Criptos hoje

Bitcoin sobe a US$ 30 mil e altcoins têm alta; LUNA dispara com plano de recuperação, mas volta a cair

Investidores cripto seguem cautelosos e recuperação dos preços ainda não tem muita força

Por  Rodrigo Tolotti, CoinDesk

O Bitcoin (BTC) segue lutando para se manter acima da faixa de US$ 30 mil nesta terça-feira (17), registrando valorização após chegar a cair na tarde de ontem.

Apesar do dia se iniciar positivo, o sinal de fraqueza mostrado desde a tarde de segunda com as altcoins mostra que ainda há pouco apetite por risco entre os investidores, indicando que a recuperação do mercado pode ainda não acontecer.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Os indicadores técnicos sugerem uma fraca recuperação do preço do Bitcoin, o que requer outro fechamento semanal acima de US$ 30 mil para incentivar a atividade de compra. Ainda assim, a recuperação pode perder força em torno de US$ 33 mil a US$ 35 mil devido a sinais de impulso negativo nos gráficos.

Enquanto isso, o CEO da Terraform Labs, Do Kwon, lançou um novo “plano de renascimento” para salvar a rede Terra (LUNA) após o colapso da semana passada. Kwon propôs um fork da Terra em uma nova rede sem a terraUSD (UST). O plano pode entrar em vigor se os detentores de token o aprovarem.

Nas últimas horas, a LUNA chegou a saltar mais de 20% com a proposta de seu criador, mas a valorização não se sustentou e ela voltou a cair. Nesta manhã, o token tem queda de 10% nas últimas 24 horas, negociando a US$ 0,0001915.

Durante a perda de paridade da UST na semana passada, “outras grandes stablecoins, como USDC, BUSD e DAI, tiveram um prêmio de 1% a 2% à medida que os investidores se moviam em direção a ativos que percebiam ter menos risco de contágio”, explicou a Glassnode em um post em seu blog. Isso sugere, por enquanto, que os riscos em torno da UST foram contidos.

Enquanto isso, a Arcane Research destaca que o volume negociado de criptos caiu no fim de semana passado, mas permanece elevado – quase o dobro dos níveis médios de volume registrados em abril.

Ainda assim, no mercado de futuros, o número total de contratos de derivativos em aberto na Bolsa de Chicago continua a diminuir em relação ao seu pico recente em 28 de março. Isso sugere que a recente liquidação saiu da atividade de negociação no mercado à vista, e não de traders alavancados no mercado de futuros, embora as liquidações tenham acelerado os movimentos de queda dos preços.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h10:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 30.613,41+3,35%
Ethereum (ETH)US$ 2.084,94+3,72%
Binance Coin (BNB)US$ 307,13+4,47%
XRP (XRP)US$ 0,432+3,53%
Cardano (ADA)US$ 0,5827+3,58%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Kadena (KDA)US$ 3,23+14,45%
Maker (MKR)US$ 1.678,26+12,55%
Algorand (ALGO)US$ 0,4951+11,43%
Stepn (GMT)US$ 1,58+10,97%
IOTA (MIOTA)US$ 0,3857+10,33%

As criptomoedas com as maiores quedas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
TerraUSD (UST)US$ 0,129-7,43%
Arweave (AR)US$ 16,18-4,98%
Unus Sed Leo (LEO)US$ 4,93-1,10%
Internet Computer (ICP)US$ 8,58-0,25%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 26,55-2,35%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 36,40+0,08%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 30,54-0,71%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 25,10+4,62%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 30,66+12,67%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 9,55+0,84%
QR Ether (QETH11)R$ 7,37-0,40%
QR DeFi (QDFI11)R$ 4,12-1,90%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta terça-feira (17):

BitMEX lança negociação de criptomoedas spot

A bolsa de futuros de criptomoedas mais antiga, BitMEX, introduziu uma série de produtos à vista (spot) em sua plataforma apenas três dias antes dos fundadores Arthur Hayes e Ben Delo serem julgados na corte dos Estados Unidos.

A BitMEX suportará sete pares de negociação spot, com Bitcoin, Ethereum (ETH), Chainlink (LINK), Uniswap (UNI), Polygon (MATIC), Axie Infinity (AXS) e ApeCoin (APE), todos sendo negociados contra Tether (USDT).

A exchange disse que distribuirá US$ 1 milhão em criptomoeda para usuários que fizerem negócios nos pares spot.

A plataforma foi lançada em 2014 e foi considerada a bolsa de derivativos líder de mercado por ser pioneira nos contratos de swap perpétuo, que são efetivamente contratos futuros sem vencimento que exigem menos margem e permitem maior alavancagem.

A popularidade do BitMEX diminuiu depois que Hayes e Delo foram acusados ​​pelas autoridades dos EUA em 2020 por facilitar negociações não registradas e outras violações. Ambos podem cumprir de seis a 12 meses de prisão após julgamento nesta sexta-feira.

Coinbase passa a permitir acesso a dapps

A Coinbase começará a permitir que um “pequeno conjunto” de seus usuários acesse aplicativos descentralizados baseados em Ethereum (dapps) diretamente do aplicativo Coinbase, de acordo com um anúncio da companhia.

Essa adição ajudará os usuários a comprar tokens não fungíveis (NFTs) em vários mercados, incluindo OpenSea e a própria plataforma NFT da Coinbase, além de negociar em bolsas descentralizadas, incluindo Uniswap e Sushiswap e tomar emprestado e emprestar por meio de plataformas DeFi, incluindo Curve e Compound.

Esses recursos serão alimentados pela nova carteira e navegador de dapp da Coinbase. A empresa disse que está lançando os novos serviços nos EUA, em aparelhos Android e para um subconjunto limitado de usuários, com planos de expandir para todos os usuários e plataformas em breve.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe