Quais os FIIs de logística mais baratos do momento e o que esperar dos ‘queridinhos’ do mercado

Especialistas classificam o segmento como perene e enxergam oportunidades; mas análise vai além do desconto e do dividendo

Wellington Carvalho

Publicidade

O segmento de fundos imobiliários de logística se consolidou nos últimos anos como um dos mais resilientes do mercado e não demorou muito para ganhar o status de “queridinho dos investidores”.

Beneficiado pela expansão do comércio eletrônico, essa classe de ativo manteve a atratividade mesmo nos piores momentos da pandemia da Covid-19 – que prejudicou e muito fundos focados, por exemplo, em escritório e shopping.

Apesar do histórico, fundos de logística ainda negociam abaixo do valor patrimonial – espécie de preço justo das carteiras. Em média, esse tipo de FII oferece desconto de 6%, se considerado o P/VPA dos fundos (preço sobre valor patrimonial).

Oferta Exclusiva

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Quanto mais perto de 1 estiver o indicador, mais próximo o fundo estará do preço considerado justo. Acima deste nível a cota é negociada com ágio e, abaixo deste nível, com desconto.

No caso dos FIIs de logística, os descontos estão abaixo dos observados em outros segmentos – como o de lajes corporativas, que podem chegar a 24%. Algumas carteiras, porém, são negociadas com um P/VPA de 0,84, como é o caso do LOGCP Inter (LGCP11).

Confira a lista completa, que apresenta ainda a taxa de retorno com dividendos (dividend yield) dos fundos.

Continua depois da publicidade

Ticker Fundo P / VPA Dividend Yield – 12 meses (%)
HGLG11 CSHG Logística 1,07 8,99
GGRC11 GGR Covepi Renda 1,05 11,59
[TRBL11 Tellus Rio Bravo Renda Logística 1,04 11,10
XPLG11 XP Log 1,01 9,27
LVBI11 VBI Logístico 0,99 9,21
VTLT11 Votorantim Logística 0,98 11,40
VILG11 Vinci Logística 0,96 8,98
HSLG11 HSI Logística 0,91 10,07
LGCP11 LOGCP Inter 0,84 9,76

Fonte: Economatica – 18/07/2023

Os números tomam como base dados da Economatica, plataforma de informações financeiras, e consideram apenas os fundos de logística que fazem parte do Ifix – índice dos FIIs mais negociados na Bolsa.

Leia também:

Como escolher um FII de logística

Além do P/VPA e da taxa de retorno com dividendos, o investidor precisa fazer uma análise mais detalhada antes de escolher um fundo imobiliário de logística, sugere Matheus Canale, gestor da Vinci Partners.

Segundo ele, é preciso observar pontos como o perfil dos locatários do fundo, características dos contratos de locação – duração, carência e eventuais multas rescisórias – e, principalmente, a localização dos imóveis.

“O mercado logístico no Brasil está performando bem, mas sempre há regiões melhores do que outras”, aponta. “Por isso, é importante abrir os relatórios do fundo e verificar a qualidade dos imóveis (padrão construtivo), taxa de vacância e a localização destes ativos”, recomenda Canale.

Atualmente, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais representam os principais mercados para o segmento logístico. Pernambuco e Paraná aparecem na sequência e podem oferecer boas oportunidades, de acordo com Fernando Didziakas, sócio da Buildings, empresa especializada em informações sobre o mercado imobiliário.

Para o especialista, o investidor deve encarar o segmento logístico como algo perene, representando sempre uma boa oportunidade de investimento.

“Sempre haverá a necessidade de um centro de distribuição para armazenar as mercadorias de diversos setores”, pontua. “Com este olhar, o investidor tem um pouco mais de segurança para alocar recursos em um fundo logístico dada a importância dos imóveis que fazem parte daquele portfólio”, completa Didziakas.

Confira mais dicas e um panorama completo sobre os fundos imobiliários de logística na edição da última terça-feira (18) do Liga de FIIs. Produzido pelo InfoMoney, o programa vai ao ar todas as terças-feiras, às 19h, no canal do InfoMoney no Youtube. Você também pode rever todas as edições passadas.

Leia também:

Wellington Carvalho

Repórter de fundos imobiliários do InfoMoney. Acompanha as principais informações que influenciam no desempenho dos FIIs e do índice Ifix.