Brasileiros gastarão R$ 469 em materiais de construção este ano

Segundo pesquisa do Ibope Inteligência, este ano o comércio de materiais de construção deve movimentar R$ 76,43 bilhões

SÃO PAULO – O comércio de materiais de construção deve movimentar R$ 76,4 bilhões este ano, ou seja, cada brasileiro deve gastar R$ 469 com estes itens, conforme aponta pesquisa do Ibope Inteligência.

A região Sudeste deve ser responsável por 54,5% dos gastos com materiais de construção este ano, o que representa R$ 41,66 bilhões. Na região, o consumo per capita deve ser de R$ 552.

Em seguida, vem a região Sul, onde o consumo deve atingir R$ 13,14 bilhões (17,2% do total). Apesar do gasto ser menor que na região Sudeste, o consumo per capita será de R$ 559, como pode ser observado na tabela abaixo:

RegiãoPotencial de Consumo RepresentatividadeConsumo per Capita
NorteR$ 3,75 bilhões4,9%R$ 315/hab por ano
NordesteR$ 11,18 bilhões14,6%R$ 285/hab por ano
SudesteR$ 41,66 bilhões54,5%R$ 552/hab por ano
SulR$ 13,14 bilhões17,2%R$ 559/hab por ano
Centro-OesteR$ 6,70 bilhões8,8%R$ 526/hab por ano

PUBLICIDADE

Classes
O estudo ainda aponta que a classe B será responsável por 43,2% do consumo, o que totaliza R$ 32,98 bilhões. Segundo o estudo, mais de 11,8 milhões de domicílios são de classe B, representando 23,5% do total.

Já a classe C, cujo número de domicílios chega a 25,2 milhões (50,4% do total), será responsável por 33,1% do total movimentado este ano, o que corresponde a R$ 25,27 bilhões.

A classe A, por sua vez, soma 1,2 milhões de domicílios (2,5% do total) e representa 18,4% do consumo de materiais de construção, ou seja, R$ 14,10 bilhões. A classe DE, responsável por 23,6% dos domicílios (11,8 milhões) deve consumir este ano R$ 4,08 bilhões, o que corresponde a 5,3% do total.