Fechamento

Ibovespa fecha em 3ª alta seguida e atinge os 114 mil pontos; dólar fica estável em R$ 5,30

Mercado engata recuperação depois de um longo período de baixas devido ao cenário político e internacional

SÃO PAULO  – O Ibovespa fechou em alta pela terceira vez consecutiva nesta quinta-feira (23), acompanhando o dia de otimismo no exterior em meio à redução dos temores relacionados à crise da dívida da incorporadora chinesa Evergrande e à decisão de política monetária do Federal Reserve na véspera.

Sobre a Evergrande, apesar dos riscos não terem desaparecido, ganhou força desde ontem no mercado a interpretação de que a China não permitirá um colapso no seu setor imobiliário. Ontem uma subsidiária da Evergrande anunciou acordo com credores para pagar cupons de dívida.

Apesar disso, autoridades do país pedem a governos locais que se preparem para uma eventual derrocada da Evergrande, segundo informações de fontes da Agência Estado, o que sinaliza relutância de resgatar a empresa e tentativa de evitar efeitos secundários de sua crise (veja mais clicando aqui).

Em relação ao banco central dos Estados Unidos, a manutenção das taxas de juros entre 0% e 0,25% ao ano na véspera e o início da discussão sobre redução de estímulos não causou impacto negativo no mercado.

Em sua declaração após as reuniões, o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) afirmou que: “Se o progresso continuar em linha com o esperado, o Comitê acredita que a moderação no ritmo de compra de ativos será, em breve, implementada”. O banco central não citou, no entanto, um cronograma para a redução no ritmo de compra de ativos, atualmente em US$ 120 bilhões mensais.

Já na entrevista posterior, Jerome Powell, presidente do Fed, foi um pouco mais hawkish (com uma linguagem mais favorável a um aperto de juros para conter a inflação) que o esperado, ao dizer que poderia começar a reduzir, já em novembro, o programa de compra de títulos.

Segundo Caio Kanaan Eboli, sócio e diretor operacional da mesa proprietária Axia Investing, a recuperação de hoje no Ibovespa pode levar o índice a testar sua próxima resistência nos 117 mil pontos e talvez mesmo os 120 mil pontos no curto prazo.

“Tudo isso dependerá muito de como o mercado irá reagir a crise imobiliária chinesa, que hoje já deu um alívio, e como irá se comportar frente ao noticiário econômico/político daqui e dos EUA”, aponta.

Entre os indicadores, os pedidos de auxílio-desemprego nos EUA atingiram 351 mil na semana encerrada em 18 de setembro, segundo dados do Departamento de Emprego do país. O resultado ficou acima da previsão dos analistas consultados pela Refinitiv, que esperavam 320 mil pedidos.

PUBLICIDADE

Por aqui, atenção para a repercussão da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que elevou a taxa Selic de 5,25% para 6,25%, antevendo um ajuste de mesma magnitude para a próxima reunião.

A decisão veio em linha com o esperado depois da sinalização dada por Roberto Campos Neto de que não iria acelerar o movimento. Entretanto, os analistas estão divididos sobre a indicação emitida pela autoridade monetária.

Enquanto alguns analistas destacaram que o BC não indicou aceleração do ritmo de alta da Selic, outros economistas apontam que o Copom foi hawkish ao afirmar que o ciclo de aperto deve avançar no “território contracionista”, sinalizando que não há restrição para a taxa de juro final. Os analistas destacaram ainda a intenção do Copom de ganhar tempo para avaliar a conjuntura e o impacto dos choques.

O Ibovespa teve alta de 1,59%, a 114.064 pontos com volume financeiro negociado de R$ 32,795 bilhões.

Enquanto isso, o dólar comercial opera em leve alta de 0,1% a R$ 5,309 na compra e a R$ 5,31 na venda. Já o dólar futuro com vencimento em outubro tem leves ganhos de 0,19% a R$ 5,309.

No mercado de juros futuros, após abrirem em queda, os contatos mais longos viraram para alta: o DI para janeiro de 2022 caiu dois pontos-base a 7,10%, DI para janeiro de 2023 teve alta de 11 pontos-base a 8,92%, DI para janeiro de 2025 avançou 17 pontos-base a 9,95% e DI para janeiro de 2027 registrou variação positiva de 19 pontos-base a 10,35%.

