Tendência de queda na taxa de juros beneficia população de baixa renda

Diretor de Assuntos Internacionais do BC diz que taxa de juros gera benefício redistributivo, ao trazer inflação para baixo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As baixas taxas de juros beneficiam a população de baixa renda. A afirmação é do novo diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central, Carlos Hamilton Vasconcelos de Araújo.

O executivo declarou nesta terça-feira (23), na Comissão de Assuntos Internacionais do Senado, que a queda nos juros é uma tendência.

“Sobre a taxa de juros, acho que a estabilidade de preços no Brasil beneficia essencialmente as camadas mais pobres da sociedade. Trazendo a inflação para baixo, por si só, a taxa de juros já traz um benefício redistributivo”, afirmou.

Araújo afirma que a atual taxa de juros criou condições para melhorar principalmente a elevação do emprego. “Na medida que a estabilidade econômica persistir, os ganhos redistributivos vão se elevar”, declarou, segundo informações da Agência Brasil.

Aprenda a investir na bolsa

Brasil estável
Ele disse ainda que as medidas de estabilidade adotadas pelo Brasil permitiram que o País mostrasse resistência e capacidade de reação na recente crise financeira internacional. Entre essas medidas, Araújo destaca o regime de metas para a redução da inflação, regime de câmbio flutuante e uma política fiscal compatível com a sustentabilidade das contas do setor público.

O novo diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central prometeu contribuir com o processo de estabilidade macroeconômica e em ações que visem ao aperfeiçoamento do mercado de câmbio.