Após saída de sócio estrangeiro

Canepa Asset Brasil vai encerrar operações; único fundo terá gestão transferida

Criado em março de 2016, fundo multimercado deverá ter gestão assumida por Galt Capital

ações índices fundos investimentos bolsa alta gráficos
(Shutterstock)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Canepa Asset Brasil informou hoje que vai encerrar as operações até fevereiro. A decisão foi anunciada por meio de comunicado assinado por Alexandre Póvoa, presidente e sócio da gestora.

Fundada em setembro de 2012 a partir de uma parceria entre Póvoa e a empresa de investimentos global Canepa Management, a empresa tem hoje sob gestão um único fundo multimercado, o Canepa Macro FIC FIM.

Criado em março de 2016, o fundo tem patrimônio aproximado de R$ 192 milhões e rendeu 74,15% desde o início, ou 194% do CDI, de acordo com dados da Economatica. Em 2019, o multimercado rendeu 8,5%.

Matéria publicada pelo InfoMoney mostrou que, até setembro de 2019, o fundo da Canepa era um dos que mais perdiam cotistas em 2019.

Segundo Póvoa, a Canepa Management decidiu mudar sua política global e administrar os recursos diretamente de Nova York, retirando, portanto, o valor investido no fundo local.

“A maior parte do patrimônio do fundo era de ‘seed money’”, disse Póvoa, em referência ao valor detido até então pela Canepa Management no multimercado. Segundo o executivo, a mudança já estava sendo desenhada nos últimos dois anos, com decisões semelhantes adotadas pela Canepa em outros países.

No próximo dia 10 de janeiro (sexta-feira), será realizada assembleia para que seja discutida a transferência da gestão do fundo para a Galt Capital. “A Canepa Asset Brasil continuará ativa e operando normalmente seus portfólios até fevereiro de 2020, quando o processo de transferência de nosso fundo multimercado para outra gestora estará finalizado.”