Ação descontada

Totvs: XP inicia cobertura para ação com recomendação de compra e vê potencial de alta de 23%

De acordo com os analistas, novas frentes de negócio da empresa devem gerar mais receita e ainda não refletem no preço das ações

SÃO PAULO – A XP iniciou cobertura das ações da Totvs (TOTS3) com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 48 para ação até o final de 2022. O potencial de valorização é de 22,6%, levando em conta o preço de fechamento do papel na sessão de ontem (R$ 39,13). Os analistas Bernardo Guttman e Marco Nardini acreditam que a empresa deve continuar se beneficiando com crescimento no setor de softwares, alavancando sua posição de liderança, e destacam as novas iniciativas da empresa após recentes operações de fusões e aquisições (M&A).

O software de gestão para empresas (ERP) da Totvs é utilizado por mais de 40 mil clientes e a companhia tem investido na integração de serviços financeiros à plataforma, com uma nova linha de sistemas e serviços chamada de Techfin.

“Acreditamos que as novas iniciativas da Totvs após as recentes M&As nas verticais Techfin e Business Performance devem levar a empresa a acelerar o crescimento de seu faturamento”, afirmam os analistas.

O relatório da XP também destaca a aquisição da RD Station, empresa de programas de automação de marketing, em março deste ano, numa operação de R$ 1,86 bilhão.

“Após a aquisição da RD Station, uma nova avenida de crescimento foi aberta para dar suporte ao ecossistema da Totvs. A integração dos três pilares resulta em uma plataforma de tecnologia única, integrada e completa para empresas de todos os portes”, avaliam os analistas da XP.

Leia mais: 25% do PIB do Brasil passa pela Totvs; como a empresa usa isso para crescer

Para a XP, a Totvs tem valuation atraente em relação aos seus concorrentes e tem um “caminho claro para crescer tanto organicamente quanto via M&A para acelerar o crescimento de sua receita”. Os analistas avaliam que o preço atual da ação embute apenas o segmento tradicional de ERP da Totvs, mas está descontado em relação aos novos negócios da empresa, mencionado anteriormente.

“Projetamos um crescimento anual médio para os próximos três anos de 20% na receita, 23% do EBTIDA (lucro operacional) e 10% no lucro líquido”, afirma o relatório.

Crescimento depende de novos negócios

De acordo com o relatório da XP, caso a empresa não tenha sucesso na nova estratégia de negócios, o crescimento da receita vai ser menor do que o projetado. A estratégia de crescimento em novos segmentos, dizem analistas, vai depender da capacidade da Totvs em fazer vendas cruzadas de clientes da sua plataforma de gestão e monetizar dados da sua base de usuários.

PUBLICIDADE

“Embora a Totvs seja responsável por aproximadamente 50% do market share no segmento de ERP, o crescimento da receita pode ser afetado se a empresa não for capaz de reter seus clientes em seu portfólio de produtos”, acrescentam Guttman e Nardini.

Eles também avaliam que operações M&A são sempre um risco em termos de execução e integração. “No entanto, isso é atenuado pelo sólido histórico da Totvs em relação a fusões e aquisições”, concluem.

Cabe ressaltar que, na semana passada, o Bradesco BBI retomou a cobertura para a ação TOTS3 também com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 46,00 para 2022, ou upside de 17,5%. “Vemos uma relação risco-retorno atrativa nos níveis atuais à medida que a empresa continua a apresentar crescimento em seus “novos” segmentos, as divisões fintech e negócios, que devem ganhar ainda mais relevância na contribuição para a margem”, apontaram os analistas.

Analista TOP 3 em rentabilidade de curto prazo compartilha seu método exclusivo na Bolsa