“Verdadeiramente histórica”, diz secretária do Tesouro dos EUA sobre reforma tributária

Janet Yellen afirma que reforma tributária, aprovada pelo Congresso Nacional no fim do ano passado, vai "facilitar os negócios, inclusive para empresas americanas que têm vontade de investir”

Equipe InfoMoney

Janet Yellen, secretária do Tesouro dos Estados Unidos (Foto: Alex Wong/Getty Images)

Publicidade

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, elogiou nesta terça-feira (27) a reforma tributária aprovada pelo Congresso brasileiro no fim do ano passado. Segundo ela, a nova legislação deve atrair investimentos estrangeiros para o país.

“Eu parabenizo o ministro [da Fazenda, Fernando] Haddad por conseguir uma reforma tributária verdadeiramente histórica. Ela irá facilitar os negócios aqui, inclusive para empresas americanas que têm vontade de investir”, disse Yellen.

A secretária do Tesouro americano participou de um evento organizado pela Câmara Americana de Comércio para o Brasil (Amcham), que faz parte da programação paralela ao encontro do G20, em São Paulo.

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

Leia também:

Segundo Yellen, a simplificação do sistema de recolhimento de tributos é “uma oportunidade imensa para o Brasil se integrar mais às cadeias globais de valor, e os Estados Unidos serão um grande parceiro do Brasil nesse esforço”.

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) espera enviar em março ao Congresso Nacional os projetos de lei que regulamentarão a reforma tributária.

Continua depois da publicidade

Amazônia é trunfo do Brasil

Para Janet Yellen, o Brasil também deve ser beneficiado pelo debate global em torno da redução das emissões de gases de efeito estufa e os impactos das mudanças climáticas.

“O Brasil está particularmente bem posicionado para se beneficiar da transição global para uma economia de carbono neutro. Vocês têm a vantagem de uma matriz energética que já é muito baseada em fontes renováveis, que será um dos principais ativos, enquanto as economias em todo o mundo aumentam cada vez mais os custos do carbono na produção”, observou a secretária do Tesouro dos EUA.

Para Yellen, a Floresta Amazônica tem um papel central nesse novo modelo de desenvolvimento. “Vocês têm também o sumidouro de carbono de importância vital da bacia amazônica. Existem, de fato, oportunidades significativas para o setor privado, incluindo empresas americanas, através da economia verde brasileira, além de avançar na transição para energias limpas, de investir na produção de alimentos de base vegetal e na indústria de cosméticos”, concluiu.

(Com Agência Brasil)

Newsletter

Infomorning

Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.