Amazon

Jeff Bezos volta a ser homem mais rico do mundo, ultrapassando fortuna de Elon Musk

Há 40 dias, Elon Musk havia ultrapassado Bezos e se tornado o homem mais rico do mundo. Fortuna do criador da Tesla e da SpaceX diminuiu na terça-feira

CEO da Amazon, Jeff Bezos, sorrindo para câmera
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Jeff Bezos, fundador da Amazon (AMZO34), voltou a ser o homem mais rico do mundo. De acordo com o Bloomberg Billionaires Index, a fortuna do CEO, que está em vias de deixar o cargo para se tornar presidente do conselho de administração da gigante de comércio eletrônico, está em US$ 191 bilhões.

Elon Musk havia ultrapassado Bezos e se tornado o homem mais rico do mundo há 40 dias. Mas a fortuna do criador da Tesla (TSLA34) e da SpaceX foi reduzida em US$ 4,58 bilhões na terça-feira (17), quando as ações da Tesla caíram 2,4% na bolsa de valores americana Nasdaq. Agora, Elon Musk tem uma fortuna de US$ 180 bilhões.

Às 13h30 desta quarta-feira (18), as ações da Tesla estavam em queda de 3,09%. Já as ações da Amazon estavam em alta de 0,62% no mesmo horário.

Em ganhos para a fortuna apenas ao longo de 2021, porém, Elon Musk teve uma trajetória bem mais meteórica do que Jeff Bezos, influenciada pela valorização da Tesla no mercado financeiro. A fortuna de Musk subiu US$ 20,5 bilhões neste ano, ante US$ 884 milhões no caso de Bezos.

Leia mais
Elon Musk, o trader: 8 vezes em que o presidente da Tesla movimentou o mercado com um tuíte

Mudanças para Jeff Bezos

A notícia vem após semanas agitadas para o criador da Amazon. No começo deste mês, o executivo anunciou que deixará neste ano de ser o CEO da Amazon no terceiro trimestre de 2021.

Bezos ocupará a presidência do conselho de administração e se dedicará a projetos filantrópicos e de inovação. Quem assumirá a gestão operacional da Amazon será Andy Jassy, CEO do serviço de hospedagem em nuvem Amazon Web Services (AWS).

A Amazon está avaliada em cerca de US$ 1,7 trilhão na Nasdaq. Mas nem sempre Bezos teve tanto dinheiro, e nem sempre seu negócio foi um gigante da tecnologia. O InfoMoney explicou em matéria anterior que a Amazon começou como uma pequena livraria online, em 1994.

A empresa comercializa de eletrônicos e produtos de higiene a alimentos e bebidas, tudo online. Também investe em frentes que vão de computação até entretenimento e saúde. No último trimestre de 2020, a companhia ultrapassou a marca de US$ 100 bilhões em receita trimestral.

PUBLICIDADE

A saída de Bezos marca uma era de sucesso na gigante de comércio eletrônico e deixa um legado de estratégia de negócio, inovação e foco no cliente. Veja em detalhes as lições que Jeff Bezos deixou para a nova era da Amazon.

Já pensou em ser um broker? Esta série gratuita do InfoMoney mostra como entrar para uma das profissões mais bem remuneradas do mercado. Deixe seu e-mail abaixo para assistir.