Radar InfoMoney

Bolsa aprova dar mais tempo para Oi (OIBR3) enquadrar ações acima de R$ 1; SulAmérica (SULA11) conclui compra da Sompo e mais

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta quarta-feira (1)

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta quarta-feira (01) tem como destaque a divulgação do teaser da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III pela Petrobras (PETR3;PETR4).

A B3 (B3SA3) aprovou a suspensão temporária da exigência de cotação acima de R$ 1,00 para ações da Oi.

A Qualicorp (QUAL3) e Raia Drogasil (RADL3) aprovaram emissões de debêntures.

A Hypera (HYPE3), por sua vez, assinou acordo de leniência com CGU e AGU.

Confira os destaques:

Petrobras (PETR3;PETR4

A Petrobras (PETR3;PETR4) informou na terça-feira (31) que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser), referente à venda integral da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN-III).

A UFN-III é uma unidade industrial de fertilizantes nitrogenados localizada em Três Lagoas, no estado de Mato Grosso do Sul. A construção da UFN-III teve início em setembro de 2011, mas foi interrompida em dezembro de 2014, com avanço físico de cerca de 81%. Após concluída, a unidade terá capacidade projetada de produção de ureia e amônia de 3.600 t/dia e 2.200 t/dia, respectivamente.

O teaser contém as principais informações sobre a oportunidade – inclusive a previsão de que o comprador se comprometa com a conclusão da planta – bem como os critérios de elegibilidade para a seleção de potenciais participantes.

Oi (OIBR3;OIBR4)

A B3 aprovou a suspensão temporária da exigência de cotação acima de R$ 1,00 para ações da Oi.

Além disso, a Oi informou que a Anatel aprovou desconto de 55% das dívidas com a União e o saldo devedor caiu para R$ 7,3 bilhões.

Hypera (HYPE3)

A Hypera (HYPE3) celebrou o acordo de Leniência e se obrigou ao pagamento à vista de aproximadamente R$ 110 milhões e a continuar cumprindo com o plano de desenvolvimento de seu Programa de Integridade, a ser acompanhado pelo prazo de 18 meses pela CGU. Este Acordo de Leniência não altera aspectos operacionais, fiscais e regulatórios da companhia.

A companhia também informa que o Valor do Acordo será integralmente suportado pelo acionista da companhia João Alves de Queiroz Filho, conforme indicado no formulário de operações com partes relacionadas, divulgado nesta terça-feira.

Qualicorp (QUAL3)

A Qualicorp (QUAL3) aprovou a quarta emissão de debêntures, no valor de R$ 2,2 bilhões.

Raia Drogasil (RADL3)

A Raia Drogasil aprovou a realização da 7ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em série única, no valor total de R$ 550 milhões.

Embraer (EMBR3)

A Eve, empresa de mobilidade aérea urbana da Embraer (EMBR3), fechou um acordo com a Porsche Consulting para definir a estratégia global de fabricação, cadeia de suprimentos e logística do eVTOL, veículo de decolagem e pouso vertical da companhia. De acordo com a Eve, a proposta é que as empresas combinem conhecimentos das indústrias aeronáutica e automobilística para implementar a certificação do eVTOL em 2025 e coloca-lo em serviço no ano seguinte.

SulAmérica (SULA11)

A SulAmérica (SULA11) comunicou que, após o cumprimento das condições precedentes previstas em contrato, foi concluída com sucesso, nesta terça-feira (31), a aquisição, por sua controlada Sul América Companhia de Seguro Saúde, de 100% das ações da Sompo Saúde Seguros.

O preço da transação, de acordo com condições estabelecidas em contrato, foi de R$ 217 milhões.

GPA (PCAR3)

O GPA comunicou que foi aprovada, nesta terça-feira (31), em Assembleia Geral Extraordinária do GPA (AGE) a incorporação, pelo GPA, da SCB Distribuição e Comércio Varejista de Alimentos, sociedade integralmente controlada pelo GPA, com a consequente extinção da SCB e sucessão em todos os seus direitos e obrigações pelo GPA.

Segundo comunicado, GPA acredita que a Incorporação resultará em benefícios de natureza patrimonial, legal e financeira, otimizando a estrutura societária do GPA e gerando a redução de custos em áreas administrativas e no cumprimento de obrigações acessórias, aproveitando as sinergias dos negócios de SCB e GPA.

Neoenergia (NEOE3)

A Neoenergia (NEOE3) comunicou que, em 30 de maio de 2022, iniciou se a geração do Parque Solar Luzia na forma de operação em teste.

A previsão é que a entrada em operação comercial se dê a partir de julho de 2022.

O início de entrada em operação está em linha com o plano de negócios e a entrada completa em operação comercial se dará ao longo do segundo semestre de 2022.

Luzia terá capacidade total de 149,3 MWdc e sua energia gerada será destinada à

comercialização no mercado livre com parcela relevante já contratada

A elétrica também informou que a Bolsa de Madrid aprovou o Pedido de Incorporação ao Mercado para listagem das ações ordinárias de emissão da Neoenergia no segmento Latibex.

As ações serão habilitadas para negociação na Latibex a partir do dia 7 de Junho de 2022, sob o código de negociação XNEO.

A listagem na Latibex não alterará os direitos e vantagens conferidos às ações de emissão da Neoenergia, que seguirão sendo negociadas no segmento Novo Mercado da B3 S.A.

Fertilizantes Heringer (FHER3)

A Fertilizantes Heringer informou a renúncia de Kuzma Marchuk, com efeitos a partir de 30 de junho de 2022, aos cargos de membro efetivo e Presidente do Conselho de Administração da companhia.

Priner Serviços (PRNR3)

A Priner adquiriu 51% do capital social da G-maia. O múltiplo Enterprise Value / Ebitda recorrente praticado foi de 4,0x.

A G-maia, com sede na cidade de Belo Horizonte/MG, é uma sociedade anônima de capital fechado, com atuação de destaque no mercado de infraestrutura, sendo especializada em impermeabilização, proteção, reforço e recuperação de estruturas.

Eneva (ENEV3)

Por meio de fato relevante, a Eneva (ENEV3) informou ter assinado contrato para a compra de 100% das ações da Celsepar (Centrais Elétricas de Sergipe) e sua subsidiária, a Cebarra (Centrais Elétricas Barra dos Coqueiros). A companhia pagará R$ 6,1 bilhões aos vendedores e assumirá a dívida líquida da Celsepar, no valor de R$ 4,1 bilhões.

O principal ativo da Celsepar é a UTE Porto de Sergipe, uma usina termelétrica a gás natural com capacidade instalada de 1.593 MW e receita anual de R$ 1,9 bilhão – é uma das maiores da América Latina. A Eneva explica que a UTE é abastecida por uma unidade flutuante com capacidade para 21 milhão de metros cúbicos de gás por dia e que permanecerá afretada à usina até 2024.

Aéreas

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta terça-feira o projeto de lei que reduz a alíquota do imposto de renda sobre ganhos de companhias aéreas com arrendamento de aeronaves.

Segundo comunicado da Secretaria-Geral da Presidência da República, a redução da alíquota ocorrerá de forma escalonada, partindo de zero entre 1º de janeiro de 2022 a 31 de dezembro de 2023; subindo para 1% em 2024, 2% em 2025 e 3% em 2026.

“A medida é relevante porque ameniza o alto custo operacional das companhias aéreas, e pode contribuir com a retomada do setor de transporte aéreo brasileiro após a pandemia da Covid-19”, diz trecho do comunicado.

(com Reuters)

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe