Bitcoin derrete 15% desde máxima de dois anos com aprovação de ETFs nos EUA

As principais criptomoedas operam mistas nesta segunda

Lucas Gabriel Marins

Publicidade

O Bitcoin (BTC) caiu por três dias consecutivos desde a sexta-feira (12), registrando sua pior sequência de quedas desde meados de dezembro, à medida que diminuiu o alarde em torno dos novos ETFs (fundos de índice) dos Estados Unidos com exposição direta à criptomoeda.

Na quarta-feira (10), a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) aprovou um lote de 11 ETFs, incluindo das titãs de investimento BlackRock e Fidelity Investments, bem como da gestora brasileira Hashdex.

Com a aprovação, o Bitcoin encostou em US$ 49 mil na semana passada, o maior preço em quase dois anos, mas desabou na sequência. Na noite de domingo (14), o ativo digital chegou a cair para US$ 41.725, uma queda de -15% em relação à máxima de 24 meses. Por volta das 8h desta segunda-feira (15), a moeda digital é negociada em baixa de -0,90%, a US$ 42.605.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Após rejeitar com bastante agressividade os US$ 49 mil, o BTC mostrou mais uma vez que a oferta vem sendo maior que a demanda. Acho pouco provável o topo do mês ser maior que US$ 50 mil”, disse Fernando Pereira, analista da corretora cripto Bitget.

O pico de preço e a queda acentuada são característicos do evento “buy the rumor, sell the news” ventilado por alguns analistas, escreveu Tony Sycamore, analista de mercado da IG Australia Pty, em nota. Ele vê uma possível queda para US$ 38 mil a US$ 40 mil com base nos sinais dos padrões gráficos do Bitcoin.

O evento “buy the rumor, sell the news” sugere que antes de um anúncio significativo, traders e investidores podem comprar ou acumular posições de um ativo, fazendo o valor subir – o BTC, por exemplo, valorizou cerca de 160% no ano passado, puxado principalmente pelo otimismo com o ETF.

Continua depois da publicidade

ETFs de Bitcoin

No primeiro dia após a aprovação dos ETFs, o volume de negociação ultrapassou os US$ 4,6 bilhões. O analista de ETFs da Bloomberg Intelligence, Eric Balchunas, disse no X (antigo Twitter) que os novos fundos de índice dos EUA alcançaram uma entrada líquida de US$ 819 milhões nos primeiros dois dias de negociação.

Isso incluiu US$ 500 milhões do iShares Bitcoin Trust (IBIT), da BlackRock, e US$ 422 milhões do Fidelity Wise Origin Bitcoin Fund (FBTC). O Grayscale Bitcoin Trust (GBTC), maior fundo cripto que foi convertido em ETF, registrou saídas de US$ 579 milhões, disse Balchunas.

Altcoins

As principais criptomoedas operam mistas nesta sexta. Enquanto o BNB Chain (BNB) sobe quase +3% no dia, a Cardano (ADA), o XRP (XRP) e o Ethereum (ETH) recuam nesta manhã.

Apesar da leve queda do Ether, a segunda maior criptomoeda em valor de mercado registra alta de +15% no acumulado de sete dias. O BTC, para efeito de comparação, caiu -2,5% no mesmo período.

O Ether emergiu como um dos maiores beneficiários da decisão dos reguladores dos EUA de aprovar os primeiros fundos de índice à vista do país. Os traders agora apostam que os ETFs spot da cripto são os próximos na fila para obter luz verde da SEC.

Assim como as altcoins, os índices futuros dos EUA operam mistos nesta segunda, feriado de Martin Luther King no país. Dow Jones Futuro (EUA) cai -0,13%, S&P 500 Futuro (EUA) recua -0,09% e Nasdaq Futuro (EUA) sobe +0,03%.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 8h:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 42.605-0,90%
Ethereum (ETH)US$ 2.526-0,90%
BNB Chain (BNB)US$ 314+2,90%
XRP (XRP)US$ 0,58+0,10%
Cardano (ADA)US$ 0,538-1,80%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Toncoin (TON)US$ 2,36+12,80%
Sui (SUI)US$ 1,43+8,00%
Aptos (APT)US$ 10,19+4,70%
Injective (INJ)US$ 39,43+4,00%
Tezos (XTZ)US$ 1,19+3,80%

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Optimism (OP)US$ 3,56-6,60%
Filecoin (FIL)US$ 5,90-5,20%
Bonk (BONK)US$ 0,00001402-4,90%
Internet Computer (ICP)US$ 13,19-4,90%
Bittensor (TAO)US$ 218,85-4,00%


Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 34,44-4,04%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 49,80-6,12%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 37,31+1,05%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 27,92+0,07%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 30,50-12,28%
Hasdex Crypto Metaverse (META11)R$ 32,33+4,15%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 32,83+1,54%
QR Ether (QETH11)R$ 9,27+0,76%
QR DeFi (QDFI11)R$ 3,70-1,33%
Cripto20 EMPCI (CRPT11)R$ 9,57-4,96%
Investo NFTSCI (NFTS11)R$ 11,40-2,56%
Investo BLOKCI (BLOK11)R$ 152,93-2,35%

(Com informações da Bloomberg)

Lucas Gabriel Marins

Jornalista colaborador do InfoMoney