Radar InfoMoney

Petrobras (PETR4) segue negociação com PetroRio (PRIO3) para vender Albacora; MRV (MRVE3) aprova R$ 700 mi em debêntures e mais

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta quarta-feira (26)

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta quarta-feira (26) tem como destaque as novidades sobre a venda dos campos de Albacora e Albacora Leste pela Petrobras (PETR3;PETR4) ainda está em fase de negociação com os consórcios liderados pela PetroRio (PRIO3).

Já a Inepar (INEP4) informou que a Melville Capital propôs aquisição da UPI IPM/IOG por US$125 milhões.

O Carrefour Brasil (CRFB3), por sua vez, deve realizar o desinvestimentos de 11 lojas para concretizar aquisição do Grupo Big.

Confira os destaques:

Petrobras (PETR3; PETR4) e PetroRio (PRIO3)

A Petrobras (PETR3; PETR4) disse que a venda dos campos de Albacora e Albacora Leste, na Bacia de Campos, ainda está em fase de negociação com os consórcios liderados pela PetroRio (PRIO3).

Assim, conforme a estatal, não há data definida para conclusão das tratativas e assinatura dos contratos. As ofertas para ambos os campos superaram US$ 4 bilhões.

A companhia esclarece ainda que a celebração da transação dependerá do resultado das negociações, bem como das aprovações corporativas necessárias.

A Petrobras também informou que cerca de 1.370 funcionários diretos estão com covid-19, 3,4% de um total de quase 40 mil empregados.

MRV (MRVE3

A MRV (MRVE3) aprovou ontem (25) a 21ª emissão de debêntures simples no valor de R$ 700 milhões.

A emissão de debêntures será realizada em série única. Serão emitidas 700.000 ações. O valor de cada uma será de R$ 1 mil. A remuneração será paga semestralmente.

Inepar (INEP4)

A Inepar (INEP4) informou que a Melville Capital propôs aquisição da UPI IPM/IOG por US$ 125 milhões, sendo 65% do valor do Preço da UPI correspondente ao valor estipulado aos imóveis e ativos fixos a ele incorporados e 35% do valor do preço  correspondente  ao  valor  do  negócio  das unidades  operacionais  UPI  IPM/IOG,  estando incluído o acervo, propriedade intelectual e outros intangíveis.

Carrefour (CRFB3)

O Carrefour (CRFB3) deve vender onze unidades, já listadas pelo Cade, a depender da determinação final do Cade para concluir compra do Grupo Big Brasil. Elas estão localizadas no Rio Grande do Sul, Ceará e Pernambuco. A notícia é do jornal Valor.

A Superintendência-Geral do Cade recomendou a aprovação da aquisição do Grupo BIG Brasil pela varejista, mediante a celebração de Acordo em Controle de Concentrações (ACC), que determina o desinvestimento de algumas lojas.

Banco Inter (BIDI4; BIDI11

O Banco Inter (BIDI4; BIDI11) concluiu a aquisição da Usend, que ocorreu pouco mais de um mês após o Banco Central dar aval para a operação.

A fintech norte-americana atua no mercado de câmbio e serviços financeiros há 16 anos. A empresa possui licenças para atuação como Money Transmitter em mais de 40 estados americanos e conta com mais de 150 mil clientes que têm, além dos serviços de wallet, cartão de débito e pagamento de contas, acesso a funcionalidades de recarga de celulares e gift cards.

Embraer (EMBR3)

A Embraer informou ter concluído com sucesso a reintegração dos principais sistemas de tecnologia da informação e processos do negócio da aviação comercial.

As atividades desenvolvidas ao longo do mês de janeiro ocorreram sem prejuízo de continuidade das operações essenciais da companhia.

A reorganização decorrente deste processo foi iniciada em maio de 2020, desde então, tem sido um dos principais focos da Embraer, como parte da revisão do plano estratégico e da execução de iniciativas para o aproveitamento das competências e recuperação de sinergias, garantindo benefícios operacionais e eliminando ineficiências fiscais como uma gestão integrada, menos complexa e mais ágil pode oferecer.

Corsan 

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) confirmou que irá postergar a realização de seu IPO. A empresa disse que se trata de uma “decisão do acionista controlador”, o governo do Rio Grande do Sul. 

BR Advisory (BRBI11)

O banco BR Advisory (BRBI11) aprovou a fixação do preço de emissão de R$ 16,50 por Unit objeto de sua oferta pública de units. O Preço por Unit foi fixado com base no resultado do procedimento de coleta de intenções de investimento (Procedimento de Bookbuilding), realizado junto a investidores institucionais.

Assim, a empresa aumento seu capital no montante em R$ 5.697.516,00, o qual passará de R$ 669.242.926,77 para R$ 674.940.442,77,mediantea emissão de 1.035.912 de Ações Subjacentes às Units, sendo 345.304 Ações Ordinárias e 690.608 Ações Preferenciais, passando o capital social da companhia de 313.951.200 ações para 314.987.112 ações.

 

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe