Blog InfoMoney

Investimento anjo

Em blogs / negocios-e-carreira / investimento-anjo

Guia de boas práticas para relacionamento empreendedor/investidor

O relacionamento entre empreendedores e investidores anjo é essencial para o sucesso do negócio. Aprenda quais são as boas práticas para manter o mesmo sempre saudável.

A relação entre investidores e empreendedores tem sido o tema de diversos artigos, eventos e palestras nos últimos anos, principalmente após o crescimento no número de startup no Brasil. A confiança adquirida para que se fosse possível receber o aporte, também faz com que a necessidade desse relacionamento fique em evidência.

Como em qualquer outro relacionamento, investidores e empreendedores podem ter dificuldades iniciais para conseguir entrar em sintonia. Em geral, essas duas pontas do processo,devido aos seus perfis empresariais distintos, costumam ser convictos de suas ideias, fazendo com que conflitos, mesmo que saudáveis, não sejam tão incomuns assim. Manter uma boa relação muitas vezes é apenas uma questão de prática. Abaixo iremos abordar o papel de cada uma das partes e como manter o equilíbrio em prol do sucesso da empresa. Confira:

O papel do investidor

Muitos investidores são empresários de sucesso que conseguiram transformar suas startups em negócios escaláveis e agora colhem os lucros de anos de trabalho duro. Isso significa que eles aprenderam na prática e estão preparados para ajudar novos empreendedores, principalmente aqueles que eles investiram.

A grande questão é que, devido a esta vasta experiência, muitos investidores acabam opinando no dia a dia da empresa, querendo fazer com que ela tome o rumo que eles julgam ser o melhor. Não haveria nada de errado nisso se do outro lado não houvesse um empreendedor ansiado em demonstrar seu valor e seu trabalho. É neste ponto que os problemas de relacionamento começam.

Todo investidor, principalmente aqueles que começaram agora, precisam entender que seu papel numa startup é o de participar de decisões estratégicas e não querer gerir o negócio. É claro que ele pode tomar decisões mais ousadas caso as coisas estejam dando errado, mas sempre com o acompanhamento dos fundadores da empresa.

O papel do empreendedor

Já o empreendedor tem nele a convicção de que criou o produto ou serviço perfeito para um grande mercado, que está disposto a pagar o que for necessário pela solução ofertada. A verdade é que muitas startups falham engolidas pelo ego dos seus criadores.

O papel do empreendedor é de gerir a empresa, medir seus resultados e tomar decisões, mas também é o de manter o investidor informado sobre o desempenho do negócio, abrindo oportunidade para que ele dê sua opinião e discuta o melhor caminho. Ainda que o empreendedor acredite ter a solução para tudo, grande parte do sucesso do relacionamento dele com o investidor parte de uma postura humilde, de aprendizado.

Como manter o equilíbrio no relacionamento entre empreendedores e investidores

O equilíbrio nessa relação é quase como descobrir o modelo de negócios da sua startup: requer prática, testes, validações e, sobretudo, muito diálogo entre os agentes envolvidos. O mais importante nisso tudo é perceber que tanto investidores quanto empreendedores trabalham em busca do sucesso da empresa. Mesmo as discussões ou divergências de pensamentos, muitas vezes, são em prol deste resultado.

Encontrar o equilíbrio na relação entre investidor e empreendedor é um passo que demonstra a maturidade de ambos. O primeiro por entender que a partir de agora ele não comanda diretamente uma startup, mas a orienta. Já em relação ao segundo, cabe perceber que, acima de tudo, ele é um aprendiz. Por isso, saber ouvir e argumentar decisões contrárias é fundamental.

Como é sua relação com os empreendedores das startups que investe? E você, empreendedor, como se relaciona com os seus investidores? Aproveite a sessão de comentários abaixo para deixar suas experiências e dicas em prol de um bom relacionamento.

Importante: As opiniões contidas neste texto são do autor do blog e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney.

 

perfil do autor

InfoMoney Blogs

Cassio Spina

Quer dicas exclusivas?

Preencha os campos abaixo e receba dicas e conteúdos exclusivos do blog Investimento anjo

Contato