Bitcoin continua trajetória de alta e ultrapassa patamar de US$ 47 mil

As principais altcoins também sobem na tarde desta sexta-feira

Lucas Gabriel Marins

(Getty Images)

Publicidade

O Bitcoin (BTC) manteve o pé no acelerador e ultrapassou os US$ 47 mil na tarde desta sexta-feira (9), puxado por novas entradas nos ETFs (fundos de índice) à vista da criptomoeda dos Estados Unidos e pelo otimismo com o halving – evento que reduz pela metade a emissão do ativo digital.

A maior criptomoeda do mercado, que abriu a manhã em alta, chegou a encostar em US$ 47.699, para na sequência estacionar em US$ 47.400 por volta das 13h15, com alta +4,00% no dia. Em 2024, a cripto entrega ganhos de 10%. As demais altcoins também são negociadas no campo positivo nesta manhã.

De acordo com analistas, parte da valorização se deve à diminuição dos resgastes no GBTC, um fundo fechado transformado em ETF que registrou cerca de US$ 6 bilhões de saídas desde 11 de janeiro, quando o regulador do EUA deu aval para esse tipo de produto. De lá para cá, o BTC caiu ao assumir um comportamento de buy the rumor, sell the news” (compre no boato, venda no fato).

Além de as retiradas no GBTC terem caído, os outros ETFs aprovados no país atraíram US$ 8 bilhões de entradas.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“O Bitcoin parece pronto para retomar sua marcha ascendente depois que as saídas da Grayscale finalmente diminuíram”, disse Caroline Mauron, cofundadora do provedor de liquidez de derivativos de ativos digitais Orbit Markets, para a Bloomberg.

Investidores de longo prazo

Parte da retomada da cripto também é creditada às “baleias” (investidores com grande quantidade de cripto), que começaram a acumular BTC e tiraram a criptomoeda do marasmo.

Fernando Pereira, analista da corretora Bitget, disse que esse movimento sinaliza uma fase de crença de mercado que “antecede o bull run (corrida de touros), um período de euforia em que o preço dispara”.

Continua depois da publicidade

No curto prazo, segundo nota divulgada pela casa de análise 10X Research na quinta-feira (8), o Bitcoin pode subir até US$ 48 mil.

Halving

Outro catalisador da criptomoeda é o halving, o evento quadrienal que reduz pela metade a quantidade de Bitcoin que os mineradores recebem para “trabalhar” na blockchain.

Cortar a emissão é a chave para limitar o fornecimento total do Bitcoin em 21 milhões – atualmente, 19,6 milhões de unidades estão em circulação. As recompensas por novos tokens minerados vão cair de 6,25 moedas por bloco para 3,125.

Historicamente, os meses anteriores ao halving “precedem fortes corridas de alta”, escreveu em nota a equipe do DBS Bank.

“Há uma razão econômica simples pela qual os preços deveriam subir. À medida que a recompensa pela mineração diminui, o preço da produção (nomeadamente o Bitcoin) deve aumentar para compensar e não desencadear uma retirada de recursos computacionais pelos mineradores”.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 13h15:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 47.400+4,60%
Ethereum (ETH)US$ 2.498+2,10%
BNB Chain (BNB)US$ 322+1,30%
Solana (SOL)US$ 106+1,50%
XRP (XRP)US$ 0,5227+1,20%

Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bonk BONKUS$ 0,00001231+16,80%
THORChain RUNEUS$ 5,40+13,90%
Bittensor (TAO)US$ 485,78+9,00%
Sui (SUI)US$ 1,67+8,00%
Fantom (FTM)US$ 0,3998+7,40%

Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Ronin (RON)US$ 2,54-3,20%
Celestia (TIA)US$ 19,85-3,10%
Monero (XMR)US$ 121,49-2,60%
Dymension (DYM)US$ 7,20-1,80%
Flare (FLR)US$ 0,02987-1,30%

Fonte: CoinGecko

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 35,48+2,36%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 52,88+3,28%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 35,80-0,33%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 25,62+1,38%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 28,06+3,92%
Hasdex Crypto Metaverse (META11)R$ 29,84+1,14%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 14,09+3,60%
QR Ether (QETH11)R$ 8,65+1,05%
QR DeFi (QDFI11)R$ 3,55-0,83%
Cripto20 EMPCI (CRPT11)R$ 9,89+2,91%
Investo NFTSCI (NFTS11)R$ 10,38+0,48%
Investo BLOKCI (BLOK11)R$ 149,00+3,95%

(Com Bloomberg)

Lucas Gabriel Marins

Jornalista colaborador do InfoMoney