IR 2020

Recebi aposentadoria e FGTS, mas sempre fui isento; devo declarar o Imposto de Renda este ano?

Quem se aposentou neste ano, sacou o FGTS e recebeu atrasados do INSS deve declarar os respectivos valores no próximo exercício

Dúvida do leitor: No ano de 2020, me aposentei com salário de R$ 1.300. Saquei R$ 17 mil do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e recebi do INSS R$ 11 mil de atrasados. Preciso ou não declarar este ano? Porque nunca precisei fazer declaração de IR.

Resposta de Samir Choaib* e Helena Rippel Araujo**:

Você não estaria obrigado a declarar, levando em conta apenas as informações dos rendimentos tributáveis, como os da aposentadoria, e os rendimentos isentos e não tributáveis, como o FGTS, recebidos neste ano. Lembrando que está obrigado a entregar a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física do exercício 2021, ano-calendário 2020 (DIRPF 2021), o contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70.

Mas é aconselhável consultar as demais condições de obrigatoriedade de apresentação da DIRPF 2020. Entre as mais importantes, está a que obriga a declarar quem teve bens de valores superiores a R$ 300 mil no ano passado.

No entanto, mesmo não obrigado a declarar, seria interessante fazer a DIRPF 2021, caso tenha restituição de IR ou para eventual futura comprovação de renda, caso necessite de um empréstimo, por exemplo.

Se optar pela declaração, baseie-se nos informes de rendimentos de 2020, fornecidos pelas fontes pagadoras.

*Samir Choaib é advogado e economista formado pela Universidade Mackenzie, pós-graduado em direito tributário pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). É sócio-fundador do escritório Choaib, Paiva e Justo, Advogados Associados, especialista em Imposto de Renda de pessoas físicas e responsável pela área de planejamento sucessório do escritório. Durante anos atuou como chairman da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos da Flórida (BACCF), em São Paulo.

**Helena Rippel Araujo é advogada especialista em Estratégias Societárias, Sucessórias e Tributação pela GVLaw/SP. Pós-graduada em Direito de Família e Sucessões pela Escola Paulista de Magistratura de São Paulo. Atua no escritório nas áreas de Planejamento Sucessório e assessoria tributária às pessoas físicas.

PUBLICIDADE

Tire todas as dúvidas sobre Imposto de Renda 2021:
• Como preencher a declaração; passo a passo
• Como declarar imóveis
• Como declarar MEI
• Como retificar e corrigir erros na declaração
• Como consultar e receber a restituição

Como declarar investimentos no IR?
Baixe de graça um ebook que explica como declarar seus investimentos (e quais são isentos) no Imposto de Renda:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.