Números de fechamento

Ibovespa descola do exterior e tem 5ª alta consecutiva; dólar recua com fluxo estrangeiro

Tensões no leste europeu, entre Rússia e Ucrânia, voltaram a balançar os mercados nesta segunda-feira (14)

Por  Equipe InfoMoney

Apesar de um cenário externo desafiador com várias bolsas ao redor do mundo recuando devido ao aumento da tensão entre Rússia e Ucrânia, o Ibovespa se sustentou positivamente impulsionado pela grande demanda estrangeira por ações brasileiras. A Bolsa de São Paulo fechou em alta de 0,29%, aos 113.899 pontos, após oscilar entre perdas e ganhos. O volume financeiro foi de R$ 25,8 bilhões.

O destaque positivo fica com as ações da Banco Inter (BIDI11), com alta de 7,84%, seguidas pela Petz (PETZ3) e Hypera (HYPE3), com ganhos de 6,59% e 4,35%, respectivamente. Para analistas da Ativa Investimentos, queda nos vértices de longo prazo da curva de juros e a grande demanda estrangeira tem feito as empresas expostas ao mercado doméstico se destacarem no pregão.

Os destaques negativos ficam com Petrobras (PETR3) e 3R Petroleum (RRRP3) que caíram, respectivamente, 2,58% e 1,60%, seguidas pela Marfrig (MRFG3), que recuou 2,53%. As incertezas sobre o patamar atual do preço do petróleo devido a possibilidade de conflito no Leste Europeu, têm gerado grande volatilidade nas ações do setor.

Petrobras (PETR4) monitora tensão na Ucrânia, mas CEO diz ver guerra como improvável

O dólar voltou a ignorar a tensão externa e caiu perante ao real, mais uma vez com a ajuda do fluxo de capital externo para os ativos domésticos. A divisa americana encerrou a sessão em queda de 0,46%, a R$ 5,2185, após oscilar entre R$ 5,1957 e R$ 5,2665.

Os juros futuros fecharam em alta: DIF23, +0,03 pp, a 12,46%; DIF25, +0,10 pp, a 11,48%; DIF27, +0,08 pp, a 11,38%; DIF29, +0,09 pp, a 11,55%; DIF31, +0,08 pp, a 11,64%.

Do lado das commodities, destaque para o petróleo que atingiu máximas de 7 anos, alimentado por temores de que uma possível invasão da Ucrânia pela Rússia possa desencadear sanções dos EUA e da Europa que prejudicariam as exportações do maior produtor mundial em um mercado já apertado.

Lá fora, as Bolsas americanas fecharam majoritariamente em queda ao sabor das notícias vindas do leste europeu. De acordo com a CNN, sob o risco de uma invasão russa, os Estados Unidos fecharam a embaixada em Kiev, capital da Ucrânia, para realocar operações na parte ocidental do país.

Presidente da Ucrânia diz ter ouvido que ataque russo está marcado para 4ª, mas agência fala em “ironia” do mandatário

O Dow Jones caiu 0,50%, aos 34.565 pontos, enquanto o S&P 500 recuou 0,39%, aos 4.401 pontos. Já a Nasdaq fechou estável, aos 13.790 pontos.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe