Dados do 1º tri

Oi (OIBR3) reverte prejuízo e tem lucro de R$ 1,782 bi no 1º trimestre

Companhia divulgou, após adiamentos, os seus resultados; atraso ocorreu por conta da segregação da Oi Móvel, vendida à Vivo, Claro e TIM

Por  Felipe Moreira -

A Oi (OIBR3;OIBR4) registrou lucro líquido de R$ 1,782 bilhão no primeiro trimestre de 2022 (1T22), revertendo prejuízo de R$ 3,038 bilhões do mesmo trimestre de 2021, informou a companhia na madrugada desta quarta-feira (29).

A companhia atribui o lucro ao resultado financeiro líquido positivo de R$ 1,87 bilhão e uma despesa de imposto de renda e contribuição social no valor de R$ 363 milhões.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) de rotina cresceu 9,9% no 1T22, totalizando R$ 1,252 bilhão.

A receita líquida operacional no primeiro trimestre de 2022 foi de R$ 4,41 bilhões, praticamente em linha com os R$ 4,45 bilhões de um ano antes.

A margem Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) de rotina atingiu 28,4% nos três primeiros meses do ano, alta de 2,8 p.p. frente a margem registrada em 1T21.

Leia também:

Os custos e despesas operacionais (Opex) consolidados de rotina, incluindo as operações totalizaram R$ 3,163 bilhão no 1T22, diminuição de 4,6% em relação ao 1T21.

Os investimentos totalizaram R$ 363 milhões entre janeiro e março de 2022, uma redução de 80,5% na comparação com o valor investido na mesma etapa do ano passado.

A dívida líquida da companhia ficou em R$ 31,420 bilhões no final de março de 2022, uma elevação de 24,8% em relação ao mesmo período de 2021.

A Oi havia prorrogado a divulgação dos seus resultados por conta da complexidade dos trabalhos de segregação dos ativos das três SPEs que integram a UPI Ativos Móveis, vendidas à TIM (TIMS3), Claro e Vivo (VIVT3), além da necessidade de pareceres de auditores independentes para as respectivas demonstrações financeiras delas.

Entretanto, a Oi antecipou a divulgação dos principais dados do balanço do 1º trimestre, de forma preliminar. Na ocasião, tinha divulgado um Ebitda de R$ 1,220 bilhão, alta de 8,1% sobre o primeiro trimestre do ano passado.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe