Mineração

Vale (VALE3) tem maior queda diária em três meses com tombo do minério; siderúrgicas lideram perdas do Ibovespa

Ações são pressionadas por controles de estoques de minério da China, o que derrubou a cotação da matéria-prima

Por  Mitchel Diniz -

Em um dia ruim para a Bolsa brasileira, as ações de mineradores e siderúrgicas figuram entre as principais baixas do Ibovespa no dia. As empresas repercutem o tombo no preço do minério de ferro no mercado internacional. A Vale (VALE3) enfrentou sua pior queda diária em três meses. Os papéis fecharam em baixa de 4,3%, a R$ 85,65.

Na Bolsa de Dalian, os futuros de minério de ferro de referência da China caíram 4,54%, pela quarta sessão consecutiva, impactando também os preços do aço. Os investidores ainda estavam preocupados com as intervenções do governo no mercado. As autoridades querem evitar manipulação de preços e exige que comerciantes de minério de ferro liberem estoques excessivos.

Os estoques portuários da matéria-prima na China estavam em 156,35 milhões de toneladas em 11 de fevereiro, pairando em torno das máximas de três anos, mostraram dados da consultoria SteelHome. No ano passado, a pressão do governo chinês sobre os estoques de minério de ferro para evitar manipulações.

“O ponto é que o minério de ferro subiu muito rápido e caiu muito rápido também nessas ultimas semanas”, avalia João Lorenzi, sócio e analista de commodities da Encore.

Para ele, a queda na ação da mineradora é exagerada. “O mercado está com muito medo de a China estar artificialmente querendo fazer o preço cair. Ninguém sabe se eles vão conseguir. Tentaram isso por três vezes no ano passado, funcionou por três semanas e depois voltou a subir”, afirma.

Para Lorenzi, o viés de fundamento da Vale é positivo. Outros analistas também veem a queda como pontual.

O analista explica que o medo generalizado e a demanda de aço no Brasil mais enfraquecida pesam contra as siderúrgicas na sessão de hoje. CSNA (CSNA3) recuou 5,85%, maior baixa do Ibovespa. Em seguida veio Metalúrgica Gerdau (GOAU4) e Gerdau (GGBR4), caindo 5,39% e 5,32% respectivamente. Usiminas (USIM5) caiu 4,07%.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe