Conteúdo editorial apoiado por
IM Trader

WEGE3: O que a análise técnica mostra das ações da WEG após o balanço?

Atenção se volta a possível teste na resistência dos R$ 37,30; suportes encontram-se entre R$ 36 e R$ 35

Rodrigo Petry

Gráfico diário de WEG (WEGE3) em 2024. Fonte: Clear Trader

Publicidade

Após o balanço do 4º trimestre, as ações da WEG (WEGE3) dispararam 6,8%, levando o preço dos papéis da companhia aos R$ 36,63. Nesta quinta-feira (22), porém, as ações devolveram parte dos ganhos, ao fecharem com queda de 3,17%, cotadas a R$ 35,47.

Com a valorização após os resultados, as ações da WEG diminuíram, assim, seu acumulado de perdas em 2024 para cerca de 3,9%, resultado de 22 pregões no vermelho e apenas 13 em alta. Em doze meses, as perdas somam pouco mais de 9%.

De acordo com analistas, o desempenho do balanço surpreendeu, mas, em parte, isso aconteceu porque a expectativa era por números mais modestos para WEG no 4º trimestre.

WEGE3: Análise técnica

No lado gráfico, de curto prazo, a partir do tempo diário, o forte gap de alta, a partir do forte movimento comprador das ações WEGE3, após o balanço, traz dois pontos importantes a se analisar, segundo o grafista Rodrigo Paz.

“Primeiro, para um possível teste da faixa de resistência nos R$ 37,30, e o segundo é o que o gap deixou aberto. Caso busque o fechamento no curto prazo, tende a voltar a faixa de R$ 34,00. Logo, se romper a faixa de R$ 37,30, WEGE3 deverá buscar faixas de resistência nos R$ 38,50, R$ 41,00/R$ 42,00, com alvo mais longo na região de topo nos R$ 45,00”, avalia.

Entretanto, caso busque fechar o gap e buscar movimento de baixa, a primeira faixa relevante está na região de R$ 36,00/R$ 35,00, com alvos mais longos nos suportes de R$ 32,00/R$ 31,00 e R$ 29,00, completa ele.

WEGE3; análise técnica; balanço; ação em 2024; WEG
Gráfico semanal WEGE3 até fechamento de 21/2. Fonte: Nelogica. Elaboração Técnica: Rodrigo Paz

WEG no médio prazo

Indo para o tempo gráfico semanal, conforme gráfico logo abaixo, Paz reforça que era possível notar, antes do balanço, um “movimento mais forte de baixas”. No entanto, para essa semana, há um forte candle se formando, que pode reverter essa tendência.

“É importante analisar que as últimas vezes que tocou a região de R$ 32,00, houve entrada de forte força compradora, impulsionando as altas. Nessa semana, WEGE3 rompeu as médias curtas, e a tendência agora é testar novamente a faixa de resistência nos R$ 37,30.”

Conforme ele, a partir da leitura do tempo semanal, é possível notar que WEGE3 formou um fundo duplo, na região de R$ 32,00, e o rompimento de R$ 37,30 confirma tal figura gráfica.

Guias de análise técnica:

Assim, segundo Paz, caso rompa a resistência, WEGE3 poderá ganhar fôlego comprador, a fim de buscar as faixas de R$ 40,00/R$ 42,00, com alvo mais longo na região de topo histórico, na faixa de R$ 45,00.

“Como já mencionado o movimento (após o balanço) é muito forte de alta, mas não podemos deixar de nos atentar às principais faixas de suporte, principalmente caso não supere resistência de R$ 37,30. É importante atentar à faixa de médias nos R$ 34,40/R$ 33,70, pois caso volte a testar e romper poderá retomar fundo nos R$ 32,00/R$ 31,40, com alvo mais longo na faixa de R$ 29,00”, completa.

Gráfico diário WEGE3 até fechamento de 21/2. Fonte: Nelogica. Elaboração Técnica: Rodrigo Paz

Quer saber mais sobre o universo trader? Se inscreva, então, na Sociedade do Gain, evento online e gratuito, que acontece nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro, trazendo grades nomes internacionais do trader, como Al Brooks, John Bollinger e Jake Bersntein.