Bitcoin recua às vésperas da inflação dos EUA

Algumas das principais altcoins, como Ethereum e BNB Chain, também operam em queda nesta manhã

Lucas Gabriel Marins

Representação física do criptoativo Bitcoin (Foto: Jonathan Borba / Pexels)

Publicidade

Após abrir a semana com leve alta, o Bitcoin (BTC) virou para queda às vésperas da divulgação do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) nos Estados Unidos, agendada para a quarta-feira (15).

Termômetro da inflação, o CPI é visto como uma prévia do que se pode esperar dos juros no país. Aumentos na taxa normalmente repercutem de forma negativa nas criptomoedas e nos demais ativos de risco.

“Se tiver um CPI mais alto (do que a expectativa), os mercados vão sentir e os juros vão subir. Em contrapartida, se o CPI vier mais baixo, vai consolidar um cenário de corte de juros”, disse Caio Megale, economista-chefe da XP, no Morning Call de ontem.

Continua depois da publicidade

De acordo com a ferramenta CME FedWatch, 91,10% dos traders de futuros acreditam que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) deve manter a taxa no patamar atual – de 5,25% a 5,50% ao ano – na próxima reunião, em junho.

Por volta das 7h50 desta terça-feira (14), o Bitcoin opera em queda de -1,90%, a US$ 61.617. No acumulado de sete dias, a maior cripto do mercado entrega perdas de -3,9%. No mês, o ativo digital recua -4%

Em material recente, a gestora de ativos digitais CoinShares disse que a maioria dos movimentos de preços do BTC observados durante a semana passada foram principalmente relacionados a fatores macroeconômicos. “Uma análise mais detalhada dos últimos 40 dias de negociação revela um maior alinhamento com as expectativas de taxas de juros para junho”.

Continua depois da publicidade

As principais altcoins operam mistas nesta manhã. Ethereum (ETH) e BNB Chain (BNB) caem, enquanto XRP (XRP) registra leve alta. Entre as criptos menores, os destaques são as memecoins Pepe (PEPE) e FLOKI (FLOKI), que valorizam +18,30% e +10,80%, respectivamente.

Além dos juros, investidores continuam acompanhando o fluxo de capital nos ETFs (fundos de índice) à vista de Bitcoin nos Estados Unidos, que costuma repercutir no preço das moedas digitais.

Ontem, os produtos financeiros registraram quase US$ 66 milhões em entradas líquidas, elevando o total líquido acumulado para US$ 11,75 bilhões, segundo dados compilados pelo portal especializado em criptos The Block.

Continua depois da publicidade

Em Wall Street, os índices futuros dos EUA operam perto da estabilidade. Dow Jones Futuro sobe +0,05%, S&P 500 Futuro avança +0,01% e Nasdaq Futuro tem leve recuo de -0,02%.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h50:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 61.617-1,90%
Ethereum (ETH)US$ 2.905-2,30%
BNB Chain (BNB)US$ 585-1,90%
Solana (SOL)US$ 145+0,20%
XRP (XRP)US$ 0,5029 0,00%
Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

Continua depois da publicidade

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Pepe (PEPE)US$ 0,00001037+18,30%
FLOKI (FLOKI)US$ 0,0001894+10,80%
eCash (XEC)US$ 0,00004773+5,00%
Dogecoin (DOGE)US$ 0,1489+4,00%
dogwifhat (WIF)US$ 3,02+2,80%
Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Worldcoin (WLD)US$ 5,16-10,30%
Ethena (ENA)US$ 0,738-9,00%
Render (RNDR)US$ 10,12-8,70%
Bittensor (TAO)US$ 342,30-7,10%
Wormhole (W)US$ 0,5273-7,10%
Fonte: CoinGecko

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 48,50+2,71%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 75,05+2,94%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 44,62+1,08%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 26,65-2,70%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 31,00+0,35%
Hasdex Crypto Metaverse (META11)R$ 43,23-1,43%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 20,09+3,55%
QR Ether (QETH11)R$ 10,81+1,31%
QR DeFi (QDFI11)R$ 3,72-1,58%
Cripto20 EMPCI (CRPT11)R$ 13,58-0,65%
Investo NFTSCI (NFTS11)R$ 9,39-2,79%
Investo BLOKCI (BLOK11)R$ 177,20+0,39%
Fonte: B3