Bitcoin renova máxima do ano e mira nos US$ 40 mil

A capitalização da indústria cripto chegou a US$ 1,5 trilhão, algo que não era visto desde maio de 2022

Lucas Gabriel Marins

Corretora de criptomoedas Bitget

Publicidade

O Bitcoin (BTC) se recuperou da queda de ontem e atingiu seu maior preço do ano na manhã desta sexta-feira (1º), levando junto as demais criptomoedas. A capitalização da indústria cripto chegou a US$ 1,5 trilhão, patamar que não era visto desde maio de 2022, segundo o agregador CoinGecko.

Por volta das 7h de hoje, a criptomoeda encostou em US$ 38.804, superando o maior preço até então, de US$ 38.422, que havia sido alcançado na semana passada. Por volta das 8h, a cripto registrou leve recuo para R$ 38.607. O Ethereum (ETH), o XRP (XRP) e as principais altcoins também operam no campo positivo.

Houve várias tentativas de “consolidar uma posição acima de US$ 38 mil”, disse Tony Sycamore, analista de mercado da IG Australia Pty, para a Bloomberg. “Em todas as tentativas, o impulso para cima falhou. Dito isso, acho que há uma boa chance de o Bitcoin parecer acima de US$ 40 mil”.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A valorização, segundo analistas, se deve às expectativas com o corte nas taxas de juros do Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos Estados Unidos) no próximo ano. No início da semana, o diretor do Fed, Christopher Waller, disse estar encorajado pela recente desaceleração da atividade econômica do país, o que pode indicar que a política do banco central é suficientemente restritiva.

Além disso, há bastante otimismo em torno da aprovação dos primeiros ETFs (fundos de índices) à vista de Bitcoin dos EUA pela Comissão de Valores Mobiliários do país, a SEC. A Bloomberg Intelligence espera que um lote obtenha aval até janeiro de 2024. A chegada desses produtos, ainda segundo os especialistas, poderia atrair US$ 100 bilhões de capital de investidores institucionais e de varejo.

“Para chegar a US$ 40 mil, só precisamos da aprovação do ETF Bitcoin à vista”, disse Fiona Cincotta, analista sênior de mercados financeiros da City Index, para a Bloomberg.

Continua depois da publicidade

Investidores de longo prazo

Dados da plataforma Glassnode mostram que pouco mais de 37 mil unidades de BTC, no valor de US$ 1,4 bilhão, foram retirados das exchanges desde 17 de novembro, em um sinal de que os investidores estão assumindo a custódia direta de suas moedas.

Esse movimento representa um viés para uma estratégia de manutenção de longo prazo, segundo o portal especializado em criptomoedas CoinDesk. Além disso, indica um enfraquecimento da pressão do lado vendedor no mercado.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 8h:

Criptomoeda Preço Variação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC) US$ 38.607 +2,30%
Ethereum (ETH) US$ 2.094 +3,10%
BNB Chain (BNB) US$ 228 +0,30%
XRP (XRP) US$ 0,611745 +1,80%
Cardano (ADA) US$ 0,381173 +1,60%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

Criptomoeda Preço Variação nas últimas 24 horas
Bittensor (TAO) US$ 299 +13,60%
Celestia (TIA) US$ 6,95 +13,30%
Frax Share (FXS) US$ 7,77 +8,90%
Immutable (IMX) US$ 1,35 +7,70%
Internet Computer (ICP) US$ 4,81 +7,00%

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

Criptomoeda Preço Variação nas últimas 24 horas
IOTA (IOTA) US$ 0,227436 -5,90%
Theta Network (THETA) US$ 0,988440 -4,80%
Radix (XRD) US$ 0,053330 -3,30%
dYdX (ETHDYDX) US$ 3,17 -2,70%
KuCoin (KCS) US$ 8,03 -2,30%


Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETF Preço Variação
Hashdex NCI (HASH11) R$ 29,25 +1,24%
Hashdex BTCN (BITH11) R$ 43,58 +0,85%
Hashdex Ethereum (ETHE11) R$ 29,38 +0,92%
Hashdex DeFi (DEFI11) R$ 22,90 -2,54%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311) R$ 19,99 -0,05%
Hasdex Crypto Metaverse (META11) R$ 27,30 -1,37%
QR Bitcoin (QBTC11) R$ 11,60 0,00%
QR Ether (QETH11) R$ 7,18 +0,56%
QR DeFi (QDFI11) R$ 3,29 +0,92%
Cripto20 EMPCI (CRPT11) R$ 8,06 +0,87%
Investo NFTSCI (NFTS11) R$ 9,71 -0,2%
Investo BLOKCI (BLOK11) R$ 104,70 +0,52%

(Com informações da Bloomberg)

Lucas Gabriel Marins

Jornalista colaborador do InfoMoney