Renda fixa

Tesouro Direto: taxas operam mistas com pistas sobre inflação local e movimento dos Treasuries

Prefixados oferecem até 11,60%; taxas dos títulos atrelados ao IPCA recuam

Por  Bruna Furlani, Katherine Rivas -

As taxas dos títulos públicos operam mistas na tarde desta quinta-feira (7), enquanto prefixados avançam, títulos atrelados à inflação recuam.

O mercado busca pistas sobre o futuro da inflação em declarações de Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, que participou em evento da Legend Investimentos.

Cristiane Quartalori, economista do Banco Ourinvest, explica que as taxas de juros curtas chegaram a ceder durante o dia por conta do anúncio do governo do fim da bandeira escassez hídrica e a volta da bandeira verde na conta de luz. A medida, que vai ocorrer a partir do dia 16, deve levar também a uma desaceleração da inflação em maio.

Em relação as taxas de juros longas, o movimento é de alta acompanhando o avanço dos Treasuries – na expectativa de altas mais agressivas nos juros americanos. “O movimento impactou moedas emergentes e taxas de juros no Brasil”, cita.

O mercado monitora também a divulgação do IPCA nesta sexta-feira (8).

Dentro do Tesouro Direto, a maior alta era do título prefixado de curto prazo. O Tesouro Prefixado 2025 oferecia um retorno anual de 11,60%, superior aos 11,53% vistos ontem.

Enquanto o Tesouro Prefixado 2029 e o Tesouro Prefixado 2033, com juros semestrais, apresentavam uma rentabilidade anual de 11,51% e 11,57%, respectivamente, acima dos 11,46% e 11,51% da sessão anterior.

Nos títulos atrelados ao IPCA, o movimento era de queda nas taxas. A maior baixa era nas taxas do Tesouro IPCA+ 2035 e do Tesouro IPCA+ 2045, ambos ofereciam um retorno real de 5,42% na última atualização desta quinta-feira (7), inferior aos 5,46% registrados ontem.

Nos outros títulos atrelados à inflação, a queda nas taxas era entre 2 e 3 pontos-base.

O Tesouro IPCA+ 2026 apresentava estabilidade.

Confira os preços e as taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto que eram oferecidos na tarde desta quinta-feira (7): 

Campos Neto

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou durante evento promovido pela Legend Investimentos que o conflito entre Ucrânia e Rússia tem proporções muito maiores do que as inicialmente previstas

“O choque de oferta decorrente do conflito tem potencial para exacerbar as pressões inflacionárias que já vinham se acumulando”, explica o presidente do Banco Central.

“O conflito traz importantes implicações para a economia global, independente de seu desfecho”, afirma, destacando que a crise energética traz impactos de curto prazo, com aumento dos desafios para a tramitação para a economia verde; e de longo prazo, com redesenho das matrizes energéticas e dos sistemas de produção.

Ele também disse que choque das commodities com o atual cenário ou foi neutro ou foi positivo para a inflação brasileira.

“Tirando o petróleo, somando todos as outras commodities e colocando uma média, o preço em reais ou ficou parado ou caiu. A moeda apreciou mais do que a média das subidas das commodities em dólar. Então, esse choque em termos de inflação ou foi neutro ou foi positivo”, afirmou, olhando do começo do ano para cá.

Mas há o petróleo, que subiu “bem mais do que a moeda apreciou, daí sim há o choque negativo”, ressalvou. “Por outro lado, o Brasil produz muito dessas commodities e com maior eficiência”, promovendo uma compensação.

“Então, o efeito de inflação até agora foi mais pelo lado de combustíveis do que de alimentos e metais”, pontou.

Escassez hídrica e indicações para a Petrobras

Entre os destaques da cena local, estão o anúncio de que o governo federal antecipou para 16 de abril o fim da bandeira de escassez hídrica nas contas de energia elétrica, criada no ano passado. Antes da antecipação, a bandeira extraordinária iria permanecer até o fim de abril.

O governo estima que as contas de luz terão uma redução de cerca de 20% no preço com o fim da taxa extra, que paga o funcionamento de usinas termoelétricas (mais caras e mais poluentes). A medida deve levar também a uma desaceleração da inflação.

Com a confirmação, a XP, por exemplo, reduziu a projeção do IPCA de abril de 1,07% para 0,67%, enquanto elevou a de maio para +0,17%, antes era de -0,23%. A expectativa para o IPCA de 2022 permanece em 7,0%.

Após dias de suspense, o Ministério das Minas e Energia (MME) enviou ontem (6) ofício com a indicação de José Mauro Ferreira Coelho e Márcio Andrade Weber para assumirem, respectivamente, o comando da estatal e seu conselho.

Os nomes são considerados uma vitória de Bento Albuquerque, ministro de Minas e Energia, e abrem espaço para a manutenção da assembleia de acionistas, que precisa aprovar os nomes na próxima quarta-feira (13). Para analistas de mercado, as nomeações devem trazer alívio antes da reunião.

Calculadora de renda fixa
Baixe uma planilha gratuita que compara a rentabilidade dos seus investimentos de renda fixa:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe