RADAR INFOMONEY Aposta em alta de ações da Suzano, Bolsa cai com temor na Europa e a "nova CPMF"; assista ao programa desta sexta

Aposta em alta de ações da Suzano, Bolsa cai com temor na Europa e a "nova CPMF"; assista ao programa desta sexta

Informações específicas às empresas facilitam a vida do mutuário

Nova ferramenta do Ibope permite a incorporadoras e construtoras identificarem a demanda do mercado por região

SÃO PAULO – O mutuário poderá ter acesso a serviços mais ágeis e específicos por parte das construtoras e incorporadoras a partir de julho. O Ibope colocou a serviço das empresas que trabalham no mercado imobiliário uma nova ferramenta que permitirá a elas conhecer com precisão as demandas do mercado.

O serviço Tendências Imobiliárias oferece às empresas informações sobre os critérios de escolha de imóveis utilizados pelo consumidor, as características físicas e estruturais dos imóveis desejados, as regiões mais procuradas, a forma de pagamento pretendida e as fontes de informação mais utilizadas para a compra.

A base de dados corresponde a uma pesquisa contendo entrevistas com mais de 4.500 pessoas interessadas em adquirir imóveis em São Paulo e no Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE

Segundo Marcelo Coutinho, Diretor de Análises de Mercado do Ibope Inteligência, como o serviço capta as opiniões de consumidores e as coloca à disposição de empresas, a tendência é que haja uma maior adequação do produto à demanda. E a previsão de demanda mais exata permite oferecer um serviço mais preciso, que vá de encontro à necessidade do mutuário de uma determinada região.

Aumento da demanda

Segundo dados do Ibope, 11% dos habitantes das principais regiões do país planejam adquirir um imóvel no curto prazo, e a classe C representa quase a metade desse grupo. A maior procura reflete a estabilidade econômica do país e o desenvolvimento do setor imobiliário, que se consagra como um dos mais aquecidos da economia brasileira.

Fatores que influenciam a maior demanda envolvem, por exemplo, a expansão do prazo máximo de financiamento para 30 anos, além do crescimento do volume de crédito destinado ao financiamento imobiliário.

Vale o investimento

Para o assessor do Ibope Inteligência, Sergio Rego Monteiro, “o elevado grau de recursos movimentados pelo setor de construção civil justifica o investimento em um levantamento de informações mais qualificado, como este proposto pelo Ibope Inteligência”.

Entretanto, apesar do bom momento, a euforia do mercado pode trazer conseqüências negativas para o setor. Existem casos recentes de empreendimentos cujos resultados no pré-venda não correspondem ao esperado, resultando no cancelamento destes. Situações como essas poderão ser evitadas a partir dos diagnósticos prévios que o estudo do Ibope passa a oferecer ao segmento.