Os DIs tiveram uma inclinação na curva após os riscos sobre a extensão do auxílio emergencial aumentarem as dúvidas sobre o cenário fiscal do país. Segundo a Reuters, fontes do governo disseram que o Planalto trabalha para convencer o Senado a aprovar a reforma do Imposto de Renda com o argumento de que não há carta na manga da equipe econômica para financiar a expansão do programa de transferência de renda no ano que vem.

Já as bolsas asiáticas tiveram em sua maioria altas na quinta-feira, mas os investidores continuam a monitorar a situação do China Evergrande Group, que passa por uma crise.

PUBLICIDADE

Na quinta, a agência internacional de notícias Reuters noticiou que o presidente do grupo afirmou que a prioridade principal da empresa é ajudar gestores de investimentos a compensarem seus produtos. Mas continuam a haver questões sobre se a incorporadora chinesa pagará os juros sobre um título denominado em dólar. Os papéis da Evergrande avançaram 17,62% hoje.

Embora a orientação regulatória ofereça poucas pistas sobre qual será o passo dado pela Evergrande, sugere que o governo da China deseja evitar um colapso iminente da incorporadora, o que poderia sacudir os mercados financeiros e reduzir o crescimento econômico. Qualquer sinal de que o governo de Pequim está tomando medidas para que a Evergrande tenha mais tempo para administrar seus problemas de dívida pode acalmar investidores na China e no mundo.

Na Europa, durante a manhã, foi divulgado o índice do gerente de compras (PMI em inglês) da Zona do Euro composto Markit relativo a setembro, que marcou 56,1 pontos, abaixo da expectativa de analistas, de 58,5 pontos, e do patamar anterior, de 59 pontos.

Reações ao Copom e PEC dos precatórios

O Banco Central confirmou as expectativas e elevou a Selic em 1 ponto, para 6,25%, além de indicar que pretende manter o ritmo de aperto na próxima reunião.

A decisão veio em linha com o esperado depois da sinalização dada por Roberto Campos Neto de que não iria acelerar o movimento. Entretanto, os analistas estão divididos sobre a indicação emitida pela autoridade monetária.

Enquanto alguns analistas destacaram que o BC não indicou aceleração do ritmo de alta da Selic, outros economistas apontam que o Copom foi hawkish ao afirmar que o ciclo de aperto deve avançar no “território contracionista”, sinalizando que não há restrição para a taxa de juro final. Os analistas destacaram ainda a intenção do Copom de ganhar tempo para avaliar a conjuntura e o impacto dos choques.

No comunicado, o Copom enfatizou que os passos futuros poderão ser ajustados, mas que no atual estágio do ciclo, o ritmo de ajuste é o “mais adequado” para assegurar o cumprimento da meta de inflação e, ao mesmo tempo, permitir que o comitê “obtenha mais informações sobre o estado da economia e o grau de persistência dos choques”. A projeção para o IPCA em 2022 subiu de 3,5% para 3,7% no cenário básico.

Confira a análise sobre o Copom no vídeo abaixo:

PUBLICIDADE

No noticiário econômico dos jornais, o jornal O Estado de S. Paulo diz que Guedes amarrou aprovação da PEC dos precatórios com votação da reforma do IR no Senado, mesmo que ela saia com alterações, tendo vista garantir o respaldo necessário na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para a aprovação do novo Bolsa Família.

Já citando fonte dentro do governo, o Valor diz que a saída articulada para a PEC dos precatórios deve liberar R$ 30 bilhões de novas despesas em 2022, das quais R$ 27 bilhões seriam alocadas ao novo programa de transferência de renda e os R$ 3 bilhões restantes, em outras áreas.

Radar corporativo

Ultrapar (UGPA3)

A Ultrapar anunciou na quarta início de processo de sucessão de seus principais postos executivos e mudança na presidência de sua maior unidade de negócios, a rede de postos de combustíveis Ipiranga.

A companhia afirmou em fatos relevantes ao mercado que o vice-presidente comercial da Ipiranga, Leonardo Remião Linden, foi eleito novo presidente-executivo da rede, no lugar de Marcelo de Araújo, que assumirá a diretoria executiva corporativa e de participações da holding. As mudanças serão implementadas em outubro.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Justiça Federal no Rio de Janeiro determinou que a Petrobras regularize a contratação de escritórios de advocacia estrangeiros. A ordem é para que a estatal comece a exigir das bancas a inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A liminar é assinada pela juíza Maria Amelia Senos de Carvalho, da 23.ª Vara Federal do Rio, e vale para todas as contratações efetivadas e programadas, com ou sem licitação.

“A observância dessas regras se impõe a todo e qualquer contratante em solo nacional, incluindo sociedades de economia mista”, escreveu a magistrada.

Hapvida (HAPV3)

O conselho de administração do Hapvida recebeu carta de renúncia ao cargo de vice-presidente comercial e de relacionamento de Candido Pinheiro Koren de Lima Junior, um dos controladores da companhia, com efeito a partir de dezembro de 2021.

Para assumir a função, foi escolhido Lício Tavares Angelo Cintra, membro do conselho de administração da companhia desde abril de 2021.

Cintra atuou por mais de 14 anos junto ao Grupo São Francisco. Durante este período, liderou a área comercial por 5 anos, bem como foi o CEO do Grupo São Francisco de 2009 até a alienação ao Hapvida em 2019.

Hypera (HYPE3)

O Conselho de Administração da Hypera aprovou o pagamento de R$ 194,77 milhões em juros sobre o capital próprio, ou R$ 0,30808 por ação ordinária.

O pagamento dos juros sobre capital próprio será realizado até o final do exercício social de 2022, em data a ser oportunamente definida pela empresa, com base na posição acionária constante dos registros da Companhia ao final de 27 de setembro de 2021, sendo que as ações de emissão da companhia serão negociadas “ex-juros sobre capital próprio” a partir de 28 de setembro de 2021, inclusive. Entre a data deste aviso aos acionistas e a data do pagamento não incidirá qualquer atualização monetária sobre o montante declarado, informou.

Irani (RANI3)

A Irani Papel e Embalagem afirmou que vai investir R$ 70,2 milhões em instalações da companhia, incluindo nova impressora, segundo fato relevante ao mercado.

Os recursos serão aplicados em “um sistema de gerenciamento de informações de processo, ampliação da estação de tratamento de efluentes para a fábrica de papel de Vargem Bonita (SC), uma nova impressora e um sistema de automação para a fábrica de Embalagem (SP)”, afirmou a companhia.

Gol (GOLL4)

A agência de classificação de risco Fitch elevou o rating da Gol de CCC+ para B-, com perspectiva estável.

Multiplan (MULT3)

A Multiplan  aprovou a emissão de R$ 450 milhões em debêntures com vencimento em sete anos. O montante deve ser utilizado para pagar despesas gerais, dívidas de curto e longo prazo, investimentos e na gestão do fluxo de caixa.

Vale (VALE3)

A mineradora Vale desistiu de todos os processos minerários em terras indígenas no Brasil, ao reconhecer que a atividade em tais regiões apenas poderia ocorrer mediante o Consentimento Livre, Prévio e Informado (CLPI) dos próprios indígenas e uma legislação que permita e regule adequadamente a atividade, disse a empresa em nota.

A companhia, que não desenvolve quaisquer atividades de pesquisa mineral ou lavra em Terras Indígenas (TIs) no Brasil, já havia aberto mão de 89 processos minerários —o que inclui requerimentos de pesquisa e lavra— interferentes com Terras Indígenas no país, junto à Agência Nacional de Mineração (ANM), entre 2020 e 2021.

Klabin (KLBN11)

A Klabin informou na quarta-feira a morte do presidente do conselho de administração, Armando Klabin, aos 89 anos, no Rio de Janeiro. O executivo é considerado um dos que impulsionaram no início dos anos 2000 a companhia a focar no ramo de embalagens.

Atualmente, a Klabin é a maior produtora de papel para embalagens do país, tendo ingressado também em produção de celulose. A companhia não informou a causa da morte.

(com Bloomberg, Estadão Conteúdo e Reuters)

Analista TOP 3 em rentabilidade de curto prazo compartilha seu método exclusivo na Bolsa