Mais uma saída

Gilberto Occhi deixa cargo de ministro da Integração Nacional após PP sair do governo

Ministro entregou sua carta de renúncia à presidente Dilma Rousseff na tarde desta quarta-feira

SÃO PAULO – O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, entregou sua carta de renúncia à presidente Dilma Rousseff na tarde desta quarta-feira (13), no dia seguinte ao desembarque do seu partido, o PP, do governo. As informações são do Estadão e do jornal Extra. 

Ontem, a bancada do PP decidiu apoiar o impeachment da presidente, deixando os cargos que o partido tem no governo à disposição. O anúncio foi feito menos de 24 horas depois da aprovação de parecer a favor da abertura do processo de impeachment contra a presidente na Comissão Especial do Impeachment.

“Nós, da bancada do PP na Câmara, após extensa reunião, decidimos primeiro pela unidade da bancada e deliberamos uma decisão que sei que é histórica mas que visa sobretudo a unidade partidária. Vamos sair daqui para o gabinete do presidente do partido para comunicar que a maioria absoluta deliberou pelo encaminhamento no plenário pelo voto sim ao Impeachment”, disse o líder do PP, deputado Aguinaldo Ribeiro (PB).

PUBLICIDADE

 

Especiais InfoMoney:

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; 5 novos papéis entraram no portfólio de abril

Trader que perdeu R$ 285.000 com Telebras conta como deu a volta por cima

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa