Criptoativos

Atualização do Bitcoin, novo ETF negado e mais assuntos que vão movimentar o mercado de criptos hoje

Mercado começa a semana no positivo, mas segue em patamar próximo ao de 7 dias atrás, conforme mercado segue otimista para o fim de ano

Por  Rodrigo Tolotti -

SÃO PAULO – O Bitcoin (BTC) segue com dificuldades de retomar suas máximas após a perda de força da semana passada e opera esta segunda-feira (15) pouco abaixo de US$ 66 mil, valor praticamente estável ao apresentado um semana atrás.

Neste domingo, a maior criptomoeda do mundo passou por uma grande atualização, batizada de Taproot, prometendo melhorias de custo, privacidade e na funcionalidade de smart contracts (contratos inteligentes), softwares que rodam na blockchain e são executados segundo certas condições pré-programadas.

Várias melhorias possibilitadas pela atualização ainda dependerão de trabalho extra dos desenvolvedores do Bitcoin, mas animam entusiastas que miram no longo prazo, que se mantêm otimistas para a possibilidade da moeda digital superar logo os US$ 70 mil, com chances de ganhos ainda mais fortes até o fim do ano.

O movimento positivo do Bitcoin contamina o resto do mercado, que apesar de seguir em nível próximo ao do início da semana passada, registra alta na manhã desta segunda, com ativos como Ethereum (ETH), Cardano (ADA) e XRP (XRP) subindo mais de 2%.

Entre as maiores altas do dia, destaque para a WAX (WAXP), com ganhos de cerca de 30%. Lançada em 2017, a plataforma estava caminhando para o fracasso até conseguir uma forte reviravolta esse ano com a febre dos tokens não-fungíveis (NFTs), com a empresa conseguindo parcerias importantes como a Major League Baseball (MLB), liga profissional de beisebol dos EUA, e nomes de entretenimento como Capcom, Atari e Funko.

Na noite de domingo (14), a WAX anunciou sua nova coleção de NFTs em parceria com a Hot Wheels, famosa marca de carrinhos de brinquedo. O lançamento ocorre nesta terça.

Também com altas de dois dígitos, destaque para a Crypto.com Coin (CRO) e Ankr (ANKR), enquanto a Litecoin segue chamando atenção entre as criptos com maior valor de mercado, subindo cerca de 8% nesta manhã.

Do lado negativo, são poucas as quedas mais expressivas, chamando maior atenção os recuos da IoTeX (IOTX), próximo de 9%, além da Kadena (KDA), Helium (HNT) e Loopring (LRC), com perdas acima de 5%.

Apesar disso, vale destacar que os quatro ativos tiveram fortes valorizações na semana passada, sendo que os tokens IOTX e LRC ainda acumulam ganhos de cerca de 100% nos últimos sete dias.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h40:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 65.901,97+2,34%
Ethereum (ETH)US$ 4.731,26+2,70%
Binance Coin (BNB)US$ 647,28+0,85%
Solana (SOL)US$ 242,20+2,43%
Cardano (ADA)US$ 2,09+2,20%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
WAX (WAXP)US$ 0,8201+29,90%
Crypto.com Coin (CRO)US$ 0,4757+17,18%
Ankr (ANKR)US$ 0,1468+18,95%
UMA (UMA)US$ 18,79+12,55%
Telcoin (TEL)US$ 0,02198+12,04%

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
IoTeX (IOTX)US$ 0,2124-8,81%
Kadena (KDA)US$ 21,57-7,17%
Helium (HNT)US$ 50,52-6,81%
Loopring (LRC)US$ 2,98-5,20%
Arweave (AR)US$ 69,17-4,09%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 66,40+1,68%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 84,40-0,12%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 76,98+1,02%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 22,30-0,76%
QR Ether (QETH11)R$ 18,60-1,38%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta segunda-feira (15):

SEC rejeita ETF à vista de Bitcoin

A Securities and Exchange Comission (SEC), órgão equivalente à CVM nos Estados Unidos, rejeitou o pedido da gestora de fundos VanEck para aprovação de um ETF (fundo negociado em bolsa) à vista de Bitcoin. Com isso, segue a opção apenas de ETFs de futuros da criptomoeda operando nos EUA.

