Fundos

XP Inc. compra participação na Jive, gestora especializada em investimentos alternativos

Um dos planos da Jive, segundo comunicado divulgado hoje, é oferecer fundos para o investidor de varejo

ações índices fundos investimentos bolsa alta gráficos
(Shutterstock)

SÃO PAULO – A XP Inc. anunciou a compra de uma participação minoritária na Jive, gestora especializada em investimentos alternativos e ativos distressed.

“A XP dá mais um passo para consolidar um ecossistema completo de gestores e distribuidores no país”, afirmou a companhia em comunicado divulgado nesta manhã.

Nas últimas semanas, a XP comprou participações nas gestoras Capitânia e Giant Steps. Também anunciou a criação de corretoras com os escritórios de agentes autônomos Faros, Messem e Monte Bravo.

O comunicado informa ainda que a transação permitirá à Jive acelerar seu crescimento, já que poderá acessar a rede de cerca de 9 mil agentes autônomos plugados na XP. Desde 2015, a gestora cresceu 1.200% por ano: tem hoje em torno de R$ 8 bilhões sob gestão e mais de 1.300 investidores no Brasil e no exterior.

Fundada em 2010, a Jive é especializada originar, comprar e recuperar ativos com problemas, com carteiras de crédito de inadimplentes e imóveis inacabados. Um dos planos da gestora agora, segundo o comunicado, é entrar no varejo.

“Nascemos fazendo investimentos altamente complexos e arriscados, direcionados ao investidor profissional. Agora, queremos oferecer produtos menos complexos e de menor risco, que podem ser distribuídos para um público maior”, diz Guilherme Ferreira, sócio da Jive.

Leia mais:
XP Inc. adquire participação na Capitânia, gestora com mais de R$ 11 bi sob gestão
Monte Bravo e XP INc. anunciam criação de corretora

“A Jive é uma referência no segmento de investimentos alternativos e construiu uma história de sucesso. Nossa visão é oferecer aos clientes um ecossistema completo de investimentos e, para isso, acreditamos ser essencial estabelecer parcerias com os melhores gestores do mercado, como a Jive”, diz Leon Goldberg, sócio da XP Inc.

Os planos da Jive incluem investir mais em tecnologia, expandir os canais de originação e distribuição e fortalecer a equipe com contratações. “Também há planos de comprar outros gestores e plataformas que sejam complementares ao nosso negócio”, diz Ferreira. A gestora também pretende lançar novos fundos neste ano.

PUBLICIDADE

Ainda de acordo com o comunicado, as empresas continuarão operando de forma independente. A transação depende da aprovação do Cade.