Economia, imigração e guerra: principais preocupações na eleição da UE, diz pesquisa

Estudo foi realizado em 6 de junho, dia do início da votação para as eleições do Parlamento da UE

Reuters

Ataque russo em - Kharkiv, na Ucrânia - 10/5/2024 (Reuters/Vyacheslav Madiyevskyy)

Publicidade

Economia, imigração e conflitos internacionais foram as principais preocupações dos eleitores na eleição da União Europeia, mostraram dados dos maiores países membros do bloco nesta segunda-feira (10).

Os resultados provisórios da eleição para o Parlamento Europeu, na noite de domingo, apontaram ganhos para os partidos nacionalistas e eurocéticos que fizeram campanha com base em argumentos que incluíam repressão à imigração, problemas econômicos dos cidadãos e eliminação das políticas verdes.

“Melhorar a economia e reduzir a inflação” foi a questão mais citada entre os cidadãos que foram questionados sobre qual era a coisa mais importante que influenciava seu voto, em uma pesquisa da plataforma de pesquisas Focaldata, compartilhada com a Reuters.

Continua depois da publicidade

“Conflito internacional e guerra” foi a segunda preocupação mais importante, seguida por “imigração e solicitantes de asilo”, na pesquisa com 6.000 cidadãos dos cinco maiores países da UE em termos de população – Alemanha, França, Itália, Espanha e Polônia – além da Suécia.

A pesquisa foi realizada em 6 de junho, dia do início da votação para as eleições do Parlamento da UE.

Os entrevistados colocaram “agir em relação à mudança climática” em quinto lugar na lista de questões que influenciam seu voto, atrás de “reduzir a desigualdade”, que ficou em quarto lugar.