Follow-on

Magazine Luiza (MGLU3) levanta quase R$ 4 bilhões em oferta de ações, com preço por papel fixado a R$ 22,75

Houve a distribuição primária de 175 milhões de ações ordinárias, informou a companhia em comunicado na noite de quinta-feira (22)

Por  Equipe InfoMoney -

A varejista Magazine Luiza (MGLU3) levantou R$ 3,981 bilhões em oferta de ações que visa, entre outras medidas, financiar a aquisição da varejista de jogos KabuM!

A empresa precificou suas ações a R$ 22,75 cada na oferta subsequente (ou follow-on), um desconto de 2,15% sobre o preço de fechamento de quinta-feira. Houve a distribuição primária de 175 milhões de ações ordinárias, informou a companhia em comunicado na noite de quinta-feira (22).

Por conta da emissão, o novo capital social da empresa passa a ser de R$ 10.052.161.472,00, dividido em 6.673.926.848 ações ordinárias. Os novos papéis passarão a ser negociadas na B3 em 26 de julho; já a liquidação física e financeira ocorrerá no dia seguinte (27).

O Magazine Luiza anunciou na semana passada acordo para a compra do KaBuM!, empresa fundada em 2003 reconhecida pelo pioneirismo no comércio eletrônico brasileiro. Hoje em dia, o KaBuM! é o maior e-commerce do segmento de tecnologia da América Latina, com mais de 2 milhões de clientes ativos.

O valor da operação de compra do KabuM! será pago em três etapas. A primeira parcela, à vista, é de R$ 1 bilhão. A segunda etapa envolve a transferência de 75 milhões de ações ON do Magalu, ao longo de um ano e meio. A terceira etapa de pagamento — de até 50 milhões de ações — ocorrerá em janeiro de 2024 , sendo condicionada ao cumprimento de metas da plataforma adquirida.

Porém, além dessa aquisição, com a oferta, o Magalu apontou que os recursos serão utilizados também para investimentos  em logística, com novos centros de distribuição, automação e cross docking.

Guilherme Benchimol revela os segredos de gestão das maiores empresas do mundo no curso gratuito Jornada Rumo ao Topo. Inscreva-se já.

Compartilhe