Criptos hoje

Bitcoin e Ethereum recuam após fala de Powell, Ucrânia cancela distribuição de criptomoedas

Nova confirmação de que taxa de juros começará a subir mesmo em meio à guerra impacta apetite de investidores

Por  Paulo Alves, CoinDesk -

Atualização às 10h: o texto foi atualizado após o governo da Ucrânia cancelar o airdrop depois que a distribuição que foi informada mais cedo na matéria aparentar ser uma tentativa de fraude

Após forte rali nos últimos dias que levou o Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) a altas de dois dígitos, as principais criptomoedas do mercado perdem força e recuam nesta quinta-feira (3) com investidores digerindo declarações do presidente do Federal Reserve (Fed) sobre o combate à inflação.

Em fala na última quarta-feira (2), Jerome Powell reforçou a expectativa de aumento da taxa básica de juros da economia americana em 25 pontos-base em março, apesar da guerra na Ucrânia. Um aumento dos juros costuma impactar negativamente ativos de risco, como as criptomoedas.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receba a Newsletter de criptoativos do InfoMoney

“Até agora, vimos os preços da energia subirem ainda mais e esses aumentos se moverão pela economia e aumentarão a inflação, e também pesarão nos gastos”, disse Powell durante seu depoimento perante o Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Representantes ontem.

No que parece ser uma reação às declarações, as criptos começaram a recuar ainda no fim do dia de ontem. Hoje, por, às 7h, o Bitcoin era negociado em queda de 1,9%, a US$ 43.218, e o Ethereum perdia 3,7%, e ia a US$ 2.889. No top 10 de criptomoedas mais valiosas, o resultado do ETH só não era pior do que dos rivais Solana (SOL) e Cardano (ADA), ambos com recuo de cerca de 4,5%.

Ainda assim, a correção não apaga totalmente os ganhos da semana. A própria Solana mantém valorização de dois dígitos nos últimos sete dias, com resultado similar ao do Bitcoin, que salta 16% no período mesmo com as perdas de hoje.

Analistas monitoram sinais de potencial poder de compra entre os traders de criptomoedas, o que pode levar a um aumento no preço do BTC.

Em mercados em baixa, os traders de criptomoedas normalmente compram mais stablecoins do que Bitcoin. Stablecoins costumam representar dólares nos mercados de criptomoedas e são frequentemente usadas como veículo para entrar e sair de posições de Bitcoin.

Teoricamente, um aumento na quantidade de posições abertas em stablecoins indica uma maior propensão de traders de comprar BTC em momentos de baixa. O comportamento sugere, por sua vez, que os negociantes esperam recuperação após a queda.

Segundo a casa de análise Glassnode, um indicador de stablecoins está em um possível fundo, o que aponta para uma possível alta na demanda por esse tipo de ativo a partir daqui.

Leia mais:

Em fala na Câmara dos EUA, o presidente do Fed também mencionou diretamente os criptoativos, reforçando que o setor precisa mais do que nunca ser regulado.

“[O conflito entre Rússia e Ucrânia] enfatizou a necessidade de uma ação do Congresso sobre as finanças digitais, incluindo criptomoedas”, falou Powell. “Temos essa indústria florescente que tem muitas partes, e não há uma estrutura regulatória, que precisaria existir”.

As criptomoedas vêm tendo papel relevante na economia da guerra na Europa. Segundo dados da consultoria Tripple A, a Ucrânia tem o maior percentual de habitantes que utilizam criptomoedas, com 12,73%, seguida da Rússia, com 11,91% de residentes que usam Bitcoin e outras criptos.

  • Assista: Bitcoin resiste a colapso em meio à guerra na Ucrânia. O que vem agora?

De um lado, russos correram para comprar Bitcoin como meio de preservar suas economias do colapso do rublo em meio às sanções impostas ao país.

De outro, a Ucrânia vem adotando criptomoedas como meio de simplificar o recebimento de doações do mundo inteiro para financiar a resistência contra as tropas de Vladimir Putin.

O governo ucraniano já recebeu mais de US$ 40 milhões em doações com criptomoedas desde que iniciou a invasão russa. Além de Bitcoin, Ethereum e Polkadot (DOT), doações agora podem ser feitas em Dogecoin (DOGE).

Na quarta, o governo anunciou que faria uma distribuição (airdrop) de graça de uma nova criptomoeda para esses doadores. O movimento parece ter se iniciado na manhã desta quinta, mas o governo acabou cancelando a distribuição após sinais de que poderia estar ocorrendo uma fraude no airdrop (veja mais informações abaixo).

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h05:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 43.218,35-1,9%
Ethereum (ETH)US$ 2.889,98-3,7%
Binance Coin (BNB)US$ 405,97-1,8%
XRP (XRP)US$ 0,764749-0,9%
Terra (LUNA)US$ 92,51-1,7%


As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

Anchor Protocol (ANC)US$ 4,88+24%
OKB (OKB)US$ 20,01+10,2%
Frax Share (FXS)US$ 24,33+9,2%
Fantom (FTM)US$ 20,54+6%
Quant (QNT)US$ 124,49+6%

As criptomoedas com as maiores quedas nas últimas 24 horas:

Arweave (AR)US$ 30,73-7,8%
Aave (AAVE)US$ 132,21-7,6%
Fantom (FTM)US$ 1,91-6,6%
Theta Fuel (TFUEL)US$ 0,167930-6,3%
Humans.ai (HEART)US$ 0,120646-6,2%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 39,65+10,13%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 53,85+11,72%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 44,41+7,45%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 43,12+2,02%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 14,01+10,14%
QR Ether (QETH11)R$ 11,01+7,94%
QR DeFi (QDFI11)R$ 7,50+2,45%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta quinta-feira (3):

Ucrânia cancela airdrop

O governo da Ucrânia cancelou o airdrop (distribuição) da nova criptomoeda World Peace (WORLD) que estava planejado para hoje enquanto a invasão russa continua.

O anúncio foi feito pelo vice-primeiro-ministro e ministro da transformação digital do país, Mykhailo Fedorov, por meio de sua conta no Twitter nesta quinta-feira (3).

“Após cuidadosa análise, decidimos cancelar o airdrop. A cada dia há mais e mais pessoas dispostas a ajudar a Ucrânia a combater a agressão”, tuitou Fedorov.

Fedorov disse que o país lançará tokens não fungíveis (NFTs) para apoiar as forças armadas ucranianas, mas enfatizou que eles não têm planos de emitir tokens fungíveis. NFTs são ativos digitais em uma blockchain que representam a propriedade de itens virtuais ou físicos.

Mais cedo foi informado que um airdrop estaria em andamento, mas mais tarde surgiram indícios de que poderia estar ocorrendo um movimento de “spoofing”, um tipo de fraude em que uma pessoa finge ser um contato ou empresa para conseguir dados ou se aproveitar de outras pessoas.

Luna se torna segunda maior cripto usada para renda passiva

O LUNA, token da blockchain Terra, ultrapassou o ETH e se tornou o segundo maior criptoativo utilizado para renda passiva.

Após rali na última semana, o LUNA figurou como o token mais depositado em contratos de staking, atrás apenas da Solana. O LUNA superou o ETH, que tem pouco mais de US$ 28 bilhões em valor investido no contrato do Ethereum 2.0.

O protocolo Orion.money detém mais de US$ 2 bilhões em LUNA depositados, o maior entre todos os aplicativos de staking que suportam LUNA. Seus 43.000 participantes geram quase 7% em rendimentos anuais.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receba a Newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe