RADAR INFOMONEY Ações da Vale, Gerdau e Usiminas são vistas com otimismo por analistas antes de balanços; assista ao programa desta segunda

Ações da Vale, Gerdau e Usiminas são vistas com otimismo por analistas antes de balanços; assista ao programa desta segunda

Deputados terão R$ 1,2 bilhão a mais para emendas individuais em 2009

Apesar do acréscimo, de R$ 2 milhões para cada deputado, Delcídio Amaral afirma que não haverá aumento das despesas

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Na última quarta-feira (5) a CMO (Comissão Mista de Orçamento) aprovou um aumento de 25% no valor das emendas individuais dos parlamentares, a serem acrescentadas ao projeto orçamentário para o próximo ano.

A medida do deputado José Guimarães (PT) aumentará em R$ 2 milhões a verba dos deputados, passando dos R$ 8 milhões atuais para R$ 10 milhões. Segundo Guimarães, mesmo com o reajuste, não haverá despesas extras para os cofres públicos.

De acordo com o deputado petista, “como as emendas individuais são mais executadas do que as de bancada coletiva, vale a pena aumentar os valores”. O senador Delcídio Amaral arrumou logo uma explicação para o aumento, tentando fugir do desgaste político.

Aprenda a investir na bolsa

O fato de a medida não aumentar as despesas ocorre porque as emendas de bancada e de comissões deverão sofrer um corte na mesma proporção do aumento das emendas individuais dos congressistas, aumentando-as em um total de R$ 1,2 bilhão.