Números de fechamento

Índice de ADRs Brazil Titans se recupera e fecha em alta de 0,32%, com Vale entre maiores altas e aéreas em baixa

Com a B3 fechada, ADR’s de empresas brasileiras negociadas no exterior acompanharam desdobramentos do conflito entre Rússia e Ucrânia

Por  Mitchel Diniz -

Nesta segunda-feira (28) em que a B3 esteve por conta do Carnaval, foram os ADRs (ações de empresas de fora dos Estados Unidos negociadas em Nova York) brasileiros que acompanharam os desdobramentos da invasão da Ucrânia pela Rússia, com diversos acontecimentos ao longo do dia. Hoje, os dois países adversários iniciaram rodadas de negociações para um possível cessar-fogo.

O Dow Jones Brazil Titans 20 ADR, que reúne os papéis mais líquidos das empresas brasileiras negociados na Bolsa de Nova York, operou com forte volatilidade ao longo do dia, chegando a cair 1,5% na mínima do dia. Porém, ao final do sessão, o índice zerou perdas e fechou no terreno positivo, subindo 0,32%, aos 19,013 pontos.

A Gol (GOLL4) liderou as perdas do dia, recuando 3,26% e os ADR’s da Azul (AZUL4) também ficaram entre as maiores baixas, caindo 2,08%. As companhias repercutem a alta dos preços do petróleo, o que impacta fortemente os custos das aéreas, além de restrições de viagens em meio ao cenário geopolítico conturbado.

A BRF (BRFS3) caiu 3,06%, bastante impactada pela alta nos preços de commodities agrícolas, usadas como alimentação para criação de frangos.

Na ponta contrário, a Vale (VALE3) foi destaque de alta, subindo 3,64%. Os futuros de minério de ferro de referência na China e em Cingapura subiram nesta segunda-feira devido a preocupações de que um conflito armado prolongado entre a Rússia e a Ucrânia possa reduzir a oferta global da matéria-prima.

O petróleo tipo Brent era negociado na casa dos US$ 101,10 e, ainda que seja referência de preço para Petrobras (PETR3;PETR4), os ADR’s da estatal não acompanharam o desempenho na mesma proporção, subindo apenas 0,7%.

Leia mais: Petrobras com petróleo a US$ 100: é bom ou ruim para ações?

Confira o desempenho dos principais ADRs de empresas brasileiras na NYSE nesta segunda-feira (15), dia de Bolsa fechada no Brasil: 

EmpresaADRPreço (em US$)Variação
Petrobras (equivalente às ONs)PBR14,29+0,70%
Petrobras (equivalente às PNs)PBR.A13,09-0,46%
ValeVALE18,49+3,64%
Itaú UnibancoITUB4,83-0,76%
BradescoBBD3,86-1,28%
EmbraerERJ13,78+0,15%
CemigCIG2,52+1,56%
AmbevABEV2,93-1,01%
CSNSID4,85+1,25%
SantanderBSBR5,87-1,51%
BRFBRFS3,17-3,06%
UltraparUGP2,91-2,02%
SabespSBS8,01-0,50%
Pão de AçúcarCBD4,55+1,11%
EletrobrasEBR.B6,62+0,17%
Telefônica BrasilVIV9,79+0,41%
TIMTIMB13,17+0,30%
GolGOL6,53-3,26%
AzulAZUL14,61-2,08%
GerdauGGB4,87+0,21%

Os ADR’s acompanharam uma melhora de desempenho dos índices em Nova York, que fecharam a segunda-feira mistos, em um dia de poucos indicadores na agenda econômica e muita volatilidade. O Dow Jones fechou em queda de 0,53%, aos 33.879 pontos; o S&P 500 caiu 0,26%, a 4.373 pontos; e a Nasdaq avançou 0,41%, a 13.751 pontos.

No acumulado de fevereiro, o Dow Jones recuou 3,52%, enquanto o S&P 500 e a Nasdaq caíram 3,14% e 3,42%, respectivamente. Foi o segundo mês consecutivo de perdas para as Bolsas americanas.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe