‘Digital Garage’ da Volkswagen?

A garagem digital da Volkswagen é uma plataforma que vai permitir que os clientes visitem e comprem os cards colecionáveis de carros da empresa.

Na prática, o cliente poderá colecionar diversos cards como se estivesse montando seu próprio álbum de figurinhas digitais.

Os cards serão vendidos em pacotes de três ou cinco cards e, ao fazer a compra, o usuário passa a ter aqueles cards associados à sua garagem.

Além disso, o espaço da garagem digital de cada usuário poderá ser visitado por outros usuários no futuro, iniciando a interação entre os fãs da marca.

“A Volkswagen sempre está olhando para novas tecnologias e novas oportunidades. Com essa coleção de NFTs queremos resgatar o hábito de colecionar. Todo amante de carro, ama uma raridade. A ideia é essa: ter uma plataforma de cards de carros exclusivos, modelos únicos, designs diferenciados”, afirma Fabio Rabelo, head de Digitalização e Novos Modelos de Negócio da Volkswagen América Latina.

Como funciona a Digital Garage da VW?

Para acessar a plataforma o usuário precisa se cadastrar com uma conta Google ou Facebook. Feito isso, já é possível fazer compras. Os cards disponíveis hoje são finitos e são oferecidos de forma randômica, através de pacotes com três ou cinco unidades.

O consumidor só descobre o que tem em cada pacote quando abre e olha as peças.

Os cards são separados em três categorias, conforme a raridade: “Hero” para as versões mais comuns, “Premium” para as intermediárias, e “Legend” para as mais raras. O comprador pode escolher qual nível de raridade deseja no pacote.

Como referência, os modelos “hero” serão responsáveis por cerca de 80% das imagens, os “premium” representam aproximadamente 15% e os “legend” estão em menos de 5% dos pacotes.

São duas coleções disponíveis, por enquanto: a “GT Series” (esquerda) e a “Pen and Paper” (direita).

(Reprodução/VW)

A GT conta com 23 cards diferentes e possui carros das linhas GTs, contando com Gol, Golf, Virtus, Polo, entre outros; a Pen and Paper possui 45 cards diferentes e conta com visuais desenhados a mão com caneta e papel.

“É uma nova experiência para os fãs da marca interagirem utilizando a tecnologia dos NFTs e tudo o que ela proporciona. Somando as duas coleções, estamos lançando cerca de 60 cards digitais representando modelos consagrados e ícones da Volkswagen”, afirma Ciro Possobom, COO da VW Brasil e vice-presidente de Finanças e TI da Volkswagen do Brasil e Região SAM.

Os consumidores pode se cadastrar também para receber os novos pacotes de cards assim que eles saírem — as coleções são limitadas.

No momento, o consumidor que fizer a compra poderá apenas guardar na plataforma. Mais adiante será possível comercializar (mais abaixo).

LEIA MAIS

Quanto custam os cards?

Os preços partem de R$ 50 e vão até R$ 75.

A plataforma de compra já está em funcionamento. Por exemplo, a coleção GT só possui 28 cards Legend disponíveis — de um total de 100. Só nesta segunda-feira (11), 72 foram vendidos.

Além disso, os consumidores podem pagar com Pix, cartão de crédito ou criptomoedas.

“Na Digital Garage, será possível pagar de várias maneiras. Conforme percebermos o amadurecimento da plataforma podemos pensar em alocar uma página oficial da Volkswagen associada à Digital Garage em outros canais disponíveis”, afirma Rabelo.

Em uma hora de plataforma online a empresa vendeu 130 pacotes de figurinhas.

O que o cliente pode esperar?

Além dos pacotes de cards já disponíveis, o próximo passo é promover  leilões de itens únicos no formato NFTs — ainda no primeiro semestre deve ser lançado um marketplace, em que os usuários poderão comprar e vender cards entre si e acessar a garagem de outros colecionadores.

As pessoas poderão trocar os cards repetidos no ambiente deste marketplace.

“Outro diferencial é a interação entre o mundo físico e virtual. O consumidor poderá, por exemplo, comprar um NFT e ganhar um ingresso de um show que estaremos patrocinando. Estamos pensando em alguns benefícios”, explica Rabelo.

Disponíveis no mundo todo

Rabelo destacou que o projeto foi criado para atender a América Latina, com versões de cards especiais desenvolvidos para o público local.

Mas a plataforma é mundial e pode ser comercializada entre US$ 10 e US$ 15 dólares. A Volkswagen não informou o investimento feito no novo negócio.

9 formas de transformar o seu Imposto de Renda em dinheiro: um eBook gratuito te mostra como – acesse aqui!

Compartilhe