Coffee & Stocks

Para a Ibiuna, o segredo está no hedge

Rodrigo Azevedo, da Ibiuna Investimentos, contou o que tem feito para conseguir uma performance de 11% no ano até aqui

Fundo Macro da Ibiuna Rodrigo Azevedo, sócio da gestora Ibiuna
(Divulgação)
Aprenda a investir na bolsa

Se no Coffee & Stocks de ontem ouvimos um gestor que começou mal o ano e mesmo assim conseguiu reverter o cenário, hoje falamos com um que começou 2020 voando, e por isso teve a tranquilidade necessária e a cabeça no lugar para tomar decisões com mais calma.

O convidado desta quarta-feira foi Rodrigo Azevedo, um dos fundadores da Ibiuna Investimentos. Antes de fundar a gestora, Azevedo fez mestrado e doutorado em economia, trabalhou na área de análise do Banco Garantia, atuou três anos como Diretor de Política Monetária do Banco Central e ainda foi sócio da JGP.

Azevedo contou como o Ibiuna Hedge STH alcançou o desempenho de 11% neste primeiro semestre e ainda abriu a carteira do fundo para os quase mil espectadores simultâneos que o assistiam.

O nome “Hedge” não nega a estratégia

Aprenda a investir na bolsa

“Começamos o ano com a cabeça construtiva e acreditando que o Brasil voltaria a crescer, mas estávamos preocupados com o valuation das bolsas. Em paralelo a isso, montamos um hedge para a carteira aplicado em Treasuries americanos (títulos do tesouro americano) de dez anos [posição que lucraria caso suas taxas de 10 anos recuassem]. Quando as notícias sobre o coronavírus na Europa começaram a sair, reduzimos a parte de ações brasileiras e ficamos só com o hedge. E isso funcionou muito bem”, contou.

Quem escutou Mário Torós, fundador da Ibiuna ao lado de Azevedo, no episódio 41 do Stock Pickers, gravado no início deste ano, viu que a gestora estava preocupada com o coronavírus e com o nível de preços dos ativos naquela época. Escute o episódio clicando aqui.

A proteção feita na carteira do Ibiuna Hedge fez com que o fundo subisse mais de 3% em março – mês em que a maioria das cotas de fundos ficaram negativas -, dando a tranquilidade necessária para o time tomar decisões com a cabeça no lugar. “Quando o cenário previsto dá errado, você questiona sua capacidade de antecipá-los. A tranquilidade para olhar cenários só acontece quando os seus investidores também estão tranquilos. Ter cabeça tranquila é essencial.”

A avaliação correta do cenário fez com que o fundo não comprasse bolsa após o feriado de Carnaval. Naquele momento, muitos viram oportunidade de compra, mas Azevedo só montou novas posições em em março, aproveitando a entrada massiva dos Bancos Centrais nas economias desenvolvidas.

Carteira

Azevedo acredita que os dados econômicos no mundo todo podem continuar surpreendendo positivamente e por isso tem posições otimistas para ativos de risco. O Ibiuna Hedge STH está comprado em ações globais (Ásia, Europa e EUA), ações brasileiras via índice, NTN-Bs (títulos públicos indexados à inflação) para o caso de a inflação avançar com mais força. Está “short” em dólar apostando na queda da moeda perante uma cesta de outras) e aplicado em juros no México por acreditar que a taxa de juros ainda deve cair por lá.

Confira a Live completa clicando na imagem abaixo.

PUBLICIDADE

O Coffee & Stocks é transmitido todo dia útil ao vivo às 7:15 da manhã no Instagram do Stock Pickers. Ele é apresentado pelo co-criador do Stock Pickers, Thiago Salomão