83 milhões de eleitores vão votar para governador no 2º turno; PT lidera número de disputas

Outros 72,8 milhões já decidiram a disputa estadual no 1º turno; Novo, PL e PT comandarão o maior número de eleitores, e PT é o que mais pode crescer

Lucas Sampaio

Publicidade

Quase 83 milhões de eleitores vão voltar às urnas no dia 30 não só para escolher o próximo presidente do Brasil, mas também o próximo governador do seu estado, segundo levantamento do InfoMoney com base nos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O número é superior aos 72,8 milhões de eleitores que já decidiram quem vai governar a sua unidade da federação nos próximos 4 anos. Isso porque em 3 dos 5 maiores colégios eleitorais do Brasil (São Paulo, Bahia e Rio Grande do Sul) a disputa ainda está em aberto.

A eleição para governador já acabou no 1º turno em 14 estados e no Distrito Federal, mas em outros 12 haverá 2º turno também nas disputas estaduais. Os pleitos podem, inclusive, influenciar a disputa ao Palácio do Planalto  (veja mais abaixo).

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

O PT foi o partido mais vitorioso no 1º turno (3 estados), à frente de União Brasil, MDB e PP (2 conquistas cada um), e lidera também em número de disputas no segundo turno (4). Mas neste segundo quesito está empatado com União Brasil, PSDB e PL.

Assim, a sigla do ex-presidente Lula poderá chegar a 7 estados comandados se vencer todas as disputas. Na sequência aparecem o União Brasil (que pode controlar 6 estados) e o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro (que venceu apenas em 1 mas pode chegar a 5).

O PSDB e o MDB têm a possibilidade de chegar a 4 unidades da federação sob o seu comando (cada partido). Enquanto o MDB já venceu em 1 estado e no Distrito Federal e está em 2 mais disputas, o PSDB não venceu em nenhum no primeiro turno.

Continua depois da publicidade

Número de eleitores

Em número de eleitores conquistados, o PT é o 3º colocado. O partido venceu no Ceará, no Piauí e no Rio Grande do Norte (que juntos têm 11,9 milhões de eleitores), mas o Novo ganhou em Minas Gerais (2º maior colégio eleitoral do Brasil, com 16,3 milhões) e o PL, no Rio de Janeiro (3º maior, com 12,8 milhões).

O partido do ex-presidente Lula tenta ainda conquistar os governos de Bahia, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe, que concentram 53,1 milhões de eleitores (SP tem o maior colégio eleitoral do país, com 34,6 milhões de brasileiros aptos a votar, e a Bahia tem o 4º maior, com 11,3 milhões).

Caso o PT vença todas as disputas, comandará os governos estaduais de 65 milhões de eleitores (42% da população que vota no Brasil). Para isso, precisará virar a eleição em SC e SP, estados em que seus candidatos ficaram em 2º lugar no 1º turno.

O Republicanos venceu no Tocantins por enquanto (1,1 milhão de eleitores) e está em apenas mais 1 disputa, mas é o 2º partido com o maior potencial de eleitores. Isso porque enfrentará o PT no 2º turno em São Paulo e, se ganhar, chegará a 35,7 milhões de eleitores sob seu comando.

Já o PL de Bolsonaro pode conquistar 31 milhões de eleitores, pois já venceu no Rio e ainda disputa os governos de Espírito Santo, Rondônia, Santa Catarina (contra o PT) e Rio Grande do Sul (o 5º maior colégio eleitoral, com 8,6 milhões de eleitores).

O União Brasil, que já venceu em Goiás e Mato Grosso, pode conquistar ao todo 24,8 milhões de eleitores se levar também as disputas em Alagoas, Amazonas, Bahia (contra o PT) e Rondônia (contra o PL).

Já o PSDB é o 4º com maior potencial de eleitores, mesmo sem eleger nenhum governador por enquanto, pois vai disputar o 2º turno em Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco (7º maior colégio eleitoral, com 7 milhões de eleitores) e Rio Grande do Sul (contra o PL).

Veja abaixo todos os números:

Partidos que conquistaram mais eleitores no 1º turno:

Sigla Estados Nº de estados Nº de eleitores
1. Novo MG 1   16.290.870
2. PL RJ 1   12.827.296
3. PT CE, PI, RN 3   11.949.210
4. PSD PR 1     8.475.632
5. MDB DF, PA 2     8.285.357
6. União Brasil GO, MT 2     7.339.768
7. PSB MA 1     5.042.999
8. Republicanos TO 1     1.094.003
9. PP AC, RR 2        954.673
10. Solidariedade AP 1        550.687
Total   72.810.495

Partidos que podem conquistar maior número de eleitores no 2º turno:

Sigla Estados  Nº de estados Nº de eleitores
1. PT BA, SC, SE, SP 4 53.120.780
2. Republicanos SP 1 34.667.793
3. PSDB MS, PB, PE, RS 4 20.699.761
4. PL ES, RO, SC, RS 4 18.235.620
5. União Brasil AL, AM, BA, RO 4 17.495.919
6. Solidariedade PE 1 7.018.098
7. PSB ES, PB 2 6.013.190
8. MDB AL, AM 2 4.973.404
9. PRTB MS 1 1.996.510
10. PSD SE 1 1.671.801
 Total     82.946.438

Partidos que têm maior potencial de eleitores (1º e 2º turnos somados):

Sigla Vitórias no 1º turno Disputas no 2º turno Pode chegar a quantos estados? Nº de eleitores possíveis
1. PT 3 4 7   65.069.990
2. Republicanos 1 1 2   35.761.796
3. PL 1 4 5   31.062.916
4. União Brasil 2 4 6   24.835.687
5. PSDB 0 4 4   20.699.761
6. MDB 2 2 4   13.258.761
7. PSB 1 2 3   11.056.189
8. PSD 1 1 2   10.147.433
9. Solidariedade 1 1 2     7.568.785
10. PP 2 0 2        954.673

Disputa presidencial

As disputas estaduais no 2º turno podem inclusive influenciar a disputa nacional, entre o atual presidente da República e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Isso porque as campanhas serão mantidas nas ruas pelas próximas semanas, ajudando a engajar o eleitor a ir votar. Nos estados onde a eleição para governador foi definida no 1º turno, por outro lado, há uma desmobilização natural de apoiadores (e a abstenção pode aumentar).

Além disso, em alguns estados haverá um enfrentamento direto em candidatos apoiados por Bolsonaro e Lula, como São Paulo (Tarcísio de Freitas contra Fernando Haddad), Santa Catarina (Jorginho Mello contra Décio Lima) e Amazonas (Wilson Lima contra Eduardo Braga).

Maiores colégios eleitorais do Brasil:

Posição Estado Nº de eleitores Tem 2º turno? Quem ganhou/Quem disputa
1 SP       34.667.793 Sim Republicanos x PT
2 MG       16.290.870 Não Novo
3 RJ       12.827.296 Não PL
4 BA       11.291.528 Sim PT x União Brasil
5 RS         8.593.469 Sim PL x PSDB
6 PR         8.475.632 Não PSD
7 PE         7.018.098 Sim Solidariedade x PSDB
8 CE         6.820.673 Não PT
9 PA         6.082.312 Não MDB
10 SC         5.489.658 Sim PL x PT
11 MA         5.042.999 Não PSB
12 GO         4.870.354 Não União Brasil
13 PB         3.091.684 Sim PSB x PSDB
14 ES         2.921.506 Sim PSB x PL
15 AM         2.647.748 Sim União Brasil x MDB
16 PI         2.573.810 Não PT
17 RN         2.554.727 Não PT
18 MT         2.469.414 Não União Brasil
19 AL         2.325.656 Sim União Brasil x MDB
20 DF         2.203.045 Não MDB
21 MS         1.996.510 Sim PSDB x PRTB
22 SE         1.671.801 Sim PT x PSD
23 RO         1.230.987 Sim União Brasil x PL
24 TO         1.094.003 Não Republicanos
25 AC             588.433 Não PP
26 AP             550.687 Não Solidariedade
27 RR             366.240 Não PP

Lucas Sampaio

Jornalista com 12 anos de experiência nos principais grupos de comunicação do Brasil (TV Globo, Folha, Estadão e Grupo Abril), em diversas funções (editor, repórter, produtor e redator) e editorias (economia, internacional, tecnologia, política e cidades). Graduado pela UFSC com intercâmbio na Universidade Nova de Lisboa.