Operações instantâneas

Pix bate novo recorde de transações diárias: 73,198 milhões de operações

Recorde anterior era de 63,504 milhões de transações, em 7 de abril; serviço de pagamentos e transferências instantâneas foi lançado pelo BC em 2020

Por  Estadão Conteúdo -

O Pix bateu novo recorde de transações diárias na sexta-feira (6), informou nesta segunda-feira (9) o Banco Central.

Foram feitas 73,198 milhões de operações em um único dia, bem acima do recorde anterior, de 63,504 milhões de transferências em 7 de abril.

Em março (último dado mensal disponível), o Pix alcançou a marca de 1,6 bilhão de transações, o maior nível da série iniciada em novembro de 2020.

Foram movimentados R$ 784,7 bilhões no mês, também um recorde desde o lançamento do serviço de pagamentos e transferências instantâneas pelo BC.

Leia também:

Nova ferramenta?

Na quinta-feira (5), o presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou que em breve será lançado algo “fantástico”, que irá “revolucionar” as transações no país, sem dar detalhes de qual seria a novidade.

“Tem novidade aí. O Banco Central já lançou o Pix saque e o Pix troco e vai ter algo fantástico a ser lançado nos próximos dias, que vai revolucionar as transações, os negócios no Brasil”, disse o presidente durante sua live semanal.

Está na agenda do BC, para ser lançado ainda neste ano ainda, outras funções do Pix como débito automático, Pix cobrança e remuneração da conta PI. Mas não há data para o lançamento desses produtos.

9 formas de transformar o seu Imposto de Renda em dinheiro: um eBook gratuito te mostra como – acesse aqui!

LEIA MAIS

Compartilhe