Vírus Monkeypox

Ministério da Saúde monitora 2 casos suspeitos de varíola dos macacos no Brasil

Notificações são do CE e de SC e uma 3ª pessoa também está sendo monitorada no RS (mas caso ainda não foi classificado como suspeito)

Por  Agência Brasil -

O Ministério da Saúde informou na segunda-feira (30) que recebeu a notificação de dois casos suspeitos de varíola dos macacos no Brasil. Um possível caso foi detectado no Ceará e o outro, em Santa Catarina.

A pasta diz que está em contato com os estados para apoiar o monitoramento e as ações de vigilância. Uma terceira pessoa também está sendo monitorada no Rio Grande do Sul, mas ainda não foi classificada como caso suspeita.

Até o momento não há casos confirmados da doença no país. A varíola dos macacos é uma doença viral endêmica no continente africano, com transmissibilidade moderada entre humanos, causada pelo vírus Monkeypox.

Para monitorar o cenário da varíola de macacos no Brasil, o Ministério da Saúde criou uma sala de situação. Além disso, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações constituiu uma câmara técnica temporária de pesquisa para acompanhar os desdobramentos científicos sobre o vírus.

Na semana passada, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu nota reforçando a necessidade de adoção de medidas “não farmacológicas”, como distanciamento físico, uso de máscaras de proteção e higienização frequente das mãos, em aeroportos e aeronaves, para retardar a entrada do vírus no Brasil.

9 formas de transformar o seu Imposto de Renda em dinheiro: um eBook gratuito te mostra como – acesse aqui!

Leia mais:

 

Compartilhe