Fantom (FTM)

error_outline Atualizado às 07h59. Delay 15 min
arrow_downward

1,67

-1%

1,61

1,79

1.657.971.232,00

Volume$ 1,65 B
Máximo disponível 3.175.000.000
Em circulação 2.541.152.770
Market Cap$ 4.235.449.185,00
Mín — Máx (Dia) 1,61 - 1,79
Variação (Dia) -1%
ROI (USD) +1073.45%

Invista com corretagem zero

Sobre Fantom

Sigla: FTM

Tipo: Criptomoeda

A Fantom (FTM) é uma plataforma de contratos inteligentes na qual é possível criar aplicativos descentralizados (dApps, em inglês). Seu token nativo é o FTM.

A rede – criada pelo cientista da computação sul-coreano Ahn Byung Ik – foi lançada em 2019 com a missão de resolver o trilema (escolha difícil entre três opções) das blockchains: segurança, escalabilidade e descentralização.

A maioria dos projetos do mercado não consegue conciliar essas três características ao mesmo tempo. As redes do Bitcoin (BTC) e do Ethereum (ETH), por exemplo, são descentralizadas e seguras, mas pecam na escalabilidade (capacidade de crescimento).

Para solucionar o impasse, a Fantom se vale de um algoritmo de consenso chamado Lachesis, baseado em um Grafo Acíclico Dirigido (DAG, em inglês).

Na prática, essa tecnologia com nome esquisito é um tipo de rede distribuída sem blocos ou mineradores (comuns em blockchains), que, segundos alguns desenvolvedores, tende a ser mais veloz, barata e segura.

O protocolo, que figura como um dos principais rivais do Ethereum, afirma que seus usuários conseguem liquidar transações em menos de dois segundos, velocidade muito rápida quando comparada a outras plataformas em blockchain.

Por ser uma solução eficaz para protocolos de finanças descentralizadas (DeFi), a Fantom vem chamando cada vez mais atenção do mercado. Uma das provas disso é a valorização de seu token.

Em 2021, o FTM deu um salto gigantesco de mais de 13.000%, pulando de US$ 0,016 para US$ 2,28 em 365 dias. A Dogecoin (DOGE), para efeito de comparação, subiu cerca de 2.400% no mesmo período.