Eleições 2022

Com 44%, Lula mantém liderança na disputa pelo Planalto; Bolsonaro tem 32%, diz FSB Pesquisa

Em seguida, Ciro Gomes aparece com 9%, enquanto Simone Tebet tem 2%; André Janones e Felipe d’Ávila apontam 1% cada um

Por  Anderson Figo -

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém a liderança na disputa pelo Planalto, segundo levantamento do FSB Pesquisa encomendado pelo BTG e divulgado nesta segunda-feira (13).

O petista tem 44% das intenções de voto no cenário estimulado (quando o eleitor escolhe seu candidato entre opções apresentadas pelo pesquisador) para o primeiro turno — em maio, eram 46%. Já o presidente Jair Bolsonaro (PL) manteve os 32% registrados no mês passado.

Em seguida, Ciro Gomes (PDT) aparece com 9%, enquanto Simone Tebet (MDB) tem 2%. André Janones (Avante) e Felipe d’Ávila (Novo) apontam 1% cada um.

José Maria Eymael (Democracia Cristã), Vera Lúcia (PSTU), Sofia Manzano (PCB), Luciano Bivar (União Brasil), Leonardo Péricles (UP) e Pablo Marçal (PROS) não chegaram a atingir individualmente 1% das intenções de voto — juntos, somam 2%.

Os eleitores que disseram que não votariam em nenhum dos candidatos apresentados somaram 5%. Brancos e nulos foram 2% e não sabem ou não responderam foram também 2%.

O Instituto FSB Pesquisa ouviu, por telefone, 2.000 eleitores entre os dias 10 e 12 de junho. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

O índice de confiança é de 95%, o que significa que se a pesquisa fosse realizada 100 vezes, em 95 delas o resultado ficaria dentro da margem de erro. A pesquisa está registrada no TSE sob o número BR-03958/2022.

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea, quando o eleitor aponta seu candidato sem que nomes sejam apresentados pelo pesquisador, Lula tem 40% e Bolsonaro, 29%. Ciro aparece com 3% e Tebet, 1%.

Os demais candidatos somam 2%, enquanto 7% disseram que não votariam em nenhum e 4% de brancos e nulos. Não sabem ou não responderam foram 15%.

Bolsonaro manteve os mesmos 29% na pesquisa espontânea que foram registrados em maio. Já Lula caiu um ponto percentual, ainda dentro da margem de erro.

Segundo turno

No levantamento de segundo turno, Lula venceria Bolsonaro por 54% a 36%. O ex-presidente também venceria Ciro por 48% a 32%. Na disputa com Simone Tebet, o petista levaria a melhor por 55% a 25%.

Já Bolsonaro perderia para Ciro Gomes por 48% a 38%, e empataria contra Tebet com 40% cada um.

Entre os entrevistados, 59% disseram que não votariam em Bolsonaro de jeito nenhum, enquanto 44% disseram o mesmo sobre o ex-presidente Lula.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe