Propaganda enganosa?

Após McPicanha sem picanha, Burger King confirma que Whooper Costela não tem costela

Empresa diz que ‘sempre comunicou com clareza’ que hambúrguer é de paleta suína e tem ‘aroma de costela 100% natural’

Por  Equipe InfoMoney -

Dias após o McDonald’s (MCDC34) confirmar que o McPicanha não tinha hambúrguer de picanha (e parar de vender o sanduíche diante da repercussão negativa), o Burger King (BKBR3) admitiu nesta segunda-feira (2) que o seu Whooper Costela não tem costela.

O Burger King confirmou em nota ao InfoMoney que o hambúrguer do Whooper Costela é feito com paleta suína, não com costela, e afirmou que o sanduíche “leva em sua composição aroma de costela 100% natural sem qualquer ingrediente artificial”.

Disse também que “a transparência para com os nossos clientes é um valor fundamental e inegociável para o Burger King” e que “sempre trouxe com clareza em sua comunicação e em todos os materiais e peças publicitárias, cardápios e materiais oficiais de marca a composição do hambúrguer presente no sanduiche — feito com carne de porco (paleta suina) e sabor de costela”.

As ações do Burger King caíam 2,69%, por volta das 14h, cotadas a R$ 6,13, em mais um dia de quedas generalizadas na Bolsa brasileira. No mesmo horário, o Ibovespa (principal índice de ações da B3) recuava 1,88%, aos 105.850 pontos.

A resposta do Burger King é similar à do seu principal concorrente, o McDonald’s, que afirmou que o hambúrguer do McPicanha era feito de “100% carne bovina, produzida com um blend de cortes selecionados”, e que a novidade do sanduíche era o “exclusivo molho sabor picanha”, “com aroma natural de picanha”.

Diante da repercussão da notícia (e após ser notificado pelo Ministério da Justiça e pelos Procons de São Paulo e do Distrito Federal), o McDonald’s decidiu parar de vender o McPicanha que não tinha picanha na carne. A companhia culpou sua própria comunicação sobre o novo sanduíche. “A marca lamenta que a comunicação criada sobre os novos produtos possa ter gerado dúvidas”.

Novos McPicanha (Foto: Divulgação/McDonald’s)

O que diz o Burger King

O Burger King afirmou em nota que “sempre comunicou com clareza” que o Whooper Costela não tinha costela em seu hambúrguer. “Desde o lançamento do produto [a empresa] sempre trouxe com clareza em sua comunicação e em todos os materiais e peças publicitárias, cardápios e materiais oficiais de marca a composição do hambúrguer presente no sanduiche”.

A rede de lanchonetes fast food disse que o hambúrguer é feito de paleta suína e “leva em sua composição aroma de costela 100% natural sem qualquer ingrediente artificial”. “Alinhado aos seus compromissos de sustentabilidade assumidos, o produto Whopper Costela é 100% livre de quaisquer corantes, conservantes e aromatizantes artificiais”.

Disse também que a transparência com os clientes “é um valor fundamental e inegociável para o Burger King” e que “a marca se mantém à disposição de seus clientes por meio de seus canais de contato para tirar dúvidas e prestar esclarecimentos sobre esse e quaisquer outros produtos de seu portfólio”.

Burger King admite que hambúrguer do Whooper Costela não é feito de costela, mas sim de paleta suína (Foto: Divulgação/Burger King)

Em sua resposta, o Burger King apresenta um vídeo sobre o lançamento do Whooper Costela ao falar sobre a “clareza em sua comunicação e em todos os materiais e peças publicitárias, cardápios e materiais oficiais de marca” em relação ao fato de o hambúrguer do sanduíche não ter costela.

Mas, na propaganda, um dos personagens fala “hambúrguer de costelinha, né?” e o apresentador diz durante o comercial “carne grelhada no fogo sabor costela suína” (veja abaixo).

Propagandas enganosas?

Ao notificar o McDonald’s, o Ministério da Justiça afirmou que a empresa pode ter adotado “possível prática de propaganda enganosa” em relação ao McPicanha, por “suspeita de vender hambúrguer sem o ingrediente principal”.

A Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), órgão ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, disse que “o McDonald’s deverá esclarecer se o sanduíche ‘Mc Picanha’ é produzido com esse tipo de corte bovino”.

A empresa tem 10 dias a partir da notificação da Senacon para enviar esclarecimentos. Segundo o ministério, a secretaria “analisa se o caso pode induzir os consumidores ao erro, pelo fato da empresa não ter sido transparente”.

“O McDonald’s deve esclarecer se o produto tem picanha em sua composição, a porcentagem e se ocorreu alteração no percentual do corte após divulgação da linha de hambúrgueres”, afirma a secretaria em nota.

“Na ausência, sendo o produto apenas ‘saborizado’, a empresa deve informar os ingredientes envolvidos na composição do hambúrguer e se de alguma forma o consumidor foi informado da falta de picanha”.

A Senacon também solicitou esclarecimentos ao Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), para saber “se outras entidades estavam cientes da possibilidade de falsa propaganda por parte da rede de fast food”.

Veja abaixo o posicionamento completo do Burger King sobre o Whooper Costela:

“A transparência para com os nossos clientes é um valor fundamental e inegociável para o Burger King. Nesse sentido, em relação ao Whopper Costela, a rede ressalta que o produto, feito de paleta suína, leva em sua composição aroma de costela 100% natural sem qualquer ingrediente artificial. Além disso, reforça que desde o lançamento do produto sempre trouxe com clareza em sua comunicação e em todos os materiais e peças publicitárias, cardápios e materiais oficiais de marca a composição do hamburguer presente no sanduiche – feito com carne de porco (paleta suina) e sabor de costela. Veja vídeo publicitário abaixo:

A marca ainda reforça que alinhado aos seus compromissos de sustentabilidade assumidos o produto Whopper Costela é 100% livre de quaisquer corantes, conservantes e aromatizantes artificiais.

A marca se mantém à disposição de seus clientes por meio de seus canais de contato para tirar dúvidas e prestar esclarecimentos sobre esse e quaisquer outros produtos de seu portfólio.”

 

9 formas de transformar o seu Imposto de Renda em dinheiro: um eBook gratuito te mostra como – acesse aqui!

LEIA MAIS

Compartilhe