Em uma decisão de 51 páginas, a SEC disse que a operadora de bolsas CBOE Global Markets, que visava listar o ETF, não conseguiu provar que o mercado à vista de Bitcoin não estaria sujeito a manipulação ou fraude, e que poderia ser monitorado adequadamente com um acordo de compartilhamento de vigilância com a bolsa.

A VanEck foi uma das várias empresas de fundos que tentaram obter a aprovação para um ETF baseado à vista, após o recente sinal verde da SEC para dois ETFs de futuros de Bitcoin: o ProShares Bitcoin Strategy ETF (BITO) e o Valkyrie Bitcoin Strategy ETF (BTF).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A CBOE argumentou que seria inconsistente para a SEC aprovar ETFs baseados em futuros, mas negar um ETF Bitcoin à vista baseado no mesmo ativo.

A SEC rejeitou esse argumento, dizendo que os ETFs de futuros foram registrados sob uma lei diferente, o Investment Company Act de 1940.

Um ETF à vista enfrentaria obstáculos mais altos sob uma outra lei de 1934, em parte porque o mercado de futuros de bitcoin é regulamentado e pode ser monitorado, enquanto o mercado à vista para Bitcoin é globalizado, descentralizado e não regulamentado, tornando-o muito mais vulnerável à manipulação e muito mais difícil para vigilância.

Novo ETF de futuros de Bitcoin estreia nesta terça

Apesar da rejeição do ETF à vista de Bitcoin, a VanEck vai estrear nesta terça (16) seu ETF de futuros da critpomoeda, segundo comunicado da CBOE, entrando em operação após diversos atrasos desde a aprovação da SEC no final de outubro.

O CBOE disse que o novo VanEck Bitcoin Strategy Fund começará a ser negociado sob o símbolo “XBTF” com um leilão de nova emissão para abrir as negociações por volta das 11h30 (horário de Brasília).

Bitmain lança mineradora mais potente do mundo

A maior fabricante mundial de computadores de mineração de Bitcoin, Bitmain lançou oficialmente na sexta-feira (12) sua máquina mais poderosa.

O Antminer S19XP foi anunciado na World Digital Mining Summit em Dubai e promete ser 27% mais potente do que a S19 Pro, o atual carro-chefe da série S19, além de ser 27% mais eficiente em termos de consumo de energia.

A Bitmain começou a aceitar pedidos antecipados da máquina com um preço inicial de US$ 10.500 por unidade e estima que começará a entregar o primeiro lote no terceiro trimestre do ano que vem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A potência de computação da máquina é de 140 terahashes por segundo (TH/s), superando o modelo de 2020, S19 Pro, que oferece potência de 110 TH/s.

Empresa de Hong Kong quer lançar NFTs de K-pop

A desenvolvedora de jogos blockchain de Hong Kong Animoca Brands fez uma parceria com uma agência de de entretenimento coreana para lançar colecionáveis ​​digitais de artistas do K-pop, aproveitando a onde de sucesso das NFTs.

A Animoca anunciou nesta segunda um negócio com a Cube Entertainment, uma agência de talentos da Coréia do Sul por trás do grupo feminino (G)I-dle e da boy band BTOB, para lançar um novo empreendimento. A joint venture emitirá NFTs com base em músicas, álbuns, retratos e avatares dos artistas da Cube.

“O K-pop está conquistando o mundo”, disse Yat Siu, cofundador e presidente da Animoca, em um comunicado. “Aqui na Animoca Brands, mal podemos esperar para trabalhar com a Cube Entertainment e sua lista de artistas K-pop enquanto continuamos nossos esforços para tornar o ‘metaverso’ aberto uma realidade”.

CDB com 300% do CDI? XP antecipa Black Friday com rentabilidade diferenciada para novos clientes. Clique aqui para investir agora!

Compartilhe