Efeito manada

Elon Musk, o trader: 8 vezes em que o presidente da Tesla movimentou o mercado com um tuíte

Especuladores não param de comprar ações baseados unicamente em posts do bilionário CEO da Tesla nas redes sociais

arrow_forwardMais sobre
Elon Musk
(Bloomberg)

SÃO PAULO – O bilionário Elon Musk, presidente da Tesla e da SpaceX e homem mais rico do mundo, tornou-se uma controversa figura no mercado financeiro global. Musk tem diversas vezes causado especulações em alguns ativos por tuitar apoio a eles ou apenas por citá-los em algum post nas redes sociais.

Nesta quinta-feira (13) foi a vez da Dogecoin, moeda digital que começou como uma piada, mas atingiu US$ 6,04 bilhões em valor de mercado e é representada por um cachorro da raça Shiba inui, muito utilizado em memes de internet. Musk tuitou: “Nada de altas, nem baixas, apenas Doge”.

Às 13h03 (horário de Brasília), a criptomoeda subia 48,3%.

E a Dogecoin não foi a única moeda digital a sofrer um movimento especulativo graças ao empresário. Na última sexta-feira (29), o Bitcoin subiu mais de 20% a US$ 38.566 quando Musk mudou sua descrição no Twitter para #bitcoin.

Essas compras em Bitcoin se seguiram à disparada de mais de 15% nas ações da desenvolvedora de games polonesa CD Projekt Red depois que o bilionário elogiou o game Cyberpunk 2077, mais recente lançamento da empresa.

PUBLICIDADE

Já na terça-feira (26), Musk ajudou a impulsionar a alta dos papéis da varejista de games GameStop. Ele tuitou “Gamestonk”, uma junção de GameStop com “stonks“, neologismo usado nas redes sociais para se referir a ideias mirabolantes de ganhar dinheiro no mercado financeiro.

No caso da GameStop obviamente não é possível associar toda a valorização de 134% do papel naquela data à atitude do empresário, uma vez que havia um movimento coordenado no fórum Reddit para alavancar as ações. O embarque de Musk na onda dos redditors, contudo, certamente teve sua participação na euforia dos investidores.

Horas depois, o empresário escreveu “eu meio que amo a Etsy”, referindo-se ao site de comércio eletrônico especializado em artesanato. As ações subiram 9% no mesmo dia.

PUBLICIDADE

Outro caso relacionado a games foi no dia 13, quando Musk postou um tuíte com uma personagem do Idolmaster, da desenvolvedora japonesa Bandai Namco. As ações da empresa subiram 4% logo em seguida.

Ainda este ano, no dia 7 de janeiro, investidores impulsionaram até a ação errada após um tuíte do bilionário. Elon Musk escreveu na rede social “usem Signal”, referindo-se ao app de segurança da informação e privacidade online, que não tem capital aberto e foi desenvolvido por uma organização sem fins lucrativos.

Diversos players do mercado imediatamente passaram a comprar ações da Signal Advance, empresa de tecnologia texana que desenvolve sensores para as áreas médica e industrial. Os papéis dispararam 6.350% em três sessões apesar de ser uma companhia que não reportou receita alguma em dezembro e teve um prejuízo de US$ 125.400 no período. Depois do tuíte de Musk, a Signal Advance passou a valer US$ 3,5 bilhões.

No pregão seguinte ao esclarecimento do erro (dia 11 de janeiro) as ações da empresa desabaram 74% e acumulam perdas de 91% desde então.

PUBLICIDADE

Já em agosto de 2018, Musk disse que fecharia o capital da Tesla caso as ações atingissem US$ 420, o que fez com que os papéis subissem 11%. Na época, ele havia dito que, como empresa pública, a Tesla estaria sujeita a grandes oscilações de valor de mercado, o que poderia “ser uma distração para os que trabalham na companhia e para todos os nossos acionistas”.

A ação atingiu essa marca no dia 24 de dezembro de 2019 e obviamente o capital da montadora de veículos elétricos não foi fechado, levando investidores a processar o empresário afirmando que a história inteira tinha sido uma piada porque o horário 4h20 é popularmente ligado ao consumo de maconha.

Por sinal, Musk tem enfrentado problemas com a SEC (a CVM americana) por tuitar sobre as ações da Tesla. Por conta do tuíte sobre fechar o capital da companhia, Musk e Tesla tiveram que pagar à SEC uma multa de US$ 20 milhões cada um para resolver o processo, e Musk desde então concordou em submeter suas declarações públicas sobre as finanças da companhia e outros tópicos para avaliação de seu advogado. No ano passado, contudo, ele tuitou  que as ações da Tesla estavam a patamares “muito altos”, fazendo com que as ações caíssem mais de 10% imediatamente, embora tenham se recuperado em uma semana.

Cuidado com a especulação

À CNBC, o apresentador Vincent Flood afirmou que que os tuítes de Musk podem ter “consequências devastadoras para os investidores do varejo” ao passo que o bilionário e seus amigos podem enriquecer “às custas desse pequeno investidor”.

Também ao site de notícias americano, o empreendedor Rich Pleeth disse que Musk é inovador, mas isso não significa que ele esteja acima da lei.

Paulo Kulikovsky, diretor para América Latina da Stake, alertou para o cuidado que o investidor deve ter com esse tipo de movimentação especulativa de curto prazo. “Elon Musk mostra que algumas pessoas quando falam acabam gerando muito impacto, mas o investidor tem que pensar no fundamento”, defende.

Dan Lane, analista da Freetrade, destacou ainda que “os reguladores não precisam apenas se atualizar”, mas também esclarecer o que é aceitável no mercado. Ainda mais levando em conta, como ressalta Steven Bartlett, fundador da agência de mídia social The Social Chain e um investidor em tecnologia,  que “os mercados financeiros agora têm influenciadores como os do segmento fitness e de beleza.” E Elon Musk é um exemplo claro disso.

Quer ser trader e tem medo de começar? O InfoMoney te ajuda a chegar lá: participe do Full Trader, o maior projeto de formação de traders do Brasil e se torne um faixa preta em 3 meses – inscreva-se de graça!