Criptos hoje

Bitcoin cede à confluência de resistências e interrompe rali; Ethereum sustenta alta e sobe 40% na semana

Bitcoin enfrenta forte rejeição na região dos US$ 22 mil, mas Ethereum continua a atrair especuladores a dois meses de atualização

Por  Paulo Alves, CoinDesk -

A moeda digital reagiu ontem ao otimismo nas bolsas globais após um balanço melhor do que o esperado divulgado pelo banco de investimento Goldman Sachs, o que aumentou a expectativa pela temporada de resultados nos Estados Unidos.

A baixa veio horas depois que o mercado de ações esfriou, na esteira da notícia de que a Apple irá reduzir contratações e cortar despesas, voltando a alimentar temores de uma recessão. Como resultado, o BTC não teve força suficiente para superar níveis de preço considerados chave.

“A gente atingiu a resistência que coincide com a média semanal de 200 semanas, bem perto da média exponencial de oito semanas, além de coincidir com a resistência diária no gráfico de bandas de liquidez – e que ainda é a resistência de três dias do ponto de queda”, comentou o trader e investidor Vinícius Terranova em participação ontem no Cripto+.

Para o especialista, porém, os indicadores seguem mostrando sinais mistos. “Houve uma rejeição do ponto atual, mas eu não acho necessariamente que vamos cair. Ainda estamos dentro de uma bandeira de baixa (padrão técnico negativo), mas o Bitcoin está fazendo mínimas e máximas (diárias) mais altas, o que tende a demonstrar um movimento de subida de mercado”.

O consenso entre analistas é de que o Bitcoin pode até subir no curto prazo, mas ainda é cedo demais para decretar que o período de baixa terminou de vez.

“Estou otimista no curto prazo de uma a duas semanas, mas, depois disso, é preciso ser cauteloso porque ainda tem muitos elementos negativos vindos do lado macroeconômico”, avalia Hassan Bassiri, vice-presidente de gestão de portfólio da Arca. “E ainda não tem capital novo fluindo para o setor”.

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 21.895,16-1,5%
Ethereum (ETH)US$ 1.531,12+3,6%
Binance Coin (BNB)US$ 260,08-0,2%
XRP (XRP)US$ 0,357342-1,8%
Cardano (ADA)US$ 0,482260+1,1%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Fantom (FTM)US$ 0,326476+14,6%
Near (NEAR)US$ 4,36+10,2%
Ethereum Classic (ETC)US$ 24,75+8,3%
Curve DAO (CRV)US$ 1,27+8%
Flow (FLOW)US$ 1,81+7,2%

As criptomoedas com as maiores quedas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Lido DAO (LDO)US$ 1,47-11,8%
Elrond (EGLD)US$ 58,55-6,9%
Arweave (AR)US$ 15,80-6,8%
Theta Fuel (TFUEL)US$ 0,061108-5,7%
ApeCoin (APE)US$ 5,76-5,2%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 20,40+4,61%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 27,61+0,5%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 23,30+15,74%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 24,73+7,89%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 21,76+6,77%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 7,30+0,68%
QR Ether (QETH11)R$ 5,70+14,45%
QR DeFi (QDFI11)R$ 4,59+4,79%
Cripto20 EMPCI (CRPT11)R$ 5,75+7,67%
Investo NFTSCI (NFTS11)R$ 31,20+15,34%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta terça-feira (19):

Derivativos sinalizam força do Ethereum pela primeira vez em 6 meses

O mercado de opções do Ethereum (ETH) virou para o lado positivo na segunda-feira (18), mostrando um viés de força do token ETH pela primeira vez em mais de seis meses.

A distorção entre as opções de venda (puts) e de compra (call) com vencimento de seis meses, que mede o custo das puts (apostas de baixa) em relação aos calls (apostas de alta), caiu abaixo de zero, para -4%, o valor mais baixo desde 3 de janeiro, segundo dados compilados pela plataforma de análise Skew.

A virada negativa indica que o prêmio pago pelos compradores de call em troca de proteção contra movimentos de alta ao longo de seis meses agora é maior do que o custo pago pelos compradores de opções que fornecem um “seguro” contra movimentos de baixa.

Dubai anuncia plano para atrair empresas de metaverso

Dubai, a cidade mais populosa dos Emirados Árabes Unidos, quer se tornar uma das 10 principais economias do metaverso do mundo.

Um plano apelidado de “Dubai Metaverse Strategy” foi apresentado ontem com o objetivo de atrair mais de 1.000 empresas de blockchain e metaverso para a cidade, além de apoiar mais de 40.000 empregos virtuais até 2030.

“Isso impulsionará ainda mais a economia de Dubai, apoiando a visão do governo dos Emirados Árabes Unidos de aumentar o número de empresas de blockchain em cinco vezes o número atual”, afirmou um anúncio publicado na agência de notícias oficial do país.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe