5 assuntos

Futuros de NY sobem antes de inflação de junho nos EUA; varejo no Brasil e mais assuntos do mercado hoje

Nos Estados Unidos, atenção ainda para a divulgação do Livro Bege, enquanto que, no Brasil, será retomada a votação da PEC dos Auxílios

Por  Felipe Moreira -

Os índices futuros de Nova York operam com alta, enquanto as bolsas europeias recuam na manhã desta quarta-feira (13), com os investidores aguardando um importante relatório de inflação que deve mostrar uma nova alta.

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês), previsto para as 9h30, deve subir 8,8% em junho na comparação ano a ano, de acordo com a pesquisa de economistas da Dow Jones. Isso seria ainda maior do que a leitura de 8,6% de maio, que foi o maior aumento desde 1981 .

A provável leitura mais alta deve reforçar a indicação do Federal Reserve subir mais 75 pontos base durante a reunião deste mês. No mês passado, o Banco Central dos EUA elevou suas taxas de juros de referência em três quartos de ponto percentual para uma faixa de 1,5% a 1,75% em sua alta mais agressiva desde 1994.

Enquanto isso, os investidores monitorarão os lucros corporativos do segundo trimestre, já que os principais bancos divulgam seus números nesta semana. O JPMorgan e o Morgan Stanley publicarão resultados amanhã (14) antes da abertura. Relatórios da Delta Air Lines saíram antes da abertura desta quarta-feira.

Já a maioria dos mercados da Ásia-Pacífico subiram com a divulgação de dados comerciais da China, enquanto o Banco da Coreia e o Banco da Reserva da Nova Zelândia aumentaram as taxas de juros.

Por aqui, a Câmara dos Deputados aprovou, na última terça-feira (12), em primeiro turno, o texto-base da PEC dos Auxílios, que cria programas sociais e amplia benefícios já existentes. Foram 393 votos favoráveis e 14 contrários à matéria. Os parlamentares ainda precisam analisar os destaques apresentados pelas bancadas, com sugestões de mudança no texto.

Atenção ainda para a divulgação dos dados de vendas do varejo de maio.

No campo corporativo, a Petrobras informou o início da etapa não vinculante da venda de participação na UEG Araucária.

Confira mais destaques:

1.Bolsas Mundiais

Estados Unidos

Os índices futuros dos EUA operam em alta nesta quarta-feira (13), com os participantes do mercado aguardando o importante relatório de inflação, com a expectativa de que a inflação renove os seus recordes.

Além disso, investidores esperam pela publicação do Livro Bege que deve mostrar os efeitos dos juros mais altos na economia americana.

Veja o desempenho dos mercados futuros:

  • Dow Jones Futuro (EUA), +0,19%
  • S&P 500 Futuro (EUA), +0,24%
  • Nasdaq Futuro (EUA), +0,36%

Ásia

A maioria das bolsas da Ásia-Pacífico subiu nesta quarta-feira, com a China divulgando dados comerciais e o Banco da Coreia e o Banco da Reserva da Nova Zelândia elevando as taxas. mercados asiáticos fecharam com

Os dados da balança comercial chinesa mostraram um aumento de 17,9% nas exportações denominadas em dólar em junho, acima da alta de 12% que os analistas esperavam, informou a Reuters. As importações subiram 1%, abaixo dos 3,9% previstos por analistas em pesquisa.

  • Shanghai SE (China), +0,09%
  • Nikkei (Japão), +0,54%
  • Hang Seng Index (Hong Kong), -0,22%
  • Kospi (Coreia do Sul), +0,47%

Europa

Os mercados europeus operam no vermelho, estendendo as perdas registradas nas sessões anteriores desta semana, enquanto os investidores se preparam para os últimos dados de inflação dos EUA.

Outros dados divulgados na quarta-feira mostraram que a economia do Reino Unido expandiu inesperadamente em maio, com a produção crescendo 0,5%, segundo o Escritório de Estatísticas Nacionais. Uma pesquisa da Reuters com economistas previa crescimento zero em maio em relação a abril.

Na Alemanha, a leitura final anualizada do CPI (inflação ao consumidor) subiu 7,6% em junho, em linha com a previsão.

  • FTSE 100 (Reino Unido), -0,99%
  • DAX (Alemanha), -0,71%
  • CAC 40 (França), -0,37%
  • FTSE MIB (Itália), -1,01%

Commodities

Os preços do petróleo sobem na sessão de hoje (13), mesmo com os dados de estoque dos EUA mostrando acúmulos de petróleo bruto e produtos refinados em meio a crescentes temores de uma desaceleração econômica global. Na véspera, o brent havia fechado abaixo de US$ 100 o barril pela primeira vez em cerca de três meses com o dólar forte e maior pessimismo com a atividade mundial.

  • Petróleo WTI, +1,37%, a US$ 97,16 o barril
  • Petróleo Brent, +1,43%, a US$ 100,91 o barril
  • Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 1,53%, a 732,00 iuanes, o equivalente a US$ 108,92

Bitcoin

  • Bitcoin, +0,73% a US$ 19.849,81 (em relação à cotação de 24 horas atrás)

2. Agenda

Nesta quarta-feira (13), será divulgado o Livro Bege – um sumário da situação econômica nos 12 distritos do Federal Reserve. O documento deve mostrar os efeitos dos juros mais altos na economia americana.

Ainda na quarta, sai um importante indicador de inflação dos EUA: o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês). Os analistas preveem uma aceleração da escalada de preços, que avançou 1% em maio na comparação do abril e deve ter alta mensal de 1,1% em junho, de acordo com o consenso Refinitiv.

No Brasil, atenção para as vendas no varejo brasileiro de maio. A média das projeções do mercado prevê crescimento de 1% na comparação com abril. Já o Itaú acredita que o núcleo do índice deve sofrer uma retração de 0,2%, com sinais distintos entre os componentes. “Vale mencionar que o núcleo de índice tem crescido por quatro meses consecutivos”, ressaltam os analistas.

Brasil

9h: Vendas no varejo de maio, consenso Refinitiv aponta para alta de 1% em relação a abril e de 2,6% na base anual

10h30: Paulo Guedes, ministro da Economia, tem reunião com a ministra de Finanças da Indonésia (virtual)

14h30: Fluxo cambial semanal

15h: Paulo Guedes, ministro da Economia, participa do evento em comemoração aos 25 Anos da Lei Geral das Telecomunicações

17h: Vencimento de opções sobre Ibovespa

17h: Paulo Guedes, ministro da Economia, tem reunião bilateral com o ministro da Produção da Argentina (virtual)

EUA

9h30: Índice preços ao consumidor (CPI) de junho, consenso Refinitiv projeta alta de 1,1% na comparação com maio e de 8,80% na base anual

11h30: Variação de estoques de petróleo – EIA – projeção Refinitiv de queda de 1,933 milhão de barris

11h: Balanço orçamentário federal

15h: Livro Bege

3. PEC dos Auxílios terá nova sessão hoje

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite da véspera, em primeiro turno, o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Auxílios, que cria programas sociais e amplia benefícios já existentes. Foram 393 votos favoráveis e 14 contrários à matéria.

A sessão foi marcada por falhas no sistema que permite a participação remota de parlamentares (o chamado “infoleg”), o acompanhamento dos trabalhos por cidadãos pela internet e o próprio funcionamento do site da Câmara dos Deputados.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), suspendeu a sessão no plenário e alegou problemas técnicos na internet da Casa. No momento em que os trabalhos legislativos foram adiados, os parlamentares votavam os destaques da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) “Kamikaze”, que concede uma série de benefícios sociais às vésperas da eleição e decreta estado de emergência no País.

Como a sessão foi suspensa, e não cancelada, o painel de votação continuará valendo, de acordo com o presidente da Câmara. Lira disse que a Polícia Federal (PF) vai à Câmara investigar a queda de internet na Casa.

Os parlamentares ainda precisam analisar os destaques apresentados pelas bancadas, com sugestões de mudança no texto. Depois, ainda é necessário votar a matéria em segundo turno. O regimento interno da casa legislativa prevê intervalo de 2 sessões entre cada turno de votação, que pode ser superado por aprovação de requerimento de quebra de interstício.

Câmara aprova PEC do piso salarial para enfermagem

A Câmara dos Deputados aprovou na véspera, em primeiro turno, a PEC que estabelece o piso salarial nacional de enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiras. A proposta ainda deve ser votada em segundo turno pelos deputados.

A matéria foi proposta após senadores e deputados aprovarem o PL 2.564/2020, de autoria do senador Fabiano Contarato (PT-ES), que prevê piso mínimo inicial para enfermeiros no valor de R$ 4.750.

TCU fará auditoria em salários e cargos irregulares de militares

O Tribunal de Contas da União (TCU) foi acionado para que realize uma auditoria nos pagamentos e cargos públicos ocupados por milhares de militares da ativa. A representação, que foi protocolada na Corte de contas pelo deputado Elias Vaz (PSB-GO), se baseia em reportagem publicada pelo Estadão, que revelou o conteúdo de um levantamento realizado pela Controladoria-Geral da União (CGU).

A representação pede que o TCU faça uma “auditoria detalhada na folha de pagamento das Forças Armadas em conjunto com demais sistemas de controle de pessoal nos anos de 2019, 2020, 2021 e 2022”.

4. Covid

Na última terça-feira (12), o Brasil registrou 352 mortes e 65.450 casos de covid-19 em 24h, segundo informações do consórcio de veículos de imprensa, às 20h.

A média móvel de mortes por Covid em 7 dias no Brasil ficou em 239, elevação de 6% em comparação com o patamar de 14 dias antes.

A média móvel de novos casos em sete dias foi de 56.350, o que representa alta de 1% em relação ao patamar de 14 dias antes.

Chegou a 168.037.528 o número de pessoas totalmente imunizadas contra a Covid no Brasil, o equivalente a 78,22% da população.

O número de pessoas que tomaram ao menos a primeira dose de vacinas atingiu 179.331.700 pessoas, o que representa 83,48% da população.

A dose de reforço foi aplicada em 97.239.036 pessoas, ou 45,26% da população.

Os estados de SP, RJ, MA, TO e AP não separam os números de terceira e quarta dose. Por esse motivo, os percentuais de reforço podem estar inflados.

5. Radar Corporativo

Petrobras (PETR3;PETR4)

A petrolífera informou que vai orientar potenciais compradores de sua participação de 18,8% na UEG Araucária (UEGA) sobre o envio de propostas não vinculantes. “Os potenciais compradores habilitados para essa fase receberão um memorando descritivo contendo informações mais detalhadas sobre a companhia em questão, além de instruções sobre o processo de desinvestimento, incluindo as orientações para elaboração e envio das propostas não vinculantes”, diz o comunicado da Petrobras.

A UEGA é uma sociedade entre o Grupo Copel e a Petrobras, constituída de uma usina de geração a gás natural (ciclo combinado, com duas turbinas a gás e 1 turbina a vapor), localizada em Araucária – PR, próxima ao gasoduto Bolívia-Brasil (GASBOL). Entrou em operação em 2002 e possui capacidade instalada total de 484 MW.

Lavvi (LAVV3)

As vendas líquidas da construtora foram de R$ 450 milhões no segundo trimestre, 12% a menos que o registrado no mesmo período do ano passado. “O destaque do período foi o desempenho comercial dos lançamentos, sendo o Verdant responsável por 56% deste total e Green View responsável por 21%.”, informou a companhia em comunicado.

As vendas sobre oferta (VSO) da companhia subiram em relação ao primeiro trimestre, para 36%, porém sofreram em recua na comparação com o segundo trimestre do ano passado (que registrou VSO de 59%).

A Lavvi também informou que lançou R$ 628 milhões abril e junho deste ano.

Melnick (MELK3)

A Melnick (MELK3) lançou dois empreendimentos no segundo trimestre de 2022, com valor geral de vendas (VGV) potencial de R$ 112,3 milhões, se somada apenas a participação da companhia nos projetos, segundo a prévia operacional. O valor é 58% menor do que o registrado no 1TRI, de R$ 267,3 milhões.

Já as vendas líquidas com participação da Melnick cresceram 148% em relação ao mesmo período do ano passado e somaram R$ 286 milhões.

Even (EVEN3)

A Even (EVEN3) registrou R$ 608 milhões em valor geral de vendas (VGV) no segundo trimestre de 2022, um crescimento de 126% em relação ao mesmo período de 2021, segundo prévia operacional.

(Com Estadão, Reuters e Agência Brasil)

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe