Criptos hoje

Bitcoin sustenta os US$ 22 mil, Cardano sobe 8% e altcoins tentam se recuperar após pânico

Após valor do mercado cripto cair abaixo de US$ 1 trilhão, ativos tentam encontrar um novo patamar de equilíbrio

Por  Rodrigo Tolotti

Após cair para seu nível mais baixo desde dezembro de 2020, o Bitcoin (BTC) consegue se manter acima dos US$ 22 mil nesta terça-feira (14), em um cenário onde a capitalização do mercado de criptomoedas ficou abaixo de US$ 1 trilhão pela primeira vez desde o início de 2021.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Enquanto isso, o cenário segue negativo para praticamente todo o mercado. O Ethereum (ETH), a segunda maior criptomoeda em valor de mercado, negociava com leves perdas em torno dos US$ 1.200, também em seu nível mais baixo em mais de um ano.

A Cronos (CRO), token da exchange Crypto.com, chegou a cair mais de 20% ontem em meio a notícias de que a corretora demitiu cerca de 5% de seus funcionários. Já o Wrapped Bitcoin (WBTC) e a Tron (TRX) também caíram forte.

“É uma tempestade”, disse o chefe de pesquisa da 3iQ Digital Asset, Mark Connors, ao CoinDesk. “Os ursos do Bitcoin certamente estão tumultuando, repreendendo a maior criptomoeda da mesma maneira que um valentão da escola procura atormentar seu alvo”, escreveu o consultor financeiro da Uphold, Rich Blake, em relatório.

“O sentimento pelas criptomoedas é terrível, pois o valor do mercado global do mercado caiu abaixo de US$ 1 trilhão”, disse o analista sênior da Oanda, Edward Moya. “O Bitcoin está tentando formar uma base, mas se o preço cair abaixo do nível de US$ 20 mil, pode ficar ainda mais feio”.

“Como a inflação prova ser um oponente ainda mais difícil de vencer do que o esperado, Bitcoin e Ether continuam a sofrer graves contusões no ringue”, escreveu a analista sênior de investimentos e mercados de Hargreaves Lansdown, Susannah Streeter. “Eles são as principais vítimas da fuga de ativos de risco, pois os investidores se preocupam com a espiral dos preços ao consumidor em todo o mundo”.

Essa queda das criptos também acompanha o recuo das bolas acionárias ao redor do mundo. O S&P 500 caiu 3,8% ontem, entrando no chamado bear market, quando um ativo perde 20% de seu valor desde a máxima anterior. A Nasdaq desabou 4,6% no último pregão.

Os investidores estarão acompanhando de perto a reunião do Federal Reserve (banco central dos EUA), que começa nesta terça e deve culminar com uma alta de 50 pontos-base na taxa de juros na quarta como parte de um esforço contínuo para conter a inflação em alta.

  • Assista: Bitcoin derrete para menos de US$ 23 mil e analista aponta o que esperar agora

Parte da queda atual teve início após o último relatório do Índice de Preços ao Consumidor dos EUA (CPI) mostrar, na última sexta, que a inflação subiu 8,6%, atingindo um pico de quatro décadas.

O movimento piorou após, ainda na noite de domingo com um possível risco sistêmico de dentro do mercado cripto após a rede de empréstimos de criptomoedas Celsius paralisar os saques em sua plataforma.

A empresa, que permite que os usuários obtenham rendimentos de mais de 17% em suas participações em criptomoedas, citou “condições extremas de mercado” como um dos fatores por trás de sua decisão. Isso levou a severas críticas entre os observadores do mercado e acelerou as quedas.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h15:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 22.326,74-7,28%
Ethereum (ETH)US$ 1.192,60-4,36%
Binance Coin (BNB)US$ 223,50-1,38%
Cardano (ADA)US$ 0,495+8,56%
XRP (XRP)US$ 0,3133-0,90%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Helium (HNT)US$ 10,01+28,82%
Fantom (FTM)US$ 0,2449+19,07%
Quant (QNT)US$ 51,09+17,79%
Theta (THETA)US$ 1,17+17,69%
Bitcoin SV (BSV)US$ 53,41+17,51%

As criptomoedas com as maiores quedas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Monero (XMR)US$ 121,85-13,20%
Wrapped Bitcoin (WBTC)US$ 22.301,76-7,61%
Klaytn (KLAY)US$ 0,2448-7,31%
Bitcoin (BTC)US$ 22.326,74-7,28%
Tron (TRX)US$ 0,06002-6,12%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 19,60-20,00%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 28,34-19,94%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 18,62-24,52%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 15,00-29,31%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 16,60-22,79%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 7,68-16,52%
QR Ether (QETH11)R$ 4,62-25,24%
QR DeFi (QDFI11)R$ 19,39-2,95%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta terça-feira (14):

Prefeito de Nova York quer vetar moratória sobre mineração PoW

O prefeito de Nova York, Eric Adams, pedirá à governadora Kathy Hochul que vete um projeto de lei aprovado em 3 de junho que imporia uma moratória na mineração de criptomoedas do tipo prova de trabalho (PoW) no estado por dois anos, informou a Crain’s New York Business nesta terça.

O projeto de lei, que foi aprovado pela Assembleia estadual, imporia uma moratória de dois anos em novos projetos de mineração PoW movidos a combustível à base de carbono em NY, embora as empresas de mineração existentes ou as que estejam atualmente em processo de renovação de licenças sejam autorizados a continuar as operações.

De acordo com o apoiador democrata do projeto, senador estadual Kevin Parker, do Brooklyn, há apenas uma dessas plantas em operação atual que não seria afetada pelo projeto. Ele acrescentou que há um pedido pendente que pode ser suspenso até que o estudo seja concluído.

Durante a moratória, o estado realizará um estudo sobre o potencial impacto ambiental da mineração de prova de trabalho.

ScienceMagic.Studios levanta US$ 10,3 milhões da Coinbase Ventures, DCG e outros

A ScienceMagic.Studios, uma empresa que cria e aconselha sobre tokens não fungíveis (NFTs) e tokens sociais, levantou US$ 10,3 milhões em uma rodada de pré-semente, de acordo com um comunicado de imprensa.

A empresa é um empreendimento entre ScienceMagic.Inc, investidor macro e fundador da RealVision Raoul Pal, e a empresa de pesquisa de criptomoedas Delphi Digital.

A empresa com sede em Nova York levantou o investimento da Liberty City Ventures, Digital Currency Group (DCG), Coinbase Ventures, Noam Gottesman e Alan Howard.

O ScienceMagic.Studios ajudará empresas de Web 3 em vários estágios de desenvolvimento, desde o branding em estágio inicial até a criação de ativos digitais. O financiamento ajudará a empresa a escalar para atender à demanda.